13/02/2014 às 18h21min - Atualizada em 13/02/2014 às 18h21min

Onda de calor no Brasil aumenta o número de pedidos de comida pela internet

Somente na empresa-líder no segmento na América Latina, o PedidosJá, o número de delivery de comida pela internet no Brasil em janeiro deste ano aumentou 30% em relação a dezembro de 2013. Já a comparação com o mesmo período do ano passado o número é ainda maior: 300%. Forte onda de calor e facilidades tecnológicas podem explicar este comportamento.

de - São Paulo, SP, Brasil
http://www.dino.com.br/releases/onda-de-calor-no-brasil-aumenta-o-numero-de-pedidos-de-comida-pela-i

Os registros de temperadoras elevadas em diversas cidades do Brasil mudaram hábitos dos brasileiros e inclusive geraram alguns dados curiosos. Entre eles está o aumento no número de pedidos de entregas - também conhecidos como delivery - de comida pela internet no país. Para se ter uma ideia, durante o mês de janeiro deste ano quando foram registrados recordes de calor dos últimos tempos, houve um crescimento de 30% no número de pedidos em relação a dezembro de 2013 e de 300% se comparado com o mesmo período do ano passado quando as temperaturas foram mais brandas. Os dados são referentes ao PedidosJá, considerado o líder do setor na América Latina com cerca de 2.000 restaurantes e lanchonetes cadastrados só no Brasil.

Segundo Álvaro Garcia, diretor de Marketing do PedidosJá, os consumidores começaram a passar feedbacks para a empresa de que queriam evitar uma saída de casa ou escritório em razão das altas temperaturas, além de não terem certeza sobre a climatização dos espaços onde pretendiam ir. “As razões que explicam essa mudança de comportamento vão muito além do calor e economia de tempo. Este verão só veio a confirmar as razões das pessoas estarem pedindo mais comidas pela internet que são comodidade, rapidez, facilidade, variedade e - principalmente - segurança”, explica Álvaro.

Além de consolidar presença nas cidades onde está presente, o PedidosJá também está se preparando para oferecer o serviço em novas cidades para aqueles que não gostam de sair de casa, preferem evitar de fazer a própria comida e até mesmo querem escapar da forte onda de calor dos últimos dias durante um deslocamento para um restaurante ou lanchonete. “Nesse tipo de negócio todos ganham: o consumidor que tem na tela do celular ou do computador todas as opções de comida que estão ao seu redor e o dono de estabelecimento que passa a contar com uma poderosa ferramenta de marketing e fidelização de clientes”, conclui Álvaro.

Para os amantes de uma boa cozinha aliada com tecnologia, o aplicativo do PedidosJá está disponível gratuitamente para iPhones e telefones com sistema operacional Android. Pela tela do celular é possível ver quais são as opções mais próximas do consumidor por meio do GPS do smartphone ou colocando o CEP ou o endereço, além de ser possível escolher o tipo de comida como italiana, brasileira, japonesa e muitas outras. Mais informações no site www.pedidosja.com.br


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »