19/12/2019 às 12h19min - Atualizada em 23/12/2019 às 20h47min

Como os diabéticos podem aproveitar as festas de final de ano?

Natal e ano novo são sinônimos de confraternização, reunião familiar e muitas vezes de excessos à mesaDiante da farturapessoas com diabetes sempre ficam na dúvida do que é permitido ou não consumirA boa notícia é que é possível fazer ceias mais leves, com menos gorduras e açúcares e ricas em hortaliças, frutas e condimentos naturais, que contribuem para uma alimentação saudável.
 
De acordo com Fadlo Fraige, endocrinologista da BP - A Beneficência Portuguesa de São Paulo , deve-se ter um cuidado especial com alimentos que contém farinhas e açúcares em geral. "Uma boa alternativa para os diabéticos é apostar no peito de peru, carnes e peixes assados, arroz integral, salada feita com vegetais e frutas não muito doces. É importante também evitar o consumo de álcool ou dar preferência para os destilados como vinhos secos, tintos, brancos ou champanhes, mas mantendo sempre hidratação", ressalta o médico.
 
Outra recomendação é evitar permanecer longos períodos em jejum. "O jantar nas festas de final de ano costumam ocorrer mais tarde epor isso, é importante que até o horário da ceia a pessoa comfrutas, castanhas ou amêndoas. Assim, não  o risco de desenvolver um episódio de hipoglicemia (baixos níveis de açúcar no sangue), o que pode provocar sintomas como confusão mental, palpitações, tremores e ansiedade", explica o especialista.
 
endocrinologista reforça que pessoas diabéticas não devem deixar de ir às festas por causa das restrições alimentares. "O diabético de forma alguma deve se excluir das confraternizações com a família, amigos e colegas de trabalho por causa de sua condição. Ele deve apenas tomar cuidado com o que vai consumir e, preferencialmente, deve se alimentaantes de sair de casa para ir  à festa", conclui o médico.
 
Sobre a BP - A Beneficência Portuguesa de São Paulo
 
A Beneficência Portuguesa de São Paulo agora é BP, um polo de saúde moderno e atualizado que valoriza a vida de todos e de cada um. Composto por 4 hospitais com foco em alta complexidade e que atendem diferentes perfis de clientes e outros 3 serviços que contemplam medicina diagnóstica, atendimento ambulatorial e educação e pesquisa, a BP compreende mais de 220 mil m² construídos, 7.500 colaboradores e 4.500 médicos distribuídos em 8 edifícios e cerca de 50 clínicas nos bairros da Bela Vista, onde são concentrados os serviços privados, e da Penha, onde são oferecidos os serviços para clientes regulados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).
 
O polo de saúde é composto pelo Hospital BP, referência em casos de alta complexidade, pronto-socorro geral e corpo clínico especializado para clientes de planos de saúde e particulares; pelo BP Mirante, hospital que oferece um corpo clínico renomado, pronto atendimento privativo, hotelaria personalizada e cuidado intimista para clientes particulares e de planos de saúde premium; pelo BP Essencial, hospital que tem foco na qualidade assistencial e oferece acomodações compartilhadas para clientes de planos de saúde básicos e particulares; pelo BP Hospital Filantrópico, que oferece cuidado humanizado e eficaz para clientes regulados pelo Sistema Único de Saúde (SUS); pela BP Medicina Diagnóstica, um completo e atualizado centro de diagnósticos e de terapias, que oferece exames laboratoriais, de imagem, métodos gráficos e de todas as outras especialidades diagnósticas; pelo BP Vital, um conjunto de iniciativas da BP com foco em promoção de saúde por meio do cuidado integral, num um olhar atento e acolhedor da instituição para fora dos seus muros, contribuindo para a melhoria das condições de saúde da população como um todo; e pela BP Educação e Pesquisa, tradicional formadora de profissionais de saúde que capacita profissionais por meio de cursos técnicos e de pós-graduação, residência médica, eventos científicos e é responsável por gerenciar mais de 100 estudos e pesquisas na área da saúde com o intuito de contribuir para a evolução da Medicina no País.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »