29/05/2024 às 13h04min - Atualizada em 29/05/2024 às 20h05min

TSE unificado: edital é publicado com 389 vagas

Remunerações iniciais para os cargos anunciados chegam a R$ 14 mil

THALITA PESSOA
Freepik
Um dos editais mais aguardados do ano acaba de ser publicado. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou nesta quarta-feira, 29/05, o edital do seu concurso público unificado. São 389 vagas de nível superior para técnico e analista judiciário para os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) de todo o país, com a exceção do TRE Tocantins. Além das vagas imediatas, o concurso prevê a formação de cadastro de reserva para os cargos, cujas remunerações iniciais variam entre R$ 8.529,65 e R$ 13.994,78.

As inscrições poderão ser feitas de 4 de junho a 18 de julho exclusivamente no site do Cebraspe, que organiza o concurso. O valor da taxa é de R$ 85 ou R$ 130, a depender do cargo desejado. Há ainda a possibilidade de pedido de isenção para os candidatos de famílias de baixa renda, inscritos no programa Cadastro Único (CadÚnico), e doadores de medula óssea. A aplicação das provas acontecerá em 22 de setembro nas capitais de 26 estados brasileiros e no Distrito Federal, com turnos distintos para os cargos.  

A equipe do Gran Concursos analisou o edital e destacou pontos importantes para a preparação. De acordo com o documento, o concurso será composto por prova objetiva, prova discursiva, teste de aptidão física (somente para agente da Polícia Judicial) e avaliação de títulos dos candidatos a analista judiciário. Na parte objetiva, os candidatos deverão responder a 120 questões, sendo 50 de Conhecimentos Básicos e 70 de Conhecimentos Específicos (com questões variáveis de acordo com a especialidade em disputa).

O professor do Gran Marcos Fonseca chama a atenção para o fato de que o número de candidatos aproveitados pelo concurso deverá ser superior do que o anunciado pelo edital.  

– É comum nos concursos do Poder Judiciário da União aproveitarem as nomeações de um concurso em outro. A demanda do TSE é muito grande e, com isso, nós temos uma previsão de nomeações muito maior do que as 389 vagas anunciadas. Provavelmente este é um dos maiores concursos da História porque as oportunidades não se limitam ao TSE e aos TREs. Os aprovados para o cadastro de reserva podem ser aproveitados em outros órgãos do Poder Judiciário da União, sendo algo muito comum de acontecer – pondera o especialista.

A prova de Conhecimentos Básicos será formada por questões de Português, noções de Direito Eleitoral (apenas para os cargos de técnico e analista na área administrativa), noções de Direito Administrativo (exceto para o cargo de analista na área judiciária) e noções de Direito Constitucional (apenas para os cargos de técnico e analista na área administrativa).

Na prova discursiva, os candidatos deverão desenvolver uma redação de até 30 linhas sobre temas relacionados aos Conhecimentos Específicos da especialidade escolhida. Noções de Direitos Humanos, Administração Pública e Gestão de Pessoas são algumas das matérias listadas pelo edital e a aplicação delas varia de acordo com a vaga pretendida.

O edital completo com todos os requisitos de cada vaga pode ser conferido na íntegra aqui.    

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
THALITA CARVALHO PESSOA
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp