26/03/2019 às 17h13min - Atualizada em 26/03/2019 às 17h13min

Edital de concessão do Parque Chácara do Jockey será ajustado

Realizada sessão de licitação do parque, não houve apresentação de propostas

Redação

Na sessão de licitação da concessão do Parque Municipal Chácara do Jockey, realizada na manhã desta terça-feira (26), nenhuma empresa entregou proposta. A outorga mínima fixada no edital era de R$ 1,1 milhão para gerir o parque durante 35 anos.

Agora, a Prefeitura Municipal de São Paulo, por meio das Secretarias do Governo e do Verde e do Meio Ambiente, vai elaborar um Plano Diretor para o parque. A partir deste plano e de reuniões com potenciais interessados é que definirá a data para republicação do edital, visando à concessão do parque.

O objetivo com a concessão é intensificar e diversificar os usos do equipamento, oferecer melhor qualidade na prestação de serviços aos usuários e desonerar a Prefeitura. No edital, a Prefeitura Municipal de São Paulo permite a cobrança para realização de filmagens e fotografias profissionais, locação de bicicletas e aluguel de vestiários, entre outros.

Entre as intervenções obrigatórias, orçadas em R$ 12,5 milhões e com prazo estabelecido para implementação em seis anos, estão: a conclusão da reforma do núcleo das baias, investimentos em caminhos, colocação de mobiliário urbano e a construção de um espaço lúdico infantil. Também prevê a construção de estacionamento com 140 vagas.

Os benefícios financeiros previstos ao Município chegam a R$ 102 milhões, considerando-se a outorga mínima de R$ 1,1 milhão, as economias com os investimentos de R$ 12,5 milhões, a tributação de ISS, de R$ 12 milhões, e a desoneração estimada em R$ 77 milhões. A ata da sessão será publicada no Diário Oficial do Município.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »