27/05/2019 às 16h17min - Atualizada em 28/05/2019 às 00h03min

Com mudança de gestão, hospitais melhoram cuidado, segurança, capacidade e produtividade

Médicos, enfermeiros e executivos de hospitais e clínicas se reúnem em São Paulo para discutir casos de aplicação do sistema lean na gestão da saúde nos setores privado e público, tanto no Brasil como nos EUA, Austrália, Argentina e Cingapura

DINO
https://www.lean.org.br/lean-summit-saude-2019.aspx
Encontro terá 17 palestras sobre mudança de gestão na saúde

Médicos, enfermeiros e executivos de hospitais, prontos-socorros, redes de clínicas e de seguradora de saúde vão se encontrar em São Paulo (SP) para discutir sobre como estão adotando o sistema lean, filosofia de gestão inspirada no modelo Toyota.

Será no "Lean Summit Saúde" (https://bit.ly/2I3wpTT), dia 11 de junho, no teatro Shopping Frei Caneca, que vai reunir mais de 10 casos de aplicação desse modelo de gestão envolvendo hospitais públicos e privados de diversas regiões do Brasil e dos EUA, Austrália, Argentina e Cingapura.

Casos como do hospital Sírio Libanês, do Grupo Santa Joana, do Instituto de Oncologia do Vale (IOV), do Hospital Moinhos de Vento, entre outros, que, segundo os especialistas, reformularam a gestão e, com isso, intensificaram o cuidado, aumentaram a segurança dos pacientes, eliminaram esperas, economizaram tempo, ganharam espaços e geraram maior capacidade de atendimento. Isso sem precisar fazer novos investimentos.

O encontro vai reunir 17 palestras, por exemplo, sobre o caso do Hospital Sírio Libanês, de São Paulo (SP), cujo resultados da mudança de gestão geraram uma parceria inédita com Ministério da Saúde para implementar até o ano que vem a gestão lean em 100 unidades públicas de pronto atendimento.

Ou o caso da Healtwork, especializada em medicina do trabalho, que há cerca de um ano adota o sistema lean e com isso aumentou em 40% a produtividade média dos funcionários, diminuiu pela metade o tempo médio de atendimento e incrementou a geração de negócios: o número de novos contratos fechados pela empresa até maio deste já é superior ao número de todos os anos anteriores.

Experiência também do Hospital Moinhos de Vento, de Porto Alegre (RS), premiado como um dos seis melhores hospitais do Brasil, que há mais de sete anos adota o sistema lean como um dos pilares de gestão e que hoje integra esse sistema à digitalização dos processos de cuidado.

Caso similar do grupo Santa Joana, que reúne uma série de hospitais em São Paulo, que já adotou diversos conceitos e práticas lean que estão estimulando equipes a exporem e resolverem problemas todos os dias. Com isso, dizem os gestores do local, aumentaram o engajamento e atraíram elogios dos pacientes. Também o caso do Hospital da PUC-Campinas, no interior de São Paulo, que com o sistema lean reduziu o tempo de espera de pacientes.

O encontro vai proporcionar a visita a um caso que é referência mundial, o Instituto de Oncologia do Vale (IOV), de São José dos Campos (SP), que adota o sistema em todos os seus processos e com isso aumentou em mais de 300% a capacidade de atendimento, além de intensificar a segurança e a qualidade.

Também haverá detalhamentos sobre diversas experiências internacionais. Por exemplo, na palestra da especialista internacional Denise Bennett, diretora do Lean Enterprise Austrália e da Australasian Lean Healthcare Network, que vai detalhar casos pioneiros dos EUA, Austrália e Cingapura. Assim como o caso do Instituto Modelo de Cardiologia, da cidade de Córdoba, na Argentina, que se tornou a primeira instituição na América do Sul a obter a acreditação do American College of Cardiology (ACC).

Na área da saúde pública, o caso premiado da Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM), que ao implementar diversos controles visuais e rotinas de gestão diminui as filas de espera do Hospital Municipal Dr. José de Carvalho Florence, em São José dos Campos (SP).

E na área de seguro saúde, o caso da SulAmérica, que há cinco anos adota o sistema lean como modelo de gestão para todas as suas operações, gerando resultados no atendimento ao cliente, no engajamento dos colaboradores, na melhoria contínua dos processos e na busca e solução cotidiana por problemas.

O Lean Summit Saúde é organizado pelo Lean Institute Brasil (www.lean.org.br), de São Paulo, que há 20 anos dissemina esse modelo de gestão entre as empresas brasileiras.

"Temos orgulho de fazer hoje o mais completo encontro do Brasil sobre gestão lean na saúde. É uma oportunidade única de aprender, num mesmo local, transformações profundas e que deram resultados surpreendentes nesse setor tão socialmente importante e que impacta a todos", resumiu Flávio Battaglia, diretor do Lean Institute Brasil e um dos maiores especialistas sobre o tema no país.



Website: https://www.lean.org.br/lean-summit-saude-2019.aspx
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »