25/11/2019 às 11h02min - Atualizada em 25/11/2019 às 11h12min

Procura por escolas na internet acaba em janeiro

Uma das formas mais utilizadas pelas famílias brasileiras para escolher uma escola sempre foi o boca a boca. Com o advento da internet, parte desse boca a boca migrou para o ambiente virtual, e buscadores como o Google, ganharam grande volume de buscas relacionadas a escolas. Nesse cenário, os colégios criaram equipes de marketing digital e passaram a captar alunos via internet.

DINO
http://www.melhorescola.com.br


Segundo dados do maior captador de alunos do ensino básico do Brasil, o site Melhor Escola, 77% da captação de alunos do ensino básico na alta temporada de captação acontece de novembro a janeiro. Em fevereiro ainda há captação, mas de apenas 16% do captado na alta temporada. Sergio Andrade, diretor de Marketing do Melhor Escola, conta que as escolas que deixam para captar alunos via internet só a partir de fevereiro acabam perdendo o grosso das buscas por escolas no site. "Temos percebido um movimento no mercado para antecipar o período de novas matrículas com vantagens e descontos relevantes" conclui o executivo. Segundo ele, o site ajuda pais e escolas nesse processo divulgando vagas com descontos mais atraentes para quem antecipar a escolha de escola de 2020.

Os dados apresentados pelo Melhor Escola confirmam a alta sazonalidade do mercado de novas matrículas no ensino básico, que tem de outubro a fevereiro seu período de alta temporada. As matrículas que acontecem a partir de fevereiro são as matrículas dos pais mais atrasados, que por pouco começam o ano sem matrícula na escola desejada.

Segundo seus idealizadores, a iniciativa do site Melhor Escola em intermediar descontos para os pais que anteciparem as novas matrículas auxilia as famílias a diminuir o risco de começar o ano sem escola e ainda a conseguir descontos relevantes, e ajuda também as escolas a se planejarem melhor e a não iniciar o ano com carteiras vazias.



Website: http://www.melhorescola.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »