10/06/2024 às 21h39min - Atualizada em 11/06/2024 às 00h03min

Transformação Digital no Detran-SP: Economia e Eficiência na Gestão de Multas

Tecnologia

EDUARDO MICHELETTO
Micheletto Comunicação
Freepik
O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) atinge um marco significativo em sua jornada de transformação digital. Desde a implementação de medidas de digitalização em janeiro de 2023, o Detran-SP confirmou uma economia anual de R$ 6 milhões, graças à eliminação dos registros de multas em talonários impressos e à adoção de um sistema totalmente digital.

Em 2020, apenas 1,1% das autuações no sistema do Detran-SP eram eletrônicas, uma realidade que mudou drasticamente nos últimos anos. Em 2023, esse percentual saltou para 66% e, já nos primeiros meses de 2024, 87% das infrações foram registradas digitalmente, alcançando agora 100% com o fim do talão de multas.

Eduardo Aggio, diretor-presidente do Detran-SP, destaca a mudança de paradigma: “A virada digital é também uma virada de chave. A partir do momento em que a adotamos, não apenas as nossas rotinas, mas também a nossa mentalidade se transforma.” A digitalização não apenas agiliza os serviços, mas também traz benefícios ambientais e redução de custos. "A informatização nos serviços públicos é essencial não só para a agilidade mas também para a sustentabilidade do setor," comenta Ricardo Holz, comentarista da Jovem Pan News, ressaltando a importância dessa evolução.

Ícaro Eustachio, diretor de educação para o trânsito e fiscalização do Detran-SP, explica o impacto direto da digitalização nas operações diárias: “O auto de infração era lavrado na rua até se tornar um arquivo no sistema e ter o destinatário notificado. O arco temporal, que era de 15 dias, hoje é de três. A multa entra no sistema no mesmo dia,” detalha Eustachio. “O número de pessoas envolvidas no processo também caiu, permitindo a economia que alcançamos. Além disso, o formato digital evita fraudes e traz benefícios ao cidadão.”

O motorista autuado também é beneficiado por essa transformação. Por meio do Sistema de Notificação Eletrônica (SNE), é possível optar pelo pagamento da multa com desconto de até 40%. Nos próximos meses, o Detran-SP vai implementar a liberação de veículos apreendidos através de um sistema digital, que permitirá o acesso às cópias do auto de infração e do comprovante de recolhimento e remoção do veículo pelo portal do órgão.

Ricardo Holz, ao comentar sobre os avanços, observa que “a informatização acelera os processos e transforma a interação das autarquias governamentais com os cidadãos, tornando-a mais eficiente e transparente. Além disso, a transição para o digital no Detran-SP é um exemplo claro de como a tecnologia pode ser aplicada para melhorar a eficiência dos serviços públicos, trazendo ganhos significativos em termos de economia, eficiência administrativa e sustentabilidade ambiental”.
 

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
EDUARDO GIOELI MICHELETTO JOEL
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp