20/06/2024 às 15h39min - Atualizada em 20/06/2024 às 18h08min

Junho, o mês do Meio Ambiente: Especialista explica o que é e qual a importância das Fontes de Energias Renováveis

MSc. Cicero Fernando Prates Bastos, especialista em Gerenciamento de Recursos Hídricos, destaca que a inclusão de conteúdos sobre fontes de energia renovável nos currículos das faculdades é crucial para formar profissionais preparados para enfrentar os desafios ambientais e energéticos do futuro 

DEIWERSON DAMASCENO
Divulgação
O mês de junho é marcado por diversas ações de conscientização sobre o Meio Ambiente, haja vista que o Dia Mundial é celebrado todo 5 de junho. A referida data foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1972, e tem como objetivo principal chamar a atenção de todas as esferas da população para os problemas ambientais e para a importância da preservação dos recursos naturais, que até então eram considerados, por muitos, inesgotáveis.
 

E acerca desse contexto de mudanças climáticas e esgotamento desses recursos naturais, a adoção de fontes de energias renováveis é crucial para garantir um futuro sustentável e seguro para as próximas gerações.

Mas é o que são essas fontes de Energias Renováveis e qual a sua importância?

As fontes renováveis de energia são aquelas formas de produção de energia em que suas fontes são capazes de manter-se disponíveis durante um longo prazo, contando com recursos que se regeneram ou que se mantêm ativos permanentemente. Em outras palavras, fontes de energia renováveis são aquelas que contam com recursos não esgotáveis. Entre elas, pode-se citar: a solar, a eólica, a hídrica, a biomassa, a das ondas e a das marés.

"Energias renováveis como a solar, eólica e hidrelétrica, oferecem uma alternativa limpa e viável aos combustíveis fósseis, com benefícios significativos para o meio ambiente, a economia e a sociedade”, ressalta o professor de Engenharia da Unime Anhanguera de Salvador MSc. Cicero Fernando Prates Bastos, especialista em Gerenciamento de Recursos Hídricos.

Segundo o docente, a transição para fontes renováveis de energia contribui no enfrentamento de desafios ambientais e garante um desenvolvimento econômico sustentável. “Além de reduzir as emissões de gases de efeito estufa, essas fontes de energia promovem a segurança energética, a criação de empregos e a proteção dos recursos naturais. Investir em energias renováveis é investir no futuro do nosso planeta e na qualidade de vida das próximas gerações”.
 

O especialista caracteriza cada uma dessas fontes. Confira:
 

Energia Solar
 
A energia solar é uma das formas mais promissoras de energia renovável. Utilizando painéis fotovoltaicos para converter a luz do sol em eletricidade, a energia solar apresenta diversas vantagens:
  • Sustentabilidade: A energia solar é inesgotável e está disponível em abundância em muitas partes do mundo.
  • Baixo Impacto Ambiental: A geração de energia solar não produz emissões de gases de efeito estufa ou poluentes atmosféricos.
  • Redução de Custos: Os avanços tecnológicos têm reduzido significativamente o custo dos painéis solares, tornando-os mais acessíveis para residências e empresas.
  • Independência Energética: A adoção de sistemas solares permite maior independência energética, diminuindo a dependência de combustíveis fósseis.
Energia Eólica
 
A energia eólica é gerada através da conversão da força dos ventos em eletricidade utilizando aerogeradores. Esta fonte de energia também apresenta inúmeros benefícios:
  • Renovabilidade: Assim como a solar, a energia eólica é inesgotável e está sempre disponível.
  • Baixas Emissões: A de produção energia eólica não gera emissões de gases de efeito estufa, contribuindo para a redução da pegada de carbono.
  • Desenvolvimento Local: A instalação de parques eólicos pode impulsionar o desenvolvimento econômico local, criando empregos e estimulando a economia.
  • Diversificação da Matriz Energética: A energia eólica contribui para a diversificação da matriz energética, aumentando a segurança do fornecimento de energia.
Energia Hidrelétrica
 
A energia hidrelétrica utiliza o movimento da água para gerar eletricidade, sendo uma das fontes de energia renovável mais antigas e estabelecidas:
  • Confiabilidade: As usinas hidrelétricas fornecem uma fonte de energia estável e confiável, com a capacidade de ajustar a produção conforme a demanda.
  • Baixo Custo Operacional: Após o investimento inicial, os custos operacionais e de manutenção das usinas hidrelétricas são relativamente baixos.
  • Controle de Recursos Hídricos: As barragens hidrelétricas podem ajudar na gestão dos recursos hídricos, controlando inundações e fornecendo água para irrigação e consumo.
  • Redução de Emissões: A energia hidrelétrica gera eletricidade sem emissões diretas de CO2, contribuindo para a mitigação das mudanças climáticas.
Energia da biomassa

A biomassa corresponde a toda e qualquer matéria orgânica não fóssil. Assim, pode-se utilizar esse material para a queima e produção de energia, por isso ela é considerada uma fonte renovável. Sua importância está no aproveitamento de materiais que, em tese, seriam descartáveis, como restos agrícolas (principalmente o bagaço da cana-de-açúcar), e também na possibilidade de cultivo.

Existem três tipos de biomassa utilizados como fonte de energia: os sólidos, os líquidos e os gasosos.

Combustíveis sólidos: podemos citar a madeira, o carvão vegetal e os restos orgânicos vegetais e animais. Combustíveis líquidos: o etanol, o biodiesel e qualquer outro líquido obtido pela transformação do material orgânico por processos químicos ou biológicos.
Combustíveis gasosos: aqueles que são obtidos pela transformação industrial ou até natural de restos orgânicos, como o biogás e o gás metano coletado em áreas de aterros sanitários.
 

Energia das ondas e das marés
É possível utilizar a água do mar para a produção de eletricidade tanto pelo aproveitamento das ondas quanto pela utilização da energia das marés. No primeiro caso, utiliza-se a movimentação das ondas em ambientes onde elas são mais intensas para a geração de energia. Já no segundo caso, o funcionamento lembra o de uma hidrelétrica, pois cria-se uma barragem que capta a água das marés durante as suas cheias, e essa água é liberada quando as marés diminuem. Durante essa liberação, a água gira as turbinas que ativam os geradores.

Por fim, Cícero destaca que, a inclusão de conteúdos sobre fontes de energia renovável nos currículos das faculdades é crucial para formar profissionais preparados para enfrentar os desafios ambientais e energéticos do futuro.

 
“Seja na Unime Anhanguera, em que a grade curricular dos cursos dispõe de uma agenda ESG, ou em qualquer outra instituição, precisamos abordar essa frente. A crise climática é um dos maiores desafios que a humanidade enfrenta. O ensino sobre esse contexto prepara os estudantes para mitigar os impactos dessas mudanças climáticas, promovendo o desenvolvimento de tecnologias e práticas sustentáveis já a partir do curto prazo”, enfatiza.

Sobre a Anhanguera
Fundada em 1994, a Anhanguera faz parte da vida de milhares de alunos, oferecendo educação de qualidade e conteúdo compatível com as necessidades do mercado de trabalho, em seus cursos de graduação, pós-graduação e extensão, presenciais ou a distância. Em 2023, passou a ser a principal marca de ensino superior da Cogna Educação, com o processo de unificação das instituições, visando o conceito lifelong learning, no qual proporciona acesso à educação em todas as fases da jornada do aluno. A instituição ampliou seu portfólio, disponibilizando novas opções para cursos Livres; preparatórios, com destaque para o Intensivo OAB (Ordem dos Advogados do Brasil); profissionalizantes, nas mais diversas áreas de atuação; EJA (Educação de Jovens e Adultos) e técnicos. Com grande penetração no Brasil, a Anhanguera está presente em todas as regiões com 106 unidades próprias e 1.398 polos em todo o país. A instituição presta inúmeros serviços à população por meio das Clínicas-Escola, na área de Saúde e Núcleos de Práticas Jurídicas, locais em que os acadêmicos desenvolvem os estudos práticos. Focada na excelência da integração entre ensino, pesquisa e extensão, a Anhanguera tem em seu DNA a preocupação em compartilhar o conhecimento com a sociedade também por meio de projetos e ações sociais.
Acesse o site e o blog para mais informações.
 

Assessoria de Imprensa
Deiwerson Damasceno
E-mail: [email protected]
Telefone: +55 11 98455-3620

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
DEIWERSON DAMASCENO DOS SANTOS
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp