20/05/2024 às 09h26min - Atualizada em 20/05/2024 às 20h02min

Maio é o mês de conscientização da Neuropatia Periférica: Especialistas compartilham 3 pontos mais relevantes sobre a doença

Doença pode causar formigamento, dormência e dor nas extremidades. Diagnóstico precoce pode garantir tratamento adequado e melhora na qualidade de vida do paciente

MARINA MACHADO
Público
Público

São Paulo, maio de 2024. Maio é o mês da conscientização da neuropatia periférica, uma condição causada por danos nos nervos e que normalmente acontece pela falta de nutrição das vitaminas do complexo B: B1, B6 e B12.
‎​‎​  
A neuropatia periférica, na maioria das vezes, surge como uma condição secundária ao diabetes, sem causas claramente identificáveis, o que torna seu diagnóstico ainda mais específico. Segundo dados divulgados pelo IDF (International Diabetes Federation), estima-se que mais de 17 milhões de pessoas no Brasil tenham o diagnóstico de diabetes e a prevalência segue aumentando.
 ‎​‎​  

A P&G Health, a divisão de cuidados de saúde da P&G na América Latina, é parceira oficial da Federação Internacional de Diabetes (IDF, na sigla em inglês), com quem trabalha de mãos dadas para gerar educação e conscientização sobre a Neuropatia Periférica. A P&G Health, por meio de sua divisão de Cuidados com os Nervos, tem se esforçado há mais de 70 anos para gerar educação e conscientização sobre a importância do diagnóstico precoce da diabetes e a complicação da Neuropatia Diabética Periférica.
‎​‎​  
Além do diabetes, outros grupos de risco podem sofrer com a neuropatia periférica: pessoas idosas, pessoas que realizaram a cirurgia bariátrica, além de pacientes com outras comorbidades e doenças crônicas. Pessoas vegetarianas e veganas também podem ter deficiência no complexo das vitaminas Bs, nutrientes essenciais, cuja falta também pode ser associada à doença.
‎​‎​  
Sintomas
Aqueles que sofrem de neuropatia periférica descrevem seus sintomas nas fases iniciais como sensações de dormência, dor e/ou formigamento. “A neuropatia periférica começa com sintomas que mal são notados nas mãos e nos pés e que podem mudar, piorar ou se tornar mais dolorosos e que causam um impacto significativo na qualidade de vida, à medida que a doença progride. Por isso é importante que as pessoas saibam identificar os sintomas e procurem um médico o quanto antes”, afirma Dr. Márcio Krakauer, médico endocrinologista e membro da Sociedade Brasileira de Diabetes

Diagnóstico
De acordo com estudos recentes**, a neuropatia periférica diabética é a complicação mais comum a longo prazo, afetando até 80% dos pacientes com diabetes e sua prevalência aumenta com a duração desta doença. “Até 50% dos pacientes com neuropatia periférica podem ser assintomáticos. E entre os pacientes que apresentam sintomas, 13% não relatam esses sintomas ao seu médico. O diagnóstico dessa doença continua sendo um dos maiores desafios O mais importante é que a doença seja diagnosticada precocemente, antes que haja dano definitivo aos nervos.”, reforça Dr. Krakauer.

Prevenção

Há muitas pessoas que estão em grupos de risco e que podem desenvolver a Neuropatia Periférica, mas é possível minimizar o aparecimento de alguns sintomas da doença por meio da suplementação com vitaminas B1, B6 e B12 e do controle adequado de alguns outros fatores de risco. “É muito relevante que as pessoas saibam identificar os sintomas e procurem um médico o quanto antes”, afirma Dr. Márcio. Além disso, é importante manter hábitos de vida saudáveis como boa alimentação e rotina de sono.

*INTERNACIONAL DIABETES FEDERATION, Diabetes in Brazil, 2021, Disponível em Acesso em: 2/5/2024.
**Lee PY, Hani SS, Cheng YG, et al. The proportion of undiagnosed diabetic peripheral neuropathy and its associated factors among patients with T2DM attending urban health
clinics in Selangor. Malays Fam Physician. 2022;17(1):36-43

*** 2. Tang Y, Weiss T, Liu J, et al. Metformin adherence and discontinuation among patients with type 2 diabetes: A retrospective cohort study. J Clin Transl Endocrinol. 2020;20:100225.

Sobre a P&G Health
A P&G Health, divisão de negócios da área de saúde da P&G, está presente na vida de milhões de pessoas ao redor do mundo com marcas tradicionais de saúde pessoal. A divisão desenvolve produtos de performance superior e altamente recomendados pelas autoridades do setor, que contribuem para que seus pacientes e consumidores vivam de forma mais saudável. Dentro do seu portfólio, que inclui marcas líderes como Vick Vaporub®, Bion®3, Cebion®, Metamucil® e Femibion®, há uma ampla gama de medicamentos isentos de prescrição para alívio das dores musculares, articulares e nas costas, resfriados e dores de cabeça além de suplementos vitamínicos. Acesse o site da companhia para encontrar as notícias mais recentes e informações detalhadas sobre a P&G Health e suas marcas, ou acesse a página de Healthcare no P&G Careers para conferir nossas vagas em aberto.


Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
MARINA MACHADO LODYGENSKY BECKHAUSER
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp