06/07/2019 às 16h36min - Atualizada em 08/07/2019 às 17h24min

Como a equipe de enfermagem pode auxiliar cuidadores e familiares no cuidado de pacientes com Doença de Alzheimer

doença de Alzheimer é um tipo de demência que prejudica a memória, o pensamento e o comportamento. Em se tratando de prevalência, podemos dizer que é a principal demência, visto que é responsável por mais da metade dos casos no mundo. Mais comum após os 65 anos, trata-se de uma doença degenerativa que causa a perda progressiva de células neurais.

Ainda não há cura para o Alzheimer, mas existem medicamentos capazes de retardar sua progressão. Os sintomas surgem aos poucos e ficam mais evidentes com o passar do tempo. É preciso ter muita paciência e atenção para cuidar do paciente, especialmente no estágio avançado, momento em que ele precisa de ajuda para realizar até as tarefas mais básicas, como tomar banho e se alimentar.

O cuidador é a pessoa diretamente responsável pelo paciente. É a pessoa que convive com ele e lhe presta os cuidados elementares, administrando os medicamentos prescritos e mantendo contato regular com o médico. O cuidador pode ser um familiar, um amigo ou um profissional contratado. A família colabora de modo decisivo para o bom padrão de atendimento, porém precisa de ajuda e apoio. 
Cuidar de um paciente com Alzheimer pode ser uma tarefa (missão?) A Diretora e enfermeira da Doutor Cuidados explica; que é necessário que se conheça melhor os sentimentos que costumam aparecer no dia a dia do cuidador.
Após todas essas medidas, adaptações e transformações, o cuidador – especialmente o familiar cuidador – deve estar pensando, e com toda a razão, em sua individualidade, seu espaço, sua privacidade, seu lugar na sua casa, pois a presença do paciente não anula os direitos de quem com ele convive e divide o espaço físico. É fundamental que haja um equilíbrio entre essas adaptações e o bem-estar do cuidador. Ambientes tensos são fatores de risco para a ocorrência de acidentes, mesmo em locais muito bem equipados. Dessa forma, a vida do cuidador e seus direitos não devem ser colocados de lado ou negligenciados. É imperioso que haja uma harmonia entre esses fatores para que todas as medidas aqui recomendadas alcancem os objetivos.
Algumas providências devem ser adotadas com esse fim. 
 
Você precisa contratar um cuidador ? 
Consulte a @doutorcuidados

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »