16/06/2016 às 12h54min - Atualizada em 16/06/2016 às 12h54min

Profissão Editor: os bastidores do mundo editorial, o dia a dia de quem é apaixonado por livros

Com o objetivo de atualizar os colegas de profissão e conscientizar o público geral a respeito do mercado editorial, as editoras Larissa Caldin e Lindsay Gois criaram o Profissão Editor.

Profissão Editor

O mercado editorial no Brasil está crescendo e se profissionalizando – mas os profissionais da área ainda estão carentes de formação e fontes de notícias específicas. Para se ter uma ideia, um dos únicos MBAs em Book Publishing no Brasil se iniciou em 2015 pela Casa Educação/Instituto Singularidades. Não é segredo, nos bastidores do mercado livreiro, que muitas pessoas abriram uma editora ou livraria sem conhecimento desse mercado e, às vezes, sem conhecimento de gestão – muitos foram vencedores, apesar da dificuldade que é conseguir manter-se de livros num país de poucos leitores, porém muitos empresários não sobreviveram. Além disso, a maioria das pessoas que não trabalha na área não faz ideia do que é ser um editor ou um livreiro, e algumas têm curiosidade de saber de onde vem e como é feito um livro, e como é o processo de comercialização.

Como fonte de notícias específicas para a área, temos o portal PublishNews, a Panorama Editorial, da Câmara Brasileira do Livro (CBL), e os sites do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) e do Instituto Pró-Livro. Há, também o portal internacional Publishing Perspectives, que alguns profissionais acessam. Ainda sim, nenhum desses sites trabalham do ponto de vista de quem está nos bastidores desse setor. As criadoras do Profissão Editor, Larissa Caldin e Lindsay Gois, sempre quiseram contribuir para a profissionalização desse mercado e para que leitores e curiosos entendessem um pouco mais da área.

A ideia de criar o blog surgiu num evento específico do mercado livreiro, em que sentiram a necessidade de compartilhar com os colegas que não podiam estar ali naquele momento todo o aprendizado e as discussões que estavam ocorrendo. A partir desse evento, foram intensos dias de planejamento e realização: da missão e dos valores do blog, dos posts, do desenho do logotipo e da criação do site, que foi lançado oficialmente em maio de 2016.

Além do blog, o Profissão Editor está nas principais redes sociais. Logo na primeira semana, a página no Facebook já chegou à marca de 500 seguidores.

“Ficamos muito felizes com a rápida adesão do público e esperamos contribuir para que nosso mercado seja cada vez melhor e mais profissionalizado. É necessário mostrar o máximo possível – dentro e fora do mercado editorial – a importância do livro na formação do indivíduo”, diz Larissa Caldin.

“A nossa ideia é ter ampla cobertura dos temas que afetam nosso mercado, desde uma feira específica da área, passando pela produção editorial, até assuntos de gestão. Queremos abarcar públicos de todas as idades, desde os jovens usuários do Snapchat, que talvez possam se interessar pela profissão e queiram mais informações que talvez os levem a optar pela carreira de editor ou livreiro, até pessoas que já estejam há muito tempo nesse mercado e deseja se atualizar”, afirma Lindsay Gois. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »