08/10/2019 às 17h26min - Atualizada em 09/10/2019 às 00h00min

Ecossistema de HealthTechs evolui rapidamente no Brasil, atraindo cada vez mais investimentos estrangeiros

Com faturamento anual de R$ 50 milhões, a Vidalink conta com investimentos da CVS Health, maior empresa de saúde do mundo, sendo o único investimento da CVS Health fora dos Estados Unidos. Hoje, a Vidalink evoluiu seu posicionamento para uma WellTech, com foco em benefícios corporativos para levar cada vez mais bem-estar aos colaboradores das empresas brasileiras.

DINO
http://www.vidalink.com.br

A TNH Health, startup brasileira do segmento das HealthTechs (foco em saúde), desenvolvedora da Vitalk (assistente virtual de saúde mental com inteligência artificial), levantou no mês de setembro uma das maiores rodadas de investimentos de Série A dentre as HealthTechs brasileiras.

Somado ao aporte realizado pela Vidalink, maior "WellTech" do Brasil, os investimentos realizados nessa primeira rodada totalizaram R$ 8 milhões e foram liderados pelo fundo norte-americano Valor Capital Group e os empresários Luís Salomão e Paulo Zoppi, fundadores do centro de diagnóstico SalomãoZoppi. O negócio foi concluído com a ajuda dos advisors Maria Health Partners, consultoria de M&A em saúde e Quintessa, aceleradora de negócios de impacto.

Para a Vidalink, trata-se de uma oportunidade de apoiar uma nova geração de empreendedores com forte potencial de crescimento e de contribuir para a consolidação de um mercado que cresce exponencialmente.

"Este movimento fomenta o setor de serviços de saúde digital, no qual também atuamos, e fortalece nosso posicionamento como empresa inovadora, já que estamos investindo numa startup reconhecida e com forte potencial de crescimento", afirma o CEO e cofundador da Vidalink, Luis González.

Recentemente, um estudo feito pela plataforma de inovação Distrito revelou o tamanho desse mercado, composto atualmente por mais de 386 startups focadas em melhorar a saúde e o bem-estar do brasileiro, missão compartilhada pela Vidalink desde sua fundação. Hoje, a Vidalink evoluiu seu posicionamento para uma WellTech, com foco em benefícios corporativos para levar cada vez mais bem-estar aos colaboradores das empresas brasileiras.

Foco em bem-estar para atração e retenção de talentos

"Combinando excelência em tecnologia, saúde e capacidade analítica, com foco em bem-estar, criamos um novo conceito de "WellTech", a evolução humanizada de uma "HealthTech", ao lançar o Plano de Bem-estar corporativo, com coberturas que oferecem acesso a produtos saudáveis com preços diferenciados, subsídio em medicamentos, além de suporte e monitoramento à adesão aos tratamentos de saúde mental para milhões de brasileiros", explica Luis. A expectativa é cuidar do bem-estar dos colaboradores para gerar mais atração e retenção de talentos, um desafio cada vez maior para o mercado corporativo no País.

Com faturamento anual de R$ 50 milhões, a Vidalink conta com investimentos da CVS Health, maior empresa de saúde do mundo, sendo o único investimento da CVS Health fora dos Estados Unidos. Desde 2015, o crescimento médio anual da Vidalink está acima de 45% ao ano no setor corporativo. Os investimentos em inovação com foco em bem-estar dentro da própria companhia superam R$ 5 milhões neste ano, sem considerar o apoio a startups investidas.

A Vidalink - Fundada no ano 2000, a Vidalink possui mais de 200 clientes corporativos, entre empresas nacionais e multinacionais, dentre eles, Embraer, IBM e Telefonica. Unindo tecnologia e bem-estar, a Vidalink se consolidou com a maior WellTech do Brasil sendo a única a oferecer o Plano de Bem-Estar, benefício corporativo com coberturas que incluem alimentação saudável, saúde mental e subsídio em medicamentos. Tudo isso amparada pela CVS Health, maior empresa de saúde do mundo.



Website: http://www.vidalink.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »