26/02/2018 às 17h54min - Atualizada em 26/02/2018 às 23h21min

Cidade Tiradentes tem o metro quadrado mais barato de São Paulo

Se você procura imóveis para comprar, saiba que existem alguns bairros nos quais o metro quadrado é muito mais barato do que em outros. A Cidade Tiradentes, por exemplo, é o bairro com o metro quadrado mais desvalorizado da cidade de São Paulo, custando R$ 3.505. Os dados são do levantamento do FipeZap, feito em janeiro de 2018. Para se ter uma ideia da disparidade, a média da cidade é de R$ 8.688 para cada metro quadrado. Foram analisados 190.774 anúncios de imóveis para compor a lista.

           

Na lista dos bairros onde é possível encontrar casas à venda baratas, ainda estão Artur Alvim (R$ 3.858), Itaim Paulista (R$ 3.876), Itaquera (R$ 4.305) e São Miguel Paulista (R$ 4.348). O mais caro, por sua vez, é Cidade Jardim (R$ 19.783), seguido por Vila Nova Conceição (R$ 17.314), Itaim Bibi (R$ 13.518), Vila Olímpia (R$ 13.337) e Jardins (R$ 12.100).

 

Retração

 

O mercado imobiliário não passa por uma boa fase. Em dezembro de 2017, a venda de imóveis usados sofreu a terceira queda seguida, de acordo com o Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo (CRECISP). As vendas caíram 10,43% em relação a novembro. No mês anterior, a retração foi de 9,45%, e, em outubro, de 8,42%.

           

Houve, no entanto, uma queda de 17,92% nos preços médios das casas e apartamentos negociados pelas 292 imobiliárias consultadas pelo CRECISP. Apesar dessa retração nos últimos três meses, o saldo de 2017 foi positivo, acumulando alta de 114,89% na venda de imóveis usados, praticamente o dobro de 2016 (74%).

           

“Tivemos quatro meses que salvaram o ano”, afirma José Augusto Viana Neto, presidente do CRECISP. Foram eles: fevereiro (+ 61,9%), abril (+ 143,55%), julho (+ 38,27%) e setembro (+ 36,18%). Falta de crédito e financiamentos mais caros, salários comprimidos e aumento do desemprego são fatores que colaboram para a queda das vendas e o aumento na locação de casas e apartamentos.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »