17/04/2019 às 17h29min - Atualizada em 18/04/2019 às 00h00min

Especialistas indicam como migrar com sucesso para o mercado milionário da cloud computing

Globalmente, computação em nuvem movimentará US$ 2,5 bilhões até 2021. Na análise de executivos, escolher as tecnologias adequadas e contar com consultorias corretas é o caminho para desenvolver estratégias bem-sucedidas neste ambiente.

DINO


Até 2021, o mercado de computação em nuvem movimentará cerca de US$ 2,5 bilhões em receitas no mundo todo. No Brasil, a previsão é de que, no mesmo período, 94% das empresas adotem soluções da chamada cloud computing.

Já uma pesquisa divulgada pela LogicMonitor aponta que, até 2020, cerca de 83% das cargas de trabalho das empresas globais estarão em soluções na nuvem. Isso envolve desde o uso de softwares como serviço (SaaS), assim como a migração de estruturas físicas para data centers descentralizados, como AWS, Google, IBM, Azure
e outros.

Segundo destacam especialistas e gestores de TI ouvidos para o levantamento, adotar a cloud é um caminho para inovar, ser mais eficiente e reduzir custos. Para 63% dos entrevistados, a nuvem é o motor para a transformação digital dos negócios, enquanto 62% acreditam que traga mais agilidade à TI.
Entretanto, saber qual é a tecnologia certa para começar a transformação ainda é uma barreira.

"O que hoje não está na nuvem?", dispara Esdras Moreira, CEO da Introduce - Tecnologia Para Crescer, empresa especializada em soluções para transformação digital e transformação de negócios. Durante webinar realizado esta semana, juntamente com o Portal Transformação Digital e a Oncase, o executivo debateu o tema "Qual a tecnologia certa para o meu negócio" e participou da demonstração de análises, projeções e indicações do que deve ser levado em conta na hora de buscar a inovação para cada empresa.

Com base em estudos, tendências e cenários acerca da aplicação da tecnologia na transformação digital e, principalmente, na transformação dos negócios, Esdras e os demais participantes do webinar referenciaram que todo e qualquer tipo de organização tem o poder de inovar e entregar valor em seus produtos e serviços usando as inovações da nuvem.

"Isso pode começar desde a organização dos processos internos, até chegar na ponta, no cliente", destacou o CEO. "Quando se fala em nuvem, podemos falar tanto de inovações, quanto de análise de dados, chegando a soluções mais arrojadas, como Internet das Coisas. Entretanto, até o uso de uma ferramenta de e-mail ou de colaboração online, o que é algo simples e corriqueiro atualmente, já vale como uma inovação no negócio, usando a cloud", explicou.

Segundo o especialista, o passo importante para a transformação digital nas empresas é autoconhecimento. Ao avaliar quais os pontos a serem aperfeiçoados, é possível definir quais as melhores ferramentas e inovações que podem agregar valor ao negócio.

O CEO destacou exemplos por segmento:

- Varejo: nesta área, tecnologias de imagem e reconhecimento podem ser utilizadas, com auxílio da nuvem, para agilizar e ampliar a análise de comportamento dos consumidores, levando à geração de insights que colaborará para melhorar o poder de decisão e formação de promoções, preços, ações comerciais e de marketing

- Saúde: neste setor, tecnologias de inteligência de imagem também podem ser empregadas, mas com finalidades bem diferentes, como a análise de exames como Raio X ou tomografias, melhorando o embase para diagnósticos precisos

"Todas estas inovações podem ser unificadas pela nuvem, reduzindo o tempo de implementação ou descentralizando o acesso às informações, tornando muito mais ágeis as operações dos negócios", afirmou Esdras. "A adoção da cloud é algo que varia de empresa para empresa, de acordo com seu grau de maturidade tecnológica. Entretanto, é preciso entender que a transformação digital é um processo de melhoria contínua, que pode ser otimizado com as soluções corretas e a consultoria certa", completou.

O debate será retomado e ampliado no evento online TD Web Conference 19, que acontecerá de 22 a 26 de abril. A conferência abordará questões como os impactos da transformação digital em cada empresa, novos desafios e oportunidades trazidos por esta transformação aos mais diversos segmentos de mercado, como escolher as tecnologias certas para atender às necessidades dos clientes e o que isso significa na prática, bem como de que maneira a tecnologia deve ser usada para desbloquear todo o potencial dos colaboradores e simplificar processos.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »