01/06/2016 às 14h19min - Atualizada em 01/06/2016 às 14h19min

Construção do Museu do Amanhã conta com soluções de impermeabilização da alemã MC

O museu, localizado na cidade do Rio de Janeiro, completa seis meses em junho

Marília Galego Pontes

Projetado pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava, responsável pela Ponte da Mulher, em Puerto Madero, Buenos Aires, o Museu do Amanhã é um museu de ciência que se dedica a explorar, pensar e projetar as possibilidades para os próximos 50 anos. A partir das perspectivas da sustentabilidade e da convivência, o Museu completa, em maio, seis meses de sua inauguração, na cidade do Rio de Janeiro.

Com uma arquitetura imponente, o Museu do Amanhã, foi construído pela Concessionária Porto Novo, por meio da Operação Urbana Porto Maravilha, na Região Portuária da capital fluminense, numa área de 15 mil m².  A obra contou com a parceria da MCempresa líder no desenvolvimento de soluções para obras de infraestrutura, edificação e indústria. A empresa, fornecedora de soluções especiais para o museu, utilizou o MC-DUR 2496 CTP, sistema à base de poliuretano modificado, consagrado na Europa, e utilizado para proteção e impermeabilização dos bancos em concreto pré-moldado que circundam o espelho d´água.

De acordo com José Roberto Saleme Jr., Gerente-Executivo da MC para Infraestrutura e Indústria no Brasil, desde o começo, a MC esteve em constante contato com os diversos profissionais que transformaram o projeto em realidade. “Buscamos oferecer sistemas que atendessem às diversas necessidades técnicas e estéticas do projeto. Esta solução foi utilizada, porque além de impermeabilizar e garantir a proteção contra a ação de cloretos, tem um ótimo acabamento estético”, complementa.

A MC também apresentou a solução de impermeabilização para grande parte da estrutura enterrada. “Neste caso, foi utilizado o Xypex Admix, um sistema de impermeabilização por cristalização, que é adicionado no momento da mistura do concreto, trazendo benefícios como a economia com mão de obra e proteção contra ataques químicos, e que, por se tornar parte integrante do concreto, não pode ser removido“, explica Saleme Jr.

O Museu do Amanhã é uma iniciativa da Prefeitura do Rio de Janeiro, concebido e realizado em conjunto com a Fundação Roberto Marinho, instituição ligada ao Grupo Globo, tendo o Banco Santander como Patrocinador Máster. O projeto conta ainda com a BG Brasil como mantenedora e o apoio do Governo do Estado, por meio de sua Secretaria do Ambiente, e do Governo Federal, por intermédio da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). O Instituto de Desenvolvimento e Gestão (IDG) é responsável pela gestão do museu.

Serviço:

Museu do Amanhã

Praça Mauá, 1 – Centro, Rio de Janeiro

Aberto de terça a domingo, das 10h às 18h.

 

Sobre a MC

http://www.mc-bauchemie.com.br/

A MC é um dos principais fabricantes de produtos químicos e tecnologias para a construção do mundo. Com mais de 50 anos de atuação a multinacional alemã conta com mais de 2 mil funcionários em mais de 30 países. A MC pesquisa desenvolve e produz soluções especiais, para construção de novos projetos, para proteção, recuperação e acabamento de estruturas. Atualmente está presente nas principais obras de infraestrutura do mundo e neste ano inicia sua atuação também no mercado residencial com soluções para o consumidor final. 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »