28/08/2019 às 17h47min - Atualizada em 28/08/2019 às 17h51min

Bares e restaurantes: como se proteger contra roubos e arrastões?

Em 2019, apenas no estado de São Paulo, roubos em estabelecimentos comerciais, incluindo bares e restaurantes, representam 5% dos casos registrados até o mês de junho. Os dados são da Secretaria de Segurança Pública.

DINO
https://www.adt.com.br/?

Em 2019, apenas no estado de São Paulo, roubos em estabelecimentos comerciais, incluindo bares e restaurantes, representam 5% dos casos registrados até o mês de junho. Os dados são da Secretaria de Segurança Pública

Notícias sobre esse tipo de ocorrência são comuns e assustam consumidores e empresários do setor. Os bandidos possuem diversas abordagens, mas roubo de caixa, dinheiro, joias e celulares são as mais comuns. Segundo informações da central de atendimento da ADT, empresa de monitoramento de alarme, os criminosos aproveitam o movimento mais baixo, após horários de pico, para agir.

“Por serem ambientes sociais e de fácil acesso, tornam-se alvos fáceis, especialmente os estabelecimentos de menor porte, que, muitas vezes, não contam com todo o aparato necessário para proteger o local”, explica Robert Wagner dos Santos, especialista em segurança da empresa. “Na maioria dos casos, são ações rápidas. O foco dos assaltantes é levar o maior número de objetos de valor e dinheiro no menor tempo possível”, pontua.

A ADT elaborou medidas práticas que podem ser tomadas por proprietários e clientes para evitar roubos, reduzir riscos e minimizar as perdas após ocorrências. 

Proprietários

  • Criar um grupo com os demais estabelecimentos da rua para elaborar estratégias em comum e integrar a segurança;

  • Orientar os funcionários sobre como agir durante essas ações. Eles também podem aconselhar os clientes a não deixar carteira e objetos de valor sobre a mesa e oferecer travas para prender bolsas às cadeiras;

  • Utilizar uma entrada única. Isso facilita a vigilância e dificulta a ação de criminosos;

  • Contar com a ajuda de um profissional para recepcionar os clientes, gerenciar reservas e filas de espera. Ele pode ficar alerta a qualquer movimentação suspeita;

  • Não colocar o caixa do restaurante próximo da porta e o manter sempre com o menor volume possível de dinheiro. Depositar o valor em um cofre em local seguro, que seja de conhecimento só do gerente;

  • Ficar de olho na movimentação ao redor do estabelecimento para identificar possíveis alterações suspeitas, como carros e motos parados próximo ao local; 

  • Se o estabelecimento for invadido, pedir calma aos funcionários e clientes. Movimentar-se devagar e não olhe diretamente para o assaltante. Responder somente o que for perguntado, evitar negar algo e não tentar fugir;

  • Ter sempre em mãos telefones da polícia militar e civil, bombeiro e pronto socorro. Fornecer o endereço da delegacia mais próxima aos clientes para que façam o boletim de ocorrência. Comunicar a polícia após a saída dos assaltantes, procurar anotar a placa e o tipo do carro usado;

  • Investir em câmeras para visualizar o local e soluções que avisem se houver invasão (quando o local estiver vazio) e permitam pedir ajuda em situações de emergências. O alarme monitorado, por exemplo, tem essas funções e evita até 94% das tentativas de invasão. A ADT possui um sistema com recurso de botão de pânico que pode ser usado para pedir socorro. Se alguma uma atitude suspeita for identificada, é possível acionar o botão do controle remoto do sistema. A equipe de monitoramento ajudará com providências, como alertar a polícia.

Clientes

  • Não sair com todos os cartões e documentos, levar somente o necessário;

  • Não deixar carteira, dinheiro ou celular sobre a mesa;

  • Em caso de abordagem de criminosos, evitar movimentos bruscos, deixar as mãos visíveis e informar cada ação para evitar uma reação inesperada, principalmente se precisar pegar algo na bolsa;

  • Observar discretamente e memorizar aspectos físicos, roupas e veículos dos criminosos para facilitar a localização e investigação;

  • Fazer sempre boletim de ocorrência. O registro é necessário para pedir a segunda via de documentos e auxilia no trabalho policial;

  • Ter em mãos o telefone do seu banco para sustar cartões de crédito e talões de cheque.



Website: https://www.adt.com.br/?
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »