21/06/2024 às 12h13min - Atualizada em 23/06/2024 às 02h08min

Fluxo nas lojas físicas cresce 5% em maio e faturamento sobe 6% no Brasil

Região Nordeste lidera a alta nas vendas, enquanto o Sul se destaca no fluxo de visitantes

NB PRESS
Imagem Freepik
Dados atualizados do IPV (Índices de Performance do Varejo), pesquisa organizada pelo venture capital HiPartners Capital & Work, em parceria com a Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC), revelam que o faturamento no varejo registrou um aumento de 6% em maio de 2024, com destaque para a região Nordeste, que teve um crescimento de 14% em relação ao mesmo período do ano anterior.

As lojas de shopping tomaram a frente, com alta de 7% no faturamento e 3% nas vendas/cupons. Esse crescimento, exclusivamente no faturamento, evidenciado em 3 dos 4 setores pesquisados, foi liderado pelos segmentos de "outros artigos de uso pessoal e doméstico" (+14%) e "artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos" (+13%). A evolução no ticket médio geral foi de aproximadamente 6%.

E esse movimento no varejo físico também apresentou crescimento significativo na evolução mensal. As lojas de shopping centers registraram aumento de 15% em comparação com o mês anterior, enquanto as lojas de rua tiveram alta de 7%.

Já na análise de maio deste ano com 2023, o  movimento em lojas físicas também se mostrou positivo em todas as regiões do Brasil, especialmente na região Sul, que teve um aumento de 13% no período. Nos shopping centers, a região Sudeste ficou em evidência com um crescimento de 12%.

Ainda em relação a maio do ano passado, as lojas de shopping registraram um crescimento de 7%, apesar da queda de 1% no fluxo geral dos shopping centers e da diminuição de 7% nas lojas de rua. Além disso, apenas 1 dos 4 setores monitorados teve aumento no fluxo de visitantes: o de tecidos, vestuário e calçados (+8%).

"O crescimento de 6% no faturamento das lojas em maio na comparação com o mesmo mês de 2023, pode indicar uma recuperação do setor. Somado também à segunda alta consecutiva no Índice de Confiança do Consumidor, esse movimento sugere uma possível reversão da desaceleração do final do ano passado, impulsionado pelo Dia das Mães e pela melhora na situação financeira futura. Embora ainda haja limitações orçamentárias para muitas famílias, o cenário macroeconômico atual é favorável e reforça a confiança no contínuo fortalecimento do varejo físico", afirma Eduardo Terra, presidente da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC).

O impacto do Dia das Mães no Varejo
Comparando o fluxo de visitação no domingo do Dia das Mães deste ano com a mesma data de 2023, houve um crescimento de 19% nas lojas físicas e de 5% nos shopping centers. Na comparação entre a semana do evento e a semana anterior deste ano, o fluxo aumentou 11% nos shoppings e 10% nas lojas físicas, indicando que muitos consumidores deixaram suas compras para a última hora.

Na perspectiva regional, todas as regiões apresentaram aumentos expressivos no fluxo de visitantes, ao comparar o Dia das Mães deste ano com o de 2023. O Norte sobressaiu, com um aumento de 24% na comparação da semana do evento versus a semana anterior e alta 58% ao avaliar a performance do domingo deste ano contra o mesmo domingo do ano passado.

Entre os segmentos, "móveis e eletrodomésticos" e "tecidos, vestuários e calçados" ficaram em evidência, com aumentos de 4% e 3%, respectivamente, na comparação com o fluxo do dia do evento com o domingo anterior. Na semana que antecede a data, o segmento de "móveis e eletrodomésticos" registrou um aumento de 47% em comparação com 2023, seguido por "artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos", com alta de 39% no tráfego de pessoas.

Confira os destaques do levantamento do IPV de maio/24:
  • As lojas de shopping centers registraram um aumento de 15% no fluxo de visitação em maio de 2024, enquanto as lojas de rua tiveram um crescimento de 7% em comparação com o mês anterior.
  • Em comparação com o mesmo mês do ano anterior, as lojas de shopping registraram um crescimento de 7%, apesar da queda de 1% no fluxo geral dos shopping centers e uma diminuição de 7% nas lojas de rua.
  • O faturamento no varejo cresceu 6% em maio de 2024, com destaque para a região Nordeste, que registrou um aumento de 14%. As lojas de shopping foram novamente destaque, com um aumento de 7% no faturamento e 3% nas vendas/cupons na comparação com o mesmo mês de 2023.
  • O crescimento no faturamento foi impulsionado pelos segmentos de "outros artigos de uso pessoal e doméstico" (+14%) e "artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos" (+13%).


Para obter o estudo completo, acesse: www.hipartners.com.br/ipv/.

   
Sobre a HiPartners Capital & Work    
Criada em 2012, a HiPartners Capital & Work nasceu de um projeto pessoal do empreendedor Walter Sabini Junior, responsável pela venda da Virid, plataforma de e-mail marketing adquirida em 2011 pela Serasa Experian. Hoje é o primeiro venture capital brasileiro focado em retail techs, buscando alavancar empreendedores e soluções para gerar impacto no varejo brasileiro. Para saber mais, acesse: www.hipartners.com.br      
     
Sobre a SBVC       
Fundada em 29 de maio de 2014, a Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC) é uma organização sem fins lucrativos aberta, multissetorial e com atuação complementar às demais entidades de classe do varejo. Sua missão é contribuir com o aumento da competitividade do varejo, por meio de conteúdos e estudos de mercado, além de promover networking entre executivos do varejo de todos os segmentos. A entidade tem como objetivo defender os interesses do setor e promover ações sociais. A SBVC é sustentada por quatro pilares fundamentais: conteúdo, relacionamento, responsabilidade social e apoio técnico. Acesse: www.sbvc.com.br

Sobre a FX Data Intelligence     
A FX Data Intelligence é uma plataforma que fornece insights para o varejo por meio de visão computacional dirigida por inteligência artificial. A empresa combina as informações coletadas na loja — como dados de fluxo e jornada de compra — com outros dados — como vendas e campanhas de marketing —, oferecendo indicadores inteligentes, capazes de recomendar as melhores decisões e fazer análises preditivas. Dessa forma, o varejista consegue identificar a eficiência da operação, melhorar o investimento em marketing para aquisição de novos clientes e potencializar a gestão do time de vendas. Criada em 2015, faz parte da HiPartners Capital & Work, o primeiro venture capital brasileiro focado em retail techs. Para saber mais, acesse: www.fxdata.com.br       
     
Sobre a F360     
Fundada em 2013 por Henrique Carbonell, Fernando Carbonell e Luiz Fernando Payolli, a F360 é uma startup que tem como missão transformar a gestão de varejo de franquias e do pequeno e médio varejista, desenvolvendo a melhor ferramenta de gestão do Brasil. O objetivo é gerar eficiência operacional, evitar perdas financeiras aos seus usuários e potencializar as vendas. Desenvolvida por — e para — varejistas, a plataforma oferece, em uma ferramenta única, a integração de todos os processos de gestão de uma franquia ou de pequeno e médio varejo. A empresa faz parte da HiPartners Capital & Work, o primeiro venture capital brasileiro focado em retail techs. Para saber mais, acesse: https://www.f360.com.br/.       
     
     
Sobre a 4intelligence       
A 4intelligence é uma startup que desenvolve soluções para suportar tomadas de decisões baseadas em análise de dados, por meio de algoritmos e inteligência artificial. A tecnologia possibilita a estruturação e customização de processos decisórios em larga escala, visando obter as respostas mais acuradas, para que sejam entregues no momento correto às pessoas certas. Acesse: www.4intelligence.com.br      
     
    
Informações à imprensa      
NB Press Comunicação        
Tel.: 55 11 94326-8746      
E-mail: [email protected]      


 

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
DEBORAH EVELYN SOSA FECINI
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp