09/05/2024 às 13h04min - Atualizada em 15/05/2024 às 13h04min

Prefeitura doa 1 tonelada de ração para animais e 10 mil cestas básicas para pessoas atingidas pelas chuvas no Rio Grande do Sul

A Prefeitura de São Paulo está enviando para o Rio Grande do Sul 1 tonelada de ração para os animais ilhados e os que estão sendo resgatados das enchentes que atingem o Estado, além de 10 mil cestas básicas para pessoas afetadas pelas chuvas. Essa é mais uma medida de solidariedade adotada pela administração municipal para amenizar o sofrimento dos atingidos pelas chuvas.
Nesta segunda-feira (6) começaram a ser enviadas 150 toneladas de alimentos e itens de higiene e limpeza. O secretário-executivo do Gabinete do Prefeito, Fábio Lepique, e o secretário de Segurança Urbana, Júnior Fagotti, que estão coordenando a operação ao lado do comandante-geral da Guarda Civil Metropolitana (GCM), inspetor-superintendente Agapito Marques, estiveram na Base Aérea de Guarulhos acompanhando o embarque dos donativos, que serão enviados por etapas.
A ração para os animais foi viabilizada pela primeira-dama Regina Nunes, que mobilizou uma empresa para angariá-la. De acordo com dados do governo gaúcho, pelo menos 3,5 mil animais foram resgatados.
“Sabemos que é um momento de muita dor para essas pessoas atingidas pelas enchentes. Talvez nossa ajuda e solidariedade possam diminuir um pouco esse sofrimento. Tenho acompanhado essa corrente de apoio e doação para as pessoas da região, mas percebi que os animais também estão precisando de ajuda. Eles também sofrem muito com tudo isso e nosso intuito é garantir que, pelo menos, a fome, a gente consiga aliviar”, declarou a primeira-dama Regina Nunes.
Estão sendo levados 10 mil cestas básicas, 5 mil kits de limpeza e 5 mil kits higiene, além de 5.400 unidades de leite aromatizado UHT com cacau em embalagens de 200 ml, totalizando um valor de R$ 1,087 milhão em doações.
As cestas básicas têm 13 kg cada e são compostas por itens como arroz, feijão, farinha de mandioca, açúcar, sal, óleo de soja, macarrão, polpa/molho de tomate, sardinha em lata e leite em pó. Serão ofertadas por meio do programa Cidade Solidária, da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC).  
Também são encaminhados 5 mil kits de limpeza - água sanitária, desinfetante, esponja, sabão em pó - e 5 mil de higiene - pacote de papel higiênico (quatro rolos), três escovas de dente, creme dental, sabonete em barra, pacote de absorventes (oito unidades) e desodorante.
A Prefeitura também enviou 12 guardas-civis da Inspetoria de Defesa Ambiental Represas, três barcos de resgate com equipamentos de salvamento e três viaturas na madrugada deste domingo (5).
“Que nossa equipe e nosso auxílio possam prestar um grande serviço de assistência e amparo para aquelas pessoas que estão tão necessitadas", afirmou o prefeito Ricardo Nunes.

Agentes
Os 12 agentes enviados para o Sul do país são especialmente capacitados para ações de resgate e salvamento. Os botes disponibilizados pela Prefeitura, segundo o secretário Júnior Fagotti, são ideais para as operações que precisam ser realizadas na região. “As equipes do Sul têm barcos de alumínio e disseram que não estavam conseguindo realizar os trabalhos com eles. Com as embarcações enviadas é possível resgatar pessoas e animais”, explicou. Os botes da Prefeitura têm capacidade de chegar a locais que não são acessíveis.
Para fazer doações de qualquer valor para o SOS Rio Grande do Sul, basta acessar a chave pix (CNPJ): 92.958.800/0001-38.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp