20/05/2024 às 08h46min - Atualizada em 20/05/2024 às 20h06min

Abertas as inscrições para curso gratuito de formação de novas lideranças políticas

Projeto Líderes do Futuro, realizado por Fundação Índigo e Ibmec, tem 210 vagas com bolsa integral para jovens que queiram entrar na carreira pública

FOCAL3 COMUNICAçãO
https://indigo.org.br/
Raphael Mendes
A Fundação Índigo, braço de formação e pensamento do União Brasil, e o Ibmec, com mais de 50 anos na formação de gestores, abrem inscrições para o projeto Líderes do Futuro. Os interessados têm a partir de hoje, 20 de maio, para se inscrever.

O curso é on-line e dirigido para jovens que queiram ingressar na carreira pública. São oferecidas 210 vagas com bolsa de estudo. “Queremos abrir as portas para jovens de todo o país que não estão hoje tão próximos da política, mas que têm vocação, têm talento, gostam da vida pública e podem fazer toda a diferença no futuro para melhorar a nossa sociedade”, explica ACM Neto, presidente da Fundação Índigo.

Para se candidatar, o interessado precisa ter entre 18 e 35 anos de idade, além de ter concluído ou estar cursando o ensino superior. A seleção será feita pelo Instituto Ibmec. As inscrições vão até o dia 26 de maio pelo site da Fundação Índigo (www.indigo.org.br) e as aulas têm início em 24 de junho.

O curso pretende desenvolver e qualificar jovens lideranças por meio de ferramentas modernas de gestão pública comprovadamente eficazes, adotadas por instituições como a Harvard Business School e o próprio Ibmec, que tem mais de meio século de atuação acadêmica. Ao todo, serão 120 horas de aulas online, com 80 horas de conteúdo comum e, ao final, o estudante deverá escolher entre 40 horas de Gestão Pública ou Gestão Política. A metodologia envolve, por exemplo, estudo de casos, aprendizagem baseada em problemas e projetos, simulações.

“É dentro dos partidos políticos que podemos renovar e melhorar a política. Este é um passo muito importante para mostrar para ao país que é possível oferecer novos quadros qualificados na gestão pública. A sociedade como um todo clama pela melhoria dos serviços públicos e vamos qualificar as novas lideranças”, ressaltou Lucas Moreno, presidente do União Brasil Jovem.

Oportunidade para mulheres, negros e indígenas
Na seleção serão priorizados candidatos de baixa renda e 50% das vagas serão reservadas para mulheres e 30% para negros, quilombolas e povos originários. O objetivo é incentivar estes grupos a entrarem na carreira pública. “Eu acredito muito no valor da educação, da formação, da qualificação. Estamos dando nossa contribuição para melhorar a qualidade da gestão pública no Brasil, sobretudo para revelar talentos”, celebra ACM Neto.


Legenda da foto (esquerda p/ direita): ACM Neto, presidente da Fundação Índigo; Antônio de Rueda, presidente do União Brasil; e Priscila Simões, diretora de soluções corporativas do Ibmec


Fundação Índigo
A Fundação Índigo é uma entidade civil de direito privado, sem fins lucrativos, com foco em inovação e governança. Braço de formação e pensamento do União Brasil, tem como objetivo o preparo de novos líderes políticos, gestores públicos e cidadãos com visão liberal, democrática e crítica de mundo. A entidade promove cursos, palestras, encontros, debates e pesquisas para conectar pessoas e formar redes de conhecimento.


Mais informações à imprensa
Focal3 Comunicação | www.focal3.com.br
Carlos Gil | [email protected]
Raquel Brito | [email protected]
 

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
CARLOS ALBERTO GIL DE SOUZA
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp