14/06/2017 às 18h42min - Atualizada em 30/11/-1 às 00h00min

Stefanini Capital Market mira no mercado financeiro com soluções inovadoras

Um ano e meio após a Stefanini, uma das mais importantes provedoras globais de tecnologia, e a Tema Sistemas, presente no mercado financeiro há mais de 30 anos, criarem uma joint venture focada em soluções de tesouraria para grandes bancos, a Capital Market mira no mercado financeiro e implementa os sistemas  BankPro - Pricing e BankPro -  Clearing, que fazem parte da solução Bank Pro, em um dos maiores bancos do Brasil.
O BankPro - Pricing vem para o mercado para resolver as principais carências para controle dos títulos Privados e Públicos, que são a complexidade dos cálculos dos preços da curva e de mercado, amortização e juros,  ausência de padronização das informações cadastrais e  montagem das extensas agendas de eventos financeiros que demandam leitura e interpretação das escrituras de emissão desses títulos.
Entre os principais diferenciais é possível destacar: centralização e padronização das atividades relacionadas aos preços dos títulos públicos e privados; prudência e confiabilidade na manutenção das informações, conforme exigido pela Resolução Normativa 4277, e redução dos riscos operacionais, contábeis e gerenciais.
De acordo com Alexandre Cota, diretor de negócios da Stefanini Capital Market, a implantação desta solução propiciou uma redução de 80% no tempo de processamento da Carteira de Renda Fixa de uma grande instituição financeira.
E a solução não para de evoluir, pois está previsto para os próximos meses a implantação da fase II deste projeto onde “os clientes ficarão sabendo das alterações cadastrais dos títulos no momento que uma nova ata referente a este papel for lançada no mercado. A partir desta informação, a instituição financeira poderá tomar os procedimentos necessários para correção da sua posição. Tudo isto com prudência e confiabilidade”, afirma o executivo.
Já o BankPro - Clearing  tem como objetivo centralizar a responsabilidade de registro das operações nas câmaras, permitindo que os gestores possam cadastrar os legados existentes na instituição conforme a necessidade operacional. A solução permite que os legados informem em qual Clearing será feito o registro da operação, sendo que o gestor do sistema possui permissão para alterar o destino deste registro.
Para garantir a confiabilidade das transações executadas neste módulo, o sistema possui um painel de visualização dos registros que é intuitivo e de fácil manuseio, permitindo que o usuário do sistema execute as suas funções com praticidade e confiança.
Um passo a frente
A Stefanini Capital Market também aposta na solução BankPro - BTC,  que permite o recebimento, validação, interpretação, envio de mensagens,  monitoramento da conectividade com a BM&FBOVESPA e oferece recursos para facilitar a negociação, renovação e liquidação dos contratos de aluguel pela área responsável.
Com a proximidade da entrada em produção do *IPN- fase 2 pela BM&FBOVESPA, a solução BankPro - BTC se apresenta ao mercado como robusta, flexível e escalonável, que atende prontamente às necessidades do setor financeiro, proporcionando aos clientes atendimento personalizado em três frentes no segmento da bolsa: Liquidante, Custodiante e as Corretoras.
O BankPro BTC estando em conformidade com o IPN,  se caracteriza por ser uma solução  adequada para atender as necessidades de instituições que atuem como PL, PNP ou agente de custódia.
“Esse conjunto de soluções desenvolvidas especialmente para o setor financeiro possui alto grau de parametrização e se adequa perfeitamente às necessidades dos nossos clientes. Estamos totalmente preparados para superar os desafios”, ressalta o executivo.
Novas aplicações voltadas ao Tesouro Direto
Outra novidade da Stefanini Capital Market, é o módulo do BankPro especial para tratar as aplicações do Tesouro Direto. O produto já está na fase final de desenvolvimento e o primeiro cliente, importante player do mercado, receberá a primeira versão do produto ainda no primeiro semestre do ano.
 “A solução permitirá que os clientes de uma instituição financeira realizem a contratação dos títulos do Tesouro Nacional por meio do site do Tesouro Direto, sendo que o processo de efetivação da operação entre o Tesouro e a instituição ocorrerá por troca de arquivo ou por meio do site da própria instituição. Neste caso toda a comunicação e efetivação da operação entre tesouro e instituição financeira ocorrerão de forma online, sendo que a instituição financeira passará a ter o status de Agente Integrado com o Tesouro Nacional”, conclui Cota.
Informação adicional:
*IPN: Integração da Pós-Negociação é uma iniciativa da BM&FBOVESPA para a criação da câmara de compensação integrada, que consolidará as atividades das quatro "clearings" hoje existentes: ações e renda fixa privada, derivativos, câmbio e ativos.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »