12/05/2012 às 00h40min - Atualizada em 12/05/2012 às 00h40min

Rede Lucy Montoro comemora 4 anos com novos equipamentos de robótica

Pioneira em uso de robôs na reabilitação, Rede Lucy Montoro apresenta novas tecnologias para atender pessoas com deficiência

Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência

O governador Geraldo Alckmin participou nesta sexta-feira, 11, da apresentação das novas tecnologias utilizadas na reabilitação do Instituto Lucy Montoro. As atividades fazem parte da comemoração dos quatro anos da unidade localizada no bairro do Morumbi, na capital, que integra tecnologia e interação ao tratamento de reabilitação de seus pacientes.

O governador enfatizou a importância dos novos equipamentos: "É um ganho importante para a saúde e para a reabilitação: um conjunto de robôs dentro de um laboratório de robótica para melhorar a recuperação dos nossos pacientes.”

Entre os diversos equipamentos, os usuários têm à disposição a gameterapia, em que o paciente se vê dentro do jogo e é estimulado a se movimentar. O centro conta com duas unidades do InMotion, único robô disponível na América Latina que estimula a movimentação dos membros superiores. Já o Armeo Spring, exclusivo no Brasil, é utilizado para melhorar a função do braço, combinando exercícios terapêuticos por meio da simulação de tarefas específicas e jogos.

Outra novidade é o Lokomat, único no SUS, composto por um suporte que sustenta a cintura pélvica do paciente e duas órteses para os membros inferiores que possibilitam que ele utilize as articulações do quadril e do joelho, facilitando assim a sua locomoção sobre uma esteira rolante. A Rede Lucy Montoro foi uma das pioneiras a adquirir esta tecnologia desenvolvida em um centro de pesquisa da Suíça e gradativamente difundida nos grandes centros de reabilitação do mundo.

Referência em reabilitação para pessoas com deficiência e doenças incapacitantes, o Instituto conta com serviço ambulatorial, com cerca de 8.500 mil atendimentos por mês, e possui 33 leitos de internação. Os pacientes são reabilitados por meio de uma equipe multidisciplinar, composta por médicos fisiatras, enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, assistentes sociais e outros profissionais especializados.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »