12/06/2024 às 17h37min - Atualizada em 12/06/2024 às 20h01min

Cresce a solicitação de cidadania italiana por casais homoafetivos no Brasil

Em busca de direitos iguais, número de pedidos por casais LGBTQIAP+ aumenta 35% em relação ao ano anterior

GIOVANNA ALVES
Pexels
 

 Junho é considerado o mês do Orgulho LGBTQIAP+, onde a luta por direitos iguais é mais acalorada por todos que fazem parte da comunidade. Nos últimos anos, o Brasil tem testemunhado um crescimento expressivo na solicitação de cidadania italiana por casais homoafetivos. Em busca de uma vida com mais segurança e direitos iguais, muitos desses casais estão encontrando uma oportunidade de reconhecimento e proteção legal através dessa cidadania. 

 

De acordo com dados recentes do Consulado Italiano em São Paulo, houve um aumento de 35% nas solicitações de cidadania por esses casais em comparação ao ano anterior. Esse crescimento reflete uma busca não apenas por melhores condições de vida, mas também pelo reconhecimento pleno de suas uniões em um contexto internacional.

 

"Na Itália, a união civil entre pessoas do mesmo sexo é reconhecida desde 2016, proporcionando a esses casais uma série de direitos que muitas vezes são mais amplos do que os oferecidos no Brasil", expica representante da Master Cidadania, empresa pioneira no reconhecimento da cidadania italiana pela via judicial. "A cidadania italiana oferece uma dupla vantagem: além de possibilitar a livre circulação pela União Europeia, ela garante aos cônjuges uma proteção jurídica sólida."

 

Para muitos desses casais, o processo de obtenção da cidadania italiana tem sido uma forma de assegurar direitos fundamentais e combater o preconceito ainda presente em diversas esferas da sociedade brasileira. Além disso, a possibilidade de construir uma vida em países onde o respeito aos direitos LGBTQIAP+ está mais avançado é um fator decisivo. Um detalhe importante, apenas o casamento dá direito a cidadania, já a união estável somente a permissão de residência e trabalho no país. 

 

Organizações de apoio à comunidade LGBTQIAP+ têm desempenhado um papel crucial ao oferecer orientação e suporte durante todo o processo de solicitação. O grupo Arco-Íris Internacional, por exemplo, lançou recentemente uma cartilha específica para casais homoafetivos interessados na pauta, abordando desde os requisitos legais até dicas práticas para a adaptação em um novo país.

 

O aumento nas solicitações também destaca a importância de políticas públicas que promovam a igualdade de direitos em todas as esferas. "É fundamental que o Brasil continue avançando na proteção e reconhecimento das uniões homoafetivas, para que todos os cidadãos possam viver com dignidade e segurança em seu próprio país", afirma um dos representantes. “Para muitos casais homoafetivos brasileiros, a cidadania italiana representa mais do que um novo passaporte: é a chave para um futuro com mais liberdade e respeito, onde o amor e a união possam florescer sem barreiras.”


 

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
GIOVANNA REBELO ALVES
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp