23/12/2019 às 12h03min - Atualizada em 23/12/2019 às 20h47min

Natal saudável: especialista dá dicas para uma ceia mais nutritiva

Com a alta do preço da carne bovina, as famílias estão revendo o cardápio para a Ceia de Natal. Segundo a nutricionista Camilla Fernandes Pereira, nutricionista da ValeCard, o peixe assado, o peru e o chester serão a grande pedida para a noite que, acompanhados com os itens considerados “natalinos” - que são as frutas secas, castanhas como a do brasil, caju e amêndoas, arroz com frutas desidratadas - darão a composição completa para uma bela refeição.

“Outra dica para substituir a carne vermelha são as leguminosas, como grão-de-bico, todos os tipos de feijões, ervilha, lentilha, soja, que são ótimas fontes de proteína vegetal. O tofu também cabe muito bem para a noite e é uma ótima fonte proteica. E não podemos esquecer da batata inglesa, que, além de deliciosa, ajuda a enfeitar o prato”, conta a nutricionista. “Estes itens também dão opção para os convidados vegetarianos”, complementa.

Para a sobremesa, Camilla recomenda salada de frutas com granola sem açúcar ou aveia com flocos que, além de saudável, é fácil de preparar e não “dói” no bolso.

E, por falar em economizar, a melhor forma é evitando exageros. “O ideal é preparar apenas um tipo de carne, arroz e feijão, saladas variadas como alface, repolho, tomate, cenoura, etc. Da para brincar um pouco com os temperos para salada, com opções como mel, limão, alho”, conta a nutricionista da ValeCard.

Nesta época, com tantas opções saborosas, todo mundo acha que é difícil se manter em forma. Mas, na verdade, dá sim para ser saudável durante as festas de fim de ano. Como? A nutricionista diz para evitar longos períodos em jejum e não chegar na ceia com fome. Iniciar a refeição pela salada já ajuda a saciar a fome, e colocar no prato apenas os alimentos que mais apreciamos. Também é recomendado comer com moderação, mastigando os alimentos para dar saciedade e, sobretudo, beber moderadamente e evitar as sobremesas que são ricas em açúcares. O ideal é ficar no básico, para consumir, no máximo, 500 calorias.

Ceia encomendada – vale a pena?

Para quem não tem tempo e prefere encomendar a ceia, a dica da nutricionista é comprar em lugares conhecidos. “Se der, visite o estabelecimento para constatar as condições de higiene e os produtos expostos à venda. Seria bem interessante se fosse um local indicado por algum conhecido. Mas saiba, comprando uma refeição completa, com certeza você vai gastar bem mais do que preparando a ceia em casa”.  Além disso, Camilla sinaliza que o preparo em casa é muito mais saudável, já que a pessoa escolhe ingredientes mais frescos e naturais.

Claro que optar por comprar fora é uma opção e uma prática muito utilizada. Para economizar, dá para negociar o preço, tentar parcelar a ceia e até utilizar benefícios recebidos da empresa em que se trabalha, como o Cartão Natal, por exemplo, e, mais uma vez, evitar exageros “A medida por pessoa é de 300 gramas de carne, que pode ser lombo, peru ou chester. Arroz, seriam 90g e salada, em média, 120g”, sinaliza Camilla.

Almoço de Natal – dica de receita com o que sobrou da véspera

Dá para aproveitar o que sobrar na ceia para o almoço do dia seguinte? Dá sim! Quanto menos contato com talheres ou até com outros ingredientes da ceia as carnes tiverem, mais bem conservadas ficarão e por mais tempo. É necessário guardar a sobra na geladeira para poder servir no dia seguinte (dá para armazenar, em média, 2 dias).

Camilla dá uma dica especial de receita para o almoço com o que da véspera. Confira:

Receita de Ragu

 Ingredientes:
1 kg de sobras de lombo, pernil e tender assados e desfiados
500 gramas de sobras de carnes de frango, chester e peru assados e desfiados
800 gramas de extrato de tomate
200 gramas de requeijão cremoso
100 gramas de cenoura ralada
100 gramas de alho repicado
100 gramas de cebola picada
1 unidade de alho poró em pedaços pequenos
1/4 de salsão em pedaços pequenos
Sal a gosto
Salsinha a gosto
Pimenta do reino a gosto

Modo de preparo:
Doure o alho e a cebola no azeite e, em seguida, acrescente as carnes. Junte a cenoura, o alho poró, salsão e o extrato de tomate. Deixar os legumes murcharem. Acrescentar o fundo* aos poucos, cozinhando em fogo baixo por 40 minutos. Corrija o tempero com sal e pimenta do reino, coloque o requeijão e finalize com a salsinha.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »