16/12/2019 às 15h20min - Atualizada em 23/12/2019 às 20h48min

Polícia Federal tem projeto implementado pela Stefanini

A Stefanini, uma das mais importantes provedoras globais de soluções de negócios baseadas em tecnologia, ganhou a licitação  no âmbito da Diretoria de Tecnologia da Informação e Inovação (DTI/PF), e implementou na Divisão de Controle de Produtos Químicos da Polícia Federal. Batizado de “Siproquim 2”, o projeto está integrado com a Receita Federal do Brasil para fiscalizar e coibir o desvio de produtos químicos. O sistema irá atender diretamente a 123 unidades da Polícia Federal divididas em 27 Superintendências e 96 delegacias em território nacional.

O go live aconteceu no mês de setembro 2019, com os módulos de autoatendimento, cadastro e mapas. Até o final do ano, a expectativa é acrescentar os módulos de fiscalização e processo administrativo.

Segundo Tarcísio Medeiros Nogueira Fernandes, Delegado da Polícia Federal e Chefe da DCPQ/CGCSP/DIREX/PF, durante a implementação do projeto o maior desafio foi a capacitação do setor regulado (usuários externos) e, também, dos servidores (usuários internos). “Temos a obrigatoriedade de responder, de forma breve, aos questionamentos formulados, sobretudo pelos representantes das empresas, por e-mail, para que possam informar corretamente os dados no sistema. Mas, há diversos outros desafios, alguns de ordem técnica, como estabilização do sistema, ajustes pontuais, melhoramentos, bem como amadurecimento da integração com outros órgãos, inclusive com a Receita Federal do Brasil”, explica.

O projeto dará continuidade às tratativas para integração com outros sistemas corporativos, assim como com os da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) e Ministério da Economia.

“Conseguimos uma redução drástica do trabalho do homologador, que atualmente assina em torno de 100 certificados por dia. O novo sistema prevê que isso seja feito com alguns cliques, garantindo redução de trabalho, gastos com deslocamento, impressão e malotes”, finaliza Anderson Alves de Medeiros, gerente de Serviços da Stefanini.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »