11/05/2012 às 23h00min - Atualizada em 11/05/2012 às 23h00min

TUCCA apresenta episódio inédito da série Aprendiz de Maestro: “Coppélia”

Em prol de crianças e adolescentes com câncer, o próximo espetáculo do projeto “Música pela Cura” da associação apresentará trechos de balé com música de Léo Delibes e participação da Cia. Brasileira de Danças Clássicas.

Lua Propaganda

A orquestra Sinfonieta TUCCA Fortíssima, sob a regência do maestro João Maurício Galindo e direção geral de Mauro Wrona comandam a Cia. Brasileira de Danças Clássicas em trechos da consagrada peça do balé francês “Coppélia” no próximo dia 26 de maio na Sala São Paulo. Toda renda obtida com a venda de ingressos do espetáculo, embalado pela música do maior compositor do segmento Léo Delibes, é destinada à assistência multidisciplinar de crianças e adolescentes carentes com câncer em tratamento na TUCCA (www.tucca.org.br).

O episódio da série infantojuvenil Aprendiz de Maestro conta a história cômico-romântica de um casal de camponeses onde ele, Franz, se encanta por uma outra moça que fica o tempo todo sentada lendo em frente à janela da casa onde mora com Dr. Coppelius. Porém, sua noiva Swanilda acaba zangando-se e o casal se desentende. Swanilda e as amigas conseguem a chave da casa do Dr. Coppelius, entram e descobrem que a moça é uma boneca.

Aprendiz de Maestro trata-se da primeira e única assinatura do Brasil de música clássica para crianças e comemora uma década em 2012 apresentando, pela primeira vez, sete concertos inéditos. Na relação de seus convidados especiais de 2012 estão Cassio Scapin, Cia. La Mínima (Domingos Montagner/Fernando Sampaio), Daniel Warren, Fábio Espósito, Grupo Pia Fraus, Leopoldo Pacheco, Luiz Guilherme, Patricia Gasppar, Petrônio Gontijo, Raul Barretto, Grupo de Dança Folclórica, Cia. Brasileira de Danças Clássicas, e na regência da Sinfonieta TUCCA Fortíssima estarão os maestros João Maurício Galindo – um dos idealizadores da série – e Luís Fidelis.

Com o objetivo de possibilitar que mais crianças e adolescentes carentes com câncer tenham o direito de alcançar todas as chances de cura possíveis com qualidade de vida, a TUCCA (www.tucca.org.br) realiza anualmente o projeto “Música pela Cura”. Desde 1998, a instituição já assistiu, em parceria com o Hospital Santa Marcelina, mais de 1.500 pacientes sem custos a ele ou a sua família. Outros meios de colaboração podem ser encontrados no site da instituição (http://www.tucca.org.br/ajude/ajude.asp).

 

Sobre a TUCCA

A TUCCA (Associação para Crianças e Adolescentes com Câncer) é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, que oferece tratamento multidisciplinar de excelência a crianças e adolescentes carentes com câncer, sem custos ao paciente ou à família. Em 14 anos de atividade, já assistiu mais de 1.500 pacientes, atingindo taxas de cura próximas a 80%, índice até 60% acima da média brasileira, igualado somente aos da Europa e dos Estados Unidos. Para otimizar recursos, a TUCCA mantém parceria com o Hospital Santa Marcelina e aplica os valores arrecadados direta e exclusivamente no que faz a diferença para oferecer o tratamento mais adequado e atingir os melhores resultados. Além do tratamento, atua também em pesquisa, diagnóstico precoce e capacitação de profissionais, e conta com uma equipe multidisciplinar que assiste o paciente e sua família até que fiquem completamente bem.

 

Sobre o projeto Música pela Cura

Criado em 2000, o projeto TUCCA Música pela Cura é realizado com recursos da Lei Rouanet. Anualmente, duas importantes séries musicais são apresentadas. Para o público adulto, a associação realiza a Série TUCCA de Concertos Internacionais, que traz alguns dos mais importantes músicos da atualidade. Desde 2000, mais de 45 concertos foram apresentados, recebendo artistas como Maxim Vengerov, irmãs Labèque, Nelson Freire, Brad Mehldau e Avishai Cohen. Para o público infantil, desde 2002 a Associação realiza a Série TUCCA Aprendiz de Maestro – a única no Brasil de música clássica para crianças –, com textos teatrais e divertidas adaptações de danças e óperas. Em dez anos, mais de 130 apresentações foram realizadas. Toda renda obtida com a venda de ingressos é destinada à assistência multidisciplinar de crianças e adolescentes carentes com câncer.

Também atuando na área da música erudita, a TUCCA desenvolveu com sua equipe artística a série de concertos didáticos para crianças Aprendiz de Maestro, com o objetivo de aliar seu projeto social ao campo cultural para aproximar a música clássica do público infantil e formar futuras plateias. A verba arrecadada com as bilheterias dos espetáculos, a venda de produtos é revertida integralmente para a TUCCA.

 

João Maurício Galindo

O maestro João Maurício Galindo é hoje um dos mais atuantes diretores de orquestras brasileiras, com grande atividade e destaque na vida musical de São Paulo. É diretor artístico e regente titular da Orquestra Jazz Sinfônica do Estado de São Paulo e durante 20 anos foi regente titular da Orquestra Jovem do Estado. Foi maestro durante cinco anos do Ópera Studio do Centro Musical Tom Jobim, tendo dirigido Cosi Fan Tutte, de W. A. Mozart; Albert Herring, de Benjamin Briten, Orfeu no Inferno, de Jacques Offenbach e O Franco Atirador de Carl Maria Von Weber. Escreve e apresenta dois programas na Rádio Cultura FM de São Paulo: Pergunte ao Maestro e Encontro com o Maestro. Faz a direção musical e regência na série Aprendiz de Maestro desde 2002.

 

Mauro Wrona

É músico, diretor cênico de óperas e tenor internacional. Atuou nos maiores teatros da Europa e viajou o mundo com seus espetáculos. Trabalhou e estudou com os mestres: Marcel Klass, Margarita Sabartés, Gino Bechi, Alfredo Krauss, Maurice Bejart, Werner Herzog, Sonia Frisell, Iacov Hillel ,Jorge Takla , Aidan Lang, entre outros.No Brasil, atuou no Theatro Municipal de São Paulo e do Rio de Janeiro e em diversos festivais de óperas de Manaus e Belém . Foi coordenador do Ópera Estúdio do Centro Tom Jobim e desenvolveu o Projeto "Ópera do Meio Dia", no Theatro São Pedro, apresentando "pocket-óperas" narradas, obtendo grande sucesso de público. Dirigiu a ópera “O Franco Atirador” de Carl Won Weber no Theatro São Pedro em 2008 e as óperas “Tosca” e “Carmina Burana” no X Festival de Ópera do Theatro da Paz- Belém/ Pará em 2011.

 

Cia. Brasileira de Danças Clássicas

Fundada em julho de 1989, e dirigida por Aracy de Almeida e Guivalde de Almeida, a Cia. Brasileira de Danças Clássicas é uma das principais representantes do estilo no Brasil. A companhia reúne em seu elenco os mais importantes bailarinos brasileiros da atualidade, premiada em diversos concursos internacionais e tem em seu repertório clássicos como Giselle, La Bayadère, O Quebra-Nozes, Dom Quixote, O Lago dos Cisnes e Paquita, e obras contemporâneas de importantes coreógrafos brasileiros e estrangeiros, como Victor Navarro, Anselmo Zolla, Tíndaro Silvano, Ruben Terranova, Jhean Allex e Andrea Thomioka, entre outros. Na série Aprendiz de Maestro participa há cinco anos com as coreografias de O Quebra Nozes, O Lago dos Cisnes e A Bela Adormecida.

 

Serviço

Série: Aprendiz de Maestro

Espetáculo: Coppélia
Data: 26 de maio
Horário: 11 horas
Local: Sala São Paulo
Classificação: 3 anos
Duração: 60 minutos
Ingressos: TUCCA (2344.1051 / 3057.0131), ingressos@tucca.org.br , www.tucca.org.br ou Ingresso Rápido (4003.1212)

Preços: Setor III - R$ 50,00 / Setor II - R$ 55,00 / Setor I - R$ 60,00

Formas de pagamento: dinheiro, cheque ou cartão de crédito (American Express, Visa, MasterCard ou Diners)

Elenco: João Maurício Galindo, Mauro Wrona e Sinfonieta TUCCA Fortíssima

Participação Especial: Cia. Brasileira de Danças Clássicas

Direção musical e Regência: Maestro João Maurício Galindo

Direção geral: Mauro Wrona

Coreógrafo: Guivalde de Almeida

Assistente de direção: Paulo Rogério Lopes

Direção de produção: Ângela Dória

Realização: TUCCA (Associação para Crianças e Adolescentes com Câncer)


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »