30/06/2016 às 17h15min - Atualizada em 30/06/2016 às 17h15min

Shakespeare é tema de curso do CCH

Ministrado pelo professor Martin Cezar Feijó, curso terá início no dia 04 de julho, para comemorar os 400 anos da morte do dramaturgo. As inscrições já estão abertas

Oficina da Palavra

“Comemoração aos 400 anos da morte de William Shakespeare” é o tema do curso oferecido pelo Centro de Comunicação e Historias (CCH), nos meses de julho e agosto, em São Paulo. Ministrado pelo conceituado professor Martin Cezar Feijó, o curso terá como proposta trazer uma reflexão sobre temas abordados nas peças do dramaturgo, que tratam da condição humana. As aulas acontecerão sempre às segundas-feiras, de 04 de julho a 15 de agosto, na sede da Associação Viva e Deixe Viver (Rua Fortunato, 140 – Santa Cecília). Informações sobre inscrições podem ser obtidas pelo telefone (11) 3081-6343 e pelo site www.vivaedeixeviver.org.br.

Completados no dia 23 de abril, os 400 anos da morte de Shakespeare têm motivado celebrações em todo o mundo. “Temos um compromisso de oferecer atividades relacionadas ao tema de contação de histórias para a sociedade civil. A obra de William Shakespeare permanece atual ainda hoje por abordar temas atemporais, que tocam cada um de nós. O curso terá esse objetivo, de estabelecer relações entre as peças deste mestre e os temas que abrangem as trajetórias humanas”, afirma Valdir Cimino, fundador e presidente da Viva, responsável pela iniciativa.

Confira o cronograma dos sete encontros:

04/07 – Introdução a Shakespeare

11/07 – Otelo e o ciúme como mal

18/07 – Imagem da mulher

25/07 – A questão dos direitos nas peças

01/08 – Romeu e Julieta: O amor como subversão e tragédia

08/08 – Velhice e Testamentos: Rei Lear e A Tempestade

15/08 – Hamlet e a Inteligência

Professor:

Ministrado por Martin Cezar Feijó: Doutor em Ciências da Comunicação pela Escola de Comunicação e Artes (ECA) da Universidade de São Paulo (USP). Bacharel e licenciado em História pela Faculdade de Filosofia, Letras, e Ciências Humanas (FFLCH), também da USP.

 Serviço

Comemoração aos 400 anos da morte de William Shakespeare

Quando: 04/07 – 15/08

Horário: das 19h às 21h

Onde: Associação Viva e Deixe Viver

Rua Fortunato, 140 – Próximo ao Metrô Santa Cecilia

Investimento: R$ 690,00 (em até três vezes)

Sobre a Associação Viva e Deixe Viver - Fundada em 1997, pelo paulistano Valdir Cimino, a Associação Viva e Deixe Viver é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) que conta com o apoio de voluntários que se dedicam a contar histórias para crianças e adolescentes hospitalizados, visando transformar a internação hospitalar num momento mais alegre, agradável e terapêutico, além de contribuir para a humanização da saúde, causa da entidade. Hoje, além dos 1.245 fazedores e contadores de histórias voluntários, que visitam regularmente 92 hospitais em todo o Brasil, a Associação conta com o apoio das empresas Mahle Metal Leve e Pfizer, em São Paulo, Unimed Rio, no Rio de Janeiro, e Supermercados Tauste, em Marília.

Contatos com a Imprensa: Oficina da Palavra: (11) 3289-2139 – Luciana Garbelini: (11) 99292-2131 e Denise Lima: (11) 99611-7381 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »