17/06/2024 às 19h38min - Atualizada em 18/06/2024 às 18h03min

Nova avenida beira-mar e alargamento devem transformar a cidade de Itapema, no litoral catarinense

As melhorias ao longo da orla devem beneficiar também a mobilidade do município

CLAUDIA XAVIER DE SOUZA
https://claudiaxavierassessoria.com.br/
Divulgação
Em Itapema, uma das obras mais aguardadas e comentadas é o alargamento da faixa de areia da Meia Praia, que se encontra na fase de licenciamento ambiental. No entanto, o engordamento da praia é uma das etapas de um projeto maior que pretende transformar a orla de Meia Praia, incluindo a revitalização de todo o balneário e a construção de uma avenida à beira-mar.
 
Prevista no projeto “Operação Urbana Consorciada Meia Praia”, apresentado pela Prefeitura de Itapema, a abertura de faixa de rolamento na beira-mar, entre as ruas 165 a 321, trará diversos benefícios para a região. Além de ligar a Meia Praia ao Centro, a avenida deve contribuir para a mobilidade, desafogando as ruas principais.
 
Atualmente, a Nereu Ramos e a 2ª Avenida concentram o maior fluxo de veículos. Com a requalificação do balneário, além de uma nova via à beira-mar para distribuir o movimento, as cerca de 50 ruas transversais em 5 km da Meia Praia que, atualmente, não contribuem para desafogar o trânsito, passarão a funcionar como acesso de veículos à orla, reduzindo a concentração nas pistas principais, e melhorando a mobilidade da cidade.
 
Além disso, o projeto pretende incluir um sistema de mobilidade e transporte integrado, implementar ciclovias em toda a orla, estacionamentos e uma via de tráfego amigável e facilidades para pedestres. Com isso, a Prefeitura espera melhorar a mobilidade na área central da Itapema.
 
A requalificação da praia prevê também a ampliação e fortalecimento do setor de bares, restaurantes, comércio e serviços à beira-mar, o que deve atrair mais investimentos e a instalação de novas operações, impactando diretamente no aumento da procura das salas comerciais de frente para a praia e em uma valorização ainda maior dos empreendimentos imobiliários frente mar.
 
A transformação da Meia Praia passa ainda pela revitalização da orla, que deve receber novos equipamentos para promover a inclusão, oferecendo opções de lazer, espaços para atividades físicas, áreas de contemplação, esportes, cultura e sociabilidade, além de nova iluminação e acessibilidade. A intenção é aprimorar a experiência de moradores e visitantes e consolidar Itapema como um destino turístico inovador e inclusivo.
 
O programa Operação Urbana Consorciada Meia Praia
O projeto da Prefeitura consiste em uma série de intervenções e novidades que tem por finalidade a requalificação urbana da área, visando especialmente a ampliação da mobilidade urbana, a universalização do acesso à praia e o aumento do espaço de uso comum do povo (faixa de areia), a disponibilização de mais vagas de estacionamento na área de entorno do Píer de Itapema, o aperfeiçoamento do sistema de drenagem urbana, e a qualificação imobiliária dos bairros Meia Praia e Morretes.
 
Para isso, o programa consiste em ações como a ampliação da faixa de areia da Meia Praia e Morretes (estreito), a abertura de avenida na beira-mar, a requalificação de passeios públicos, travessias de pedestres e ciclovias, e criação de setor turístico especial para fomentar a disponibilidade de vagas de estacionamento. O projeto prevê ainda a melhoria do sistema de drenagem urbana, a partir da implantação de estações elevatórias para inclusão das galerias de drenagem pluvial com acesso à praia na rede coletora de esgoto.
 
Ainda segundo o programa, disponibilizado no site da Prefeitura, e que passou por consulta pública, as obras serão custeadas por meio de outorgas onerosas. 
 

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
CLAUDIA XAVIER DE SOUZA
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp