30/06/2016 às 16h12min - Atualizada em 30/06/2016 às 16h12min

SOS CONSUMIDOR é favorável ao fim da cobrança de sacolas plásticas na cidade de São Paulo

SOS Consumidor

A SOS CONSUMIDOR, entidade que há sete anos atua na preservação dos direitos da população, é favorável ao PL 238/2012 que dita pela suspensão da cobrança de sacolas plásticas por parte dos supermercados de São Paulo. O PL foi aprovado pela Câmara de São Paulo na quarta-feira (22) e aguarda agora a sanção do prefeito Fernando Haddad.

A suspensão da cobrança reverte uma situação que penaliza o consumidor, que já vem pagando a alta conta da inflação, da queda do ritmo da economia e do desemprego. Soma-se a isso o custo das embalagens para transportar as compras e de outras para descartar o lixo.

Entendemos que a população já paga pelas sacolas que transportam suas compras. Seu custo está embutido pelos supermercados nos produtos adquiridos e é seu direito receber essas sacolas ao final de suas compras. A cobrança das novas sacolas, por parte dos supermercados, é dupla, o que é inaceitável em qualquer relação comercial e à luz do Código de Defesa do Consumidor.

Acreditamos que, com a suspensão da cobrança, será possível aumentar o engajamento das pessoas na preservação ambiental. Isso porque as sacolas plásticas nas cores verde e cinza, que trazem mensagens sobre a coleta seletiva e o descarte adequado dos resíduos, poderão se tornar um veículo impulsionador da reciclagem e descarte correto do lixo doméstico no município de São Paulo.

Distribuídas gratuitamente e utilizadas para fins de coleta seletiva, as sacolas plásticas se tornam agentes de um processo que beneficia a população e o meio ambiente. Sem a gratuidade, o único beneficiado é o supermercado. 

A entidade fica à disposição para conversar com a imprensa e esclarecer seu ponto de vista.

Informações:

SOS Consumidor

(11) 9. 9916-9295

[email protected]


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »