21/10/2016 às 15h58min - Atualizada em 21/10/2016 às 15h58min

Conheça cinco dicas para eliminar as dívidas

O Brasil já conta com mais de 60 milhões de inadimplentes e a ConsigPlan dá dicas para evitar esse tipo de problema

MGA Press
Segundo uma pesquisa da Serasa, os inadimplentes no Brasil já passam de 60 milhões. Desses, 20% são jovens, principalmente entre 18 e 25 anos.

Para evitar e eliminar as dívidas, a ConsigPlan, empresa de distribuição de produtos financeiros, como empréstimos consignados, crédito com garantia de imóveis, cartões, seguros e afins, dá cinco dicas para os consumidores:

1 - Faça seu orçamento

Anote todas as receitas e despesas previstas para o mês, incluindo aí um valor para os imprevistos. Tenha em mente o que é prioridade e o que é supérfluo para facilitar o controle de gastos.

2 - Conheça sua dívida

Saber exatamente pra quem e o que está devendo é primordial para dar a devida prioridade ao pagamento. Por exemplo, uma empresa que pode cortar o serviço prestado em caso de inadimplência exige rápida quitação.

Além disso, é importante checar qual o valor de juros e multas cobrados para quem paga depois do vencimento.

3 - Controle ou corte seus gastos

Depois de conhecer a dívida, o ideal é colocar em ação um plano para controlar e cortar os gastos de acordo com a prioridade. Buscar outras fontes de renda e adiar a compra do que não é essencial são opções com grandes chances de sucesso.

4 - Busque alternativas de crédito

Aqui, o conselho é trocar dívidas de juros altos por mais baratos e com prazos maiores. No mercado, existem o crédito consignado e o com garantia de imóvel, que têm prazos extensos e juros mais baixos. O consumidor pode trocar sua dívida de um crédito pessoal ou cartão de crédito por essas alternativas e, dessa forma, concentra todas os déficits em um único, ficando mais fácil de controlar.

5 - Negocie

Seus credores têm interesse em dar um desconto nas multas e juros desde que você mostre a eles a intenção de realmente quitar as dívidas. Portanto, negocie.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »