19/02/2018 às 17h55min - Atualizada em 21/02/2018 às 22h36min

Duplex ou inverse: qual geladeira comprar?

Ao se deparar com a compra de uma geladeira de duas portas, você pode ficar indeciso em relação a duas opções no mercado: as geladeiras duplex e as do modelo inverse. Ambas possuem pontos positivos e negativos. Para escolher, você deve levar em conta fatores como quantidade de pessoas em casa, perfil dos consumidores (crianças, adultos ou idosos) e frequência com que você cozinha.

           

As geladeiras duplex são as mais comuns na casa dos brasileiros. São aquelas que possuem um refrigerador na parte de baixo e o freezer em cima. Elas são ideais para casais, pessoas que moram sozinhas ou famílias com crianças, já que a maior parte dos alimentos fica na parte de baixo.

           

Os modelos disponíveis são variados, já que é a mais comum do mercado. A praticidade, portanto, é o principal atributo desse tipo de geladeira. Por outro lado, elas nem sempre possuem o sistema Frost Free, que não permite o acúmulo de gelo no interior do eletrodoméstico. Se optar por este modelo, preste atenção nesse detalhe antes de adquirir uma geladeira duplex.

           

As geladeiras do modelo inverse, por sua vez, são mais modernas e sofisticadas, além de possuírem maior capacidade de armazenamento. Nesse caso, o freezer fica embaixo, enquanto o refrigerador fica em cima. A grande vantagem é a disposição dos produtos e alimentos, que ficam ao alcance das mãos. A organização dos alimentos também é um ponto alto, já que ela possui um tamanho maior do que as geladeiras duplex. O sistema Frost Free também é padrão e você não precisa se preocupar com o excesso de gelo no congelador.

           

Apesar disso, a geladeira inverse possui alguns pontos negativos, de acordo com seu padrão de uso e com o perfil de quem vai utilizá-la. Se a casa tiver crianças e elas pegarem constantemente produtos na geladeira, pode ser que esse processo seja mais dificultoso, já que o refrigerador, onde fica boa parte dos itens, estará na parte de cima. Em alguns casos, isso pode até impedir que a criança pegue algo na geladeira.

           

A geladeira inverse, por possuir mais tecnologia e ser mais moderna, também é mais cara. Você também deve avaliar se precisa realmente de todo o espaço disponibilizado pelo eletrodoméstico. Se você cozinha pouco, pode ser que essa não seja a melhor opção. Independentemente da escolha, opte por geladeiras com Selo Procel A, que gastam menos energia.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »