24/06/2024 às 11h48min - Atualizada em 24/06/2024 às 18h01min

Glamping: tendência entre jovens viajantes, busca por hospedagem cresce no interior de SP

Procura por experiências de viagem imersivas e confortáveis coloca a modalidade como uma escolha popular entre os turistas da Geração Z

Flávia Magalhães
Divulgação/Viva Brotas
De yuppies a faria limers, as tendências de hábitos e consumos criam diferentes movimentos e um novo vem ganhando novos adeptos, os glampers. Esta nova onda é formada principalmente por pessoas da Geração Z, que buscam hospedagem em meio à natureza, mas que não abrem mão de espaços com todo o conforto, desde lençóis de qualidade até ambientes climatizados.
A busca por estes espaços, que nos Estados Unidos vive um boom a partir de 2023 e agora também é uma realidade no Brasil, tem despertado a atenção de olhares de empresários do setor no interior de São Paulo. Bem no centro-oeste do estado, Brotas, tida como a capital nacional do turismo de aventura, novos espaços de hospedagem oferecem a experiência.
A Cachoeira Três Quedas e a pousada Viva Brotas são os empreendimentos que, além dos quartos tradicionais, têm as cabanas adaptadas ao novo conceito. Três Quedas proporciona uma experiência única em tendas luxuosas situadas em meio a uma reserva natural exuberante, onde os hóspedes podem desfrutar de trilhas, banhos de cachoeira e uma gastronomia regional de alta qualidade.
Já a pousada Viva Brotas tem cabanas charmosas equipadas com todas as comodidades modernas, além de atividades como arvorismo, tirolesa e passeios de caiaque. Ambas opções combinam conforto e natureza, fazendo do glamping em Brotas uma experiência inesquecível e enriquecedora.
Nos dois casos, um dos itens mais desejados pelo público é garantido: conexão de qualidade com a internet. “A conectividade é palavra-chave no critério de escolha deste público em qualquer meio de hospedagem. E o glamping não só atrai um público mais jovem e exigente, mas também promove um turismo sustentável e de alta qualidade, que valoriza a nossa biodiversidade e contribui com a economia local. Em Brotas, temos visto um aumento significativo de visitantes que procuram esse tipo de experiência, buscando um equilíbrio entre conforto e natureza”, afirma Fabio Pontes, secretário de Turismo de Brotas.
 
Por que os turistas estão optando pelo glamping?
Surgido ainda nos anos 2000, o glamping é uma resposta à busca por alternativas de hospedagem mais imersivas na natureza do que os hotéis tradicionais, mas sem sacrificar o conforto e a comodidade. Inspirado pela ideia de acampamento de luxo, o glamping redefiniu o conceito de aventura, proporcionando aos viajantes uma experiência que harmoniza o melhor dos dois mundos: a rusticidade da vida ao ar livre e o conforto da modernidade.
O que diferencia o glamping de um acampamento convencional é a ênfase no design sofisticado das acomodações, que muitas vezes incluem tendas espaçosas, cabanas charmosas ou até mesmo estruturas arquitetônicas exclusivas, todas cuidadosamente integradas ao ambiente natural que as cercam. Além disso, os serviços e comodidades oferecidos são de alto padrão, desde camas king size com adornos luxuosos até banheiros privativos com chuveiros quentes.
"O glamping tem se mostrado uma resposta às necessidades dos viajantes que querem imersão na natureza sem abrir mão do conforto. Essa tendência tem tudo a ver com a nossa proposta de turismo aqui em Brotas”, completa Fabio.
 
Por que o glamping tem cativado especialmente o público mais jovem?
A resposta para esta pergunta está na busca por experiências únicas e autênticas que fogem do convencional. Os millennials e a Geração Z, impulsionados pelo desejo de escapar da rotina urbana e se reconectar com a natureza, veem no glamping uma oportunidade de vivenciar aventuras significativas sem abrir mão do conforto e da estética.
Além disso, o apelo do glamping vai além da mera estética. Muitos desses empreendimentos eco-conscientes destacam-se por suas práticas sustentáveis, como a utilização de energia solar, o uso de materiais ecológicos e o apoio à conservação ambiental local. Para os jovens preocupados com questões ambientais, o glamping representa uma forma de viajar de maneira responsável e contribuir para a preservação dos destinos naturais.
“Os jovens estão cada vez mais conscientes e preocupados com a sustentabilidade. E o glamping em Brotas também é pensado com práticas que respeitam e preservam o meio ambiente, o que é um grande atrativo para esse público”, salienta o secretário.
A geração Millennial representa a maioria dos glampers (58%) americanos na única pesquisa direcionada para este nicho. Entre os campistas millennials com crianças em casa, 39% praticaram glamping, contra apenas 16% das famílias millennials sem filhos. Os glampers também fazem parte de um grupo demográfico mais rico, incluindo 57% que têm uma renda familiar de US$ 100.000 ou mais.
 

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
FLAVIA GOMES MAGALHAES
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp