17/05/2024 às 14h56min - Atualizada em 17/05/2024 às 16h07min

Grupo Morpheus celebra 21 anos de trajetória em uma mostra de repertório

Programação reúne os espetáculos Pés Descalços, Berenices, O Princípio do Espanto e Pequenas Coisas, além de intervenções e uma exposição de fotos

POMBO CORREIO ASSESSORIA DE COMUNICAçãO
Cena de Pequenas Coisas. Crédito: Pietro Feliciano

Grupo Morpheus celebra 21 anos de trajetória em uma mostra de repertório em junho no Teatro Cacilda Becker

Programação reúne os espetáculos Pés Descalços, Berenices, O Princípio do Espanto e Pequenas Coisas, além de intervenções e uma exposição de fotos

Em comemoração ao consistente trabalho desenvolvido ao longo dos últimos 21 anos, o Grupo Morpheus de Teatro compartilha com o público um pouco de seus processos, pesquisas e questões artísticas e estéticas em uma mostra de repertório que ocupa o Teatro Cacilda Becker, entre os dias 7 e 30 de junho. A programação conta com quatro espetáculos, uma intervenção artística e uma exposição de fotos de ensaios.

Um dos destaques é a peça de teatro de animação Pés Descalços, com apresentações nos dias 8, 9, 15 e 16 de junho, às 16h. O trabalho fala de forma simples sobre a beleza do encontro, a aceitação do outro, o despojar-se de ideias preconcebidas e da força da imaginação. A trama acompanha o encontro entre um menino e uma menina que inventam um mundo todo dentro de um simples tanque de areia.

Já o adulto Pequenas Coisas é encenado de 7 a 16 de junho, às sextas e aos sábados, às 21h, e aos domingos, às 19h. A peça narra as histórias de Seu Rubens, que anda muito cansado, já não lembra onde põe as coisas e acha que a filha cuida demais dele; de Josefina e Atílio, que foram pegos pela chuva; de uma menina que espera na saída da escola pelo pai atrasado; e de Fátima, que precisa dar uma notícia difícil para a filha. A ideia é tratar temas como encontros, despedidas, solidão, entendimento do outro, cumplicidade e amor. 

Outro trabalho infantil na mostra é Berenices, que tem sessões nos dias 22, 23, 29 e 30 de junho, às 16h. A montagem explora as linguagens do teatro de animação e do teatro de máscaras para narrar a saga da pequena e curiosa Berenice e seu encontro consigo mesma e com o mundo. Diante da chegada de um irmão, a personagem inicia o aprendizado de perceber e lidar com seus pensamentos, sentimentos, medos, dificuldades e expectativa sobre os outros. 

Por fim, o grupo apresenta O Princípio do Espanto, entre 21 e 30 de junho, com sessões às sextas e aos sábados, às 21h, e aos domingos, às 19h. No espetáculo adulto, um boneco pensa conduzir os objetos e a vida à sua frente, mas nada sabe sobre o que está por detrás de si mesmo e sobre o homem que é responsável por seu mais simples movimento. 

A programação ainda conta com a intervenção Intervalos, na qual os artistas dialogam com o público no foyer do teatro antes de cada apresentação, usando a linguagem do teatro de máscaras expressivas. E, no mesmo espaço, as pessoas podem conferir uma exposição com fotos de ensaios e dos processos de construção e confecção dos bonecos e máscaras usados nos trabalhos da companhia.

A Mostra Morpheus Teatro 21 anos foi contemplada com a 17ª Edição do Prêmio Zé Renato para a Cidade de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura do Município de São Paulo.

Confira abaixo a programação completa:

Pés Descalços (infantil)

Pés Descalços é um espetáculo de teatro de animação voltado para o público infantil que fala de forma simples, da beleza do encontro, da aceitação do outro, do despojar-se de ideias preconcebidas, da força da imaginação e do ato criativo. A história narra o encontro de um menino e uma menina e da criação de um mundo que eles são capazes de construir dentro de um simples tanque de areia... Um mundo sem muros e com os pés descalços.

Quando: de 8 a 16 de junho, aos sábados e domingos, às 16h

Duração: 60 minutos

Classificação: livre

Gênero: teatro de bonecos

Ficha Técnica

Direção geral, autoria e roteiro: Verônica Gerchman | Direção de manipulação: João da Silva Araujo | Elenco: Verônica Gerchman, João da Silva Araujo, Zéantonio do Carmmo e Dani Boni | Operação técnica: o próprio elenco | Cenário, adereços e criação de bonecos: João da Silva Araujo | Trilha sonora original: Yuri de Francco, Dani Boni, Mateus Pires e Mavutsinim Plaça Santana | Figurino: Luana de Lucca | Fotografia/documentação: Yuri de Francco | Direção de produção Deborah Corrêa

Pequenas Coisas (adulto)

Seu Rubens anda muito cansado, não lembra onde põe as coisas e acha que a filha cuida demais dele. Uma menina e a interminável espera na saída da escola, pelo pai que sempre atrasa. Josefina e Atílio foram pegos pela chuva. Fátima aguarda pela filha e não sabe como lhe dará a difícil notícia.

Encontros, despedidas, solidão, o entendimento do outro, cumplicidade, amor. Nós, pessoas comuns, condutores de personagens comuns, testemunhas destas existências, quase como a memória destas histórias, destas pequenas coisas. Coisas que parecem pequenas, mas que são tão importantes.

Quando: 7 a 16 de junho, às sextas e aos sábados, às 21h, e aos domingos, às 19h

Duração: 50 minutos

Classificação: indicado para maiores de 14 anos

Gênero: comédia dramática

Ficha Técnica:

Criação, roteiro e cenário: Verônica Gerchman e João da Silva Araujo | Direção e iluminação: João da Silva Araujo | Elenco: Verônica Gerchman, João da Silva Araujo, Zéantonio do Carmmo e Dani Boni | Operação de som e luz: o próprio elenco | Figurinos, máscaras e bonecos: Verônica Gerchman e João da Silva Araujo | Escolha da trilha sonora: João da Silva Araujo | Fotografia/documentação: Yuri de Francco I Direção de Produção Deborah Corrêa

Berenices (Infantil)

Pessoas sentem e pensam muitas coisas, às vezes tudo ao mesmo tempo. Imagine conseguir ver seus sentimentos, pensamentos e sensações tomarem forma? O espetáculo Berenices utiliza as linguagens do teatro de animação e do teatro de máscaras para narrar a saga da pequena Berenice e seu encontro consigo mesma e com o mundo. Diante da chegada de um irmão, a personagem inicia o aprendizado de perceber e lidar com seus pensamentos, sentimentos, medos, dificuldades e expectativa sobre os outros. 

Berenice é uma menina curiosa, que se encanta com o mundo. Aprender e descobrir são coisas preciosas para ela. Mas quando começa a crescer e a entender as coisas, o que as pessoas falam e como o mundo conversa, ela percebe algo estranho. E essa estranheza começa aos pouquinhos... 

Quando: 22 a 30 de junho, aos sábados e aos domingos, às 16h

Duração: 60 minutos

Classificação: livre

Gênero: Teatro de Bonecos e Máscaras 

Ficha Técnica

Autoria e direção geral: Verônica Gerchman | Direção de bonecos e máscaras: João da Silva Araujo | Elenco: Verônica Gerchman, João da Silva Araujo, Dani Boni, Zéantônio do Carmmo e Yuri de Francco | Voz da Berenice: Lorini Domingues | Operação técnica: o próprio elenco | Cenário, adereços e criação de bonecos: João da Silva Araujo, Verônica Gerchman, Cassia Domingues, Dani Boni e Zéantonio do Carmmo | Pinturas de bonecos e máscaras: Mavutsinim Plaça Santana, João da Silva Araujo e Sergio Candido | Trilha sonora original: João da Silva Araujo, Dani Boni e Mavutsinim Plaça Santana | Figurino: Dalmir Rogério | Confecção dos figurinos: Sandra Pestana e Noeme Costa | Painel final: Lorini, Geovanna, Matheus, Orin, Rumi e Samuel | Fotografia/documentação: Renato Bego I Direção de Produção Deborah Corrêa

Vencedor do Prêmio APCA - Melhor Espetáculo de Bonecos de 2016

O Princípio do Espanto (adulto)

Um boneco pensa conduzir os objetos e a vida à sua frente, mas nada sabe sobre o que está por detrás de si mesmo, nada sabe sobre o homem que é responsável por seu mais simples movimento. Um homem crê controlar o boneco que construiu, mas compartilha com este a ignorância do que está por detrás de si próprio. Homem e boneco em uma relação sem palavras.

Quando: 21 a 30 de junho, às sextas e aos sábados, às 21h e aos domingos, às 19h

Duração: 50 minutos 

Classificação: 14 anos

Gênero: Comédia dramática

Ficha Técnica

Direção, criação e atuação: João da Silva Araujo | Operação técnica: Verônica Gerchman | Figurino, cenário e adereços: João da Silva Araujo | Construção do boneco: João da Silva Araujo | Fotografia/documentação: Yuri de Francco I Deborah Corrêa

Intervalos (intervenções artísticas)

Mais um dia de trabalho. A espera no ponto de ônibus. As vendedoras de flores e o músico tentando conseguir seu ganha pão onde as pessoas transitam. A máquina de café que não funciona e as relações que surgem na pausa do trabalho. O grupo Morpheus Teatro, traz o teatro de máscaras e essas pequenas situações em pequenas intervenções no foyer do Teatro Cacilda Becker.

Quando: nos dias 7, 14, 21 e 28 de junho, às 20h30, e nos dias 8,9,15, 16, 22, 23, 29 e 30 de junho, às 15h30

Duração: 15 minutos

Classificação: Livre

Gênero: Teatro de Máscaras

Ficha Técnica

Criação e direção: João da Silva Araujo | Atuação: Verônica Gerchman, Yuri de Francco e João da Silva Araujo | Criação das máscaras: João da Silva Araujo | Sonoplastia: Yuri de Francco | Músicos: Yuri de Francco e João da Silva Araujo | Produção e figurinos: Grupo Morpheus Teatro | Contrarregra: Dani Boni | Fotografia/documentação:Zéantonio do Carmmo I Direção de Produção Deborah Corrêa
 

EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA DA MOSTRA MORPHEUS TEATRO 21 ANOS

Essa exposição fotográfica nasce de uma curiosidade recorrente por parte do público que nos acompanha ao longo dos anos sobre os bastidores desses espetáculos. Sempre há um grande interesse sobre quais materiais são utilizados para a construção dos bonecos e máscaras, como se dá esse processo e de onde vem a inspiração para os elementos cênicos que criamos. Além de imagens da construção, trazemos também um pouco das vivências na sala de ensaio. Procurando dar ao público a visibilidade do trabalho que fazemos para a criação de cada espetáculo desta Mostra.

 

O espectador que vem assistir, vê apenas um momento desse longo processo. Essa pequena exposição procura trazer o processo da produção e tem como objetivo, complementar a conversa que abriremos ao final dos espetáculos, onde respondemos perguntas de interesse do público. Nosso desejo é o de compartilhar nosso caminho, necessidades artísticas e estéticas e nossa pesquisa ao longo desses 21 anos.

 

Ficha Técnica:

Fotografias: Grupo Morpheus Teatro

Idealização: João da Silva Araujo

Design gráfico: Yuri de Francco

Direção de Produção : Deborah Corrêa

Livre – Para todos os públicos

Data: 07 a 30 de junho

Serviço

Mostra Morpheus Teatro 21 anos

Quando: 7 a 30 de junho

Teatro Cacilda Becker – Rua Tito, 295, Lapa

Ingressos: Grátis, distribuídos uma hora antes de cada sessão

Acessibilidade: Teatro acessível a cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida
 

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
DOUGLAS DE PAULA PICCHETTI
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp