03/07/2019 às 13h19min - Atualizada em 03/07/2019 às 13h19min

“Meus filhos estão de férias, mas eu não” – três dicas para os pais lidarem com a situação

Luiza Donatelli
Mira Comunicação

O meio do ano chegou e com ele as tão esperadas férias de julho – pelo menos para as crianças e adolescentes. A situação nem sempre é celebrada pelos pais, que por vezes não têm dias livres do trabalho no mesmo período.

Quando os filhos são pequenos a situação pode tornar-se um problema, pois as crianças necessitam de supervisão. Os adolescentes podem ficar sozinhos em casa, mas o cuidado e atenção dos pais pode ser mais demandado nestes dias de ócio. Assim, como os pais podem continuar seus deveres e, ao mesmo tempo, aproveitar as férias dos filhos para passar mais tempo com eles?

  1. Curso de férias

Os cursos de férias oferecidos pelas escolas são uma ótima opção para os pais ficarem tranquilos de que os pequenos estarão bem cuidados. Isso propicia a convivência com outras crianças – desenvolvendo habilidades sociais – por meio de brincadeiras educativas e recreativas. Trocar o ambiente da sala de aula pelos parques e quadras traz estímulos novos, o que é positivo para todo tipo de aprendizado.

No Pequeno Príncipe – unidade infantil do Colégio Mater Amabilis, de Guarulhos (SP) – por exemplo, serão feitas atividades envolvendo diversas áreas: culinária, cultura, arte etc. Em o “mestre cuca em ação” os próprios alunos serão os cozinheiros e farão receitas simples, sem o uso de forno; já no “Cinemater” os pequenos assistirão a filmes infantis no anfiteatro da escola; no “revirando o baú”, os estudantes saem ao ar livre para brincadeiras antigas como esconde-esconde e pique-bandeira; além disso, há caça ao tesouro, contação de histórias, oficina de arte e jogos pedagógicos.

A coordenadora do Ensino Infantil, Liliane Malta explica: “O intuito de passar as férias na escola é a diversão, além da interação com os colegas. As crianças estão aqui para relaxar, por isso não há lição de casa”.

  1. Passeios

Cinema, peças de teatro e exposições de arte são alguns dos programas que os pais podem levar os filhos para sair da rotina. A programação para crianças é intensificada no mês de julho, já que há mais oferta de filmes e espetáculos voltados para o público infantil.

Se durante a semana for inviável fazer um desses passeios, o ideal é reservar ou comprar o ingresso com antecedência para os finais de semana, que costumam ser mais concorridos.

E, se todos os planos forem por água abaixo, ter uma noite de jogos de tabuleiro após o trabalho, assistir a um filme em família, colorir, ler uma história antes de dormir ou até mesmo cozinhar o jantar juntos são atividades que podem proporcionar um tempo de qualidade entre pais e filhos.

  1. Família e amigos

As férias também podem servir para aproximar as crianças não só dos pais, mas da família como um todo. Levar o filho para passar alguns dias na casa do primo que mora no interior por exemplo, é uma ótima maneira de estreitar laços com parentes.

Passar a tarde com os avós, ir a um parque com os vizinhos da mesma idade também são opções de divertimento. Dessa maneira, mesmo que os pais estejam viajando a trabalho ou não possam sair do escritório mais cedo, os filhos estarão em boas companhias, recebendo carinho – o que evita o sentimento de ter sido deixado de lado.

Sobre o Mater Amabilis

Localizado na cidade de Guarulhos (SP), o Colégio Mater Amabilis completa 50 anos em 2019, sendo reconhecido pela excelência no ensino. Fundado pela educadora Maria Dília Portela Godoy, iniciou sua atuação na Educação Infantil como Escola O Pequeno Príncipe, ampliando sua proposta pedagógica para as demais séries. Hoje, com aproximadamente 2000 estudantes, a essência continua a mesma: formar cidadãos éticos, autônomos e plenamente desenvolvidos - cognitiva e emocionalmente - para enfrentar os desafios do século XXI. Ao longo de sua trajetória, a instituição sempre priorizou a realização de projetos de responsabilidade social com impacto efetivo na comunidade, o que resultou na criação do SOS Mater e, consequentemente, em importantes selos e certificações. Atualmente, é uma Escola Associada ao PEA Unesco e faz parte de uma rede internacional de escolas que trabalham pela ideia da cultura de paz por meio de iniciativas ligadas à ampliação da consciência de cidadania. O Selo Escola Solidária, o Selo Ambiental e o prêmio Construindo a Nação são alguns dos outros reconhecimentos conquistados pela instituição. Essa preocupação com a cidadania e com a transmissão dos conhecimentos acaba culminando em resultados de destaque nos melhores vestibulares, no ENEM e nas mais renomadas universidades estrangeiras.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »