29/06/2016 às 11h36min - Atualizada em 29/06/2016 às 11h36min

Como escolher entre o ventilador, climatizador e ar condicionado?

Débora Ramos

Na hora de apostar em uma opção para garantir a melhor temperatura em casa ou no ambiente de trabalho, as dúvidas geralmente recaem sobre três produtos diferentes. O ventilador, o mais comum, é uma das principais escolhas e marca presença em diferentes espaços. Entretanto, o ar condicionado tem ganhado cada vez mais espaço na escolha dos brasileiros. Ele garante um excelente desempenho, e os novos modelos prometem ainda bons preços e economia na conta de luz. Uma outra tendência é o climatizador, que desperta o interesse de muita gente, mas ainda gera algumas dúvidas. Para sanar de uma vez qualquer questão, confira um guia completo de cada um deles para fazer a escolha certa.

 

Ventilador

O ventilador geralmente está presente na própria decoração de vários ambientes. Ele possui diferentes modelos, indo desde os compactos e de mesa até versões maiores, além do conhecido ventilador de teto. A grande vantagem fica por conta do investimento inicial, que é baixo. Ele possui o menor custo das três opções, justamente porque tem uma estrutura mais simples.

 

Ao mesmo tempo, essa opção tem menor potência quando comparada com o climatizador ou ar condicionado. Isso quer dizer, por exemplo, que ele terá uma eficiência menor ao refrescar e baixar as temperaturas de um ambiente, principalmente nos dias mais quentes do ano. Ele consegue apenas fornecer uma brisa para refrescar as pessoas que estão no ambiente. Isso traz mais conforto, mas não chega aos pés do impacto dos outros aparelhos.

 

A economia de energia, por sua vez, é grande também. Sua estrutura não demanda tantos gastos energéticos. A potência média de um ventilador chega apenas a 100 W, o que não impacta tanto no orçamento no final do mês. Outra grande vantagem fica por conta da instalação. No caso dos modelos mais compactos, não é preciso se preocupar e basta posicioná-lo em qualquer canto da casa para garantir um bom vento. No caso dos modelos de teto, a instalação deve ser feita por um profissional, mas não requer nenhuma grande reforma ou gasto. Sua manutenção também é simples, com a limpeza que deve ser feita regularmente.

 

Ar condicionado

Hoje em dia é difícil imaginar diversos ambientes sem a presença dele, desde os shoppings até muitas escolas e ambientes de trabalho. Tudo isso garante também um maior conforto térmico para executar as atividades sem qualquer complicação, mesmo nas temperaturas mais altas do verão. O investimento é um pouco mais alto, já que sua estrutura demanda ao menos dois aparelhos, no caso dos modelos split (que são mais modernos). Entretanto, os custos representam um verdadeiro investimento que retorna em qualidade de vida para todos.

 

Em termos de eficiência, ele possui a preferência entre os três produtos. O ar condicionado é capaz de reduzir drasticamente a temperatura de um cômodo. Tudo isso com um controle preciso sobre a atmosfera desejada, variando conforme o tamanho do aparelho e as dimensões da sala. Ele exige também um lugar fechado, por isso é indicado para cômodos e ambientes internos.

 

Na conta de luz, o peso é maior. Se ficar ligado oito horas por dia, ele chega a consumir cerca de 190 kW/h durante o mês, superando o chuveiro elétrico e chegando ao triplo em relação a outros eletrodomésticos da casa. Os novos modelos oferecem opções econômicas, com o selo verde da Procel. Sua instalação não é mais tão complicada quanto nos modelos antigos, que exigiam reformas no cômodo. Hoje em dia é possível adequá-los a diversos ambientes sem quebra-quebra. A limpeza do filtro deve ser feita regularmente, assim como a manutenção do gás usado na refrigeração do ar.

 

Climatizadora

Esses novos aparelhos têm dominado o mercado brasileiro. Eles são realmente inovadores e compactos, conseguindo garantir uma ótima temperatura sem que seja necessário fixá-lo em apenas um espaço. O investimento é médio, ficando entre o ar condicionado e o ventilador. Basta pesquisar em sites como este para encontrar bons modelos para vários tamanhos de sala e com design incrível para a decoração.

 

Ele possui uma potência maior que o ventilador, e faz com que o ar renovado circule por todo o cômodo, dando maior conforto. Outra vantagem é que eles trabalham também com a evaporação da água, garantindo a umidade do ambiente em níveis maiores que os do ar condicionado. Ele tem a função de ventilar e umidificar, por isso não é tão efetivo em espaços que já são úmidos ou muito quentes.

 

Sem contar a economia de energia, que é sentida diretamente na comparação com o ar condicionado. A potência varia de 130 W até mais de 1000 W, dependendo do aparelho. O fato do climatizador ser compacto é também um dos atrativos, permitindo que ele seja transportado e usado em vários lugares. A instalação é ainda mais simples e basta posicionar o novo aparelho em um local estratégico para sentir a diferença que ele faz no cômodo. A manutenção e limpeza também devem ser feitas regularmente, mas a durabilidade é garantida por muito tempo pelas principais marcas.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »