22/09/2023 às 16h38min - Atualizada em 23/09/2023 às 00h02min

Psicólogo dá dicas de como controlar o estresse

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 90% da população mundial lida com esse problema diariamente

Interface Comunicação
Reprodução
Apesar de haver consenso entre os profissionais de saúde de que o estresse é uma resposta natural do corpo, para muitas pessoas, devido a diversas razões, ele se torna um peso em suas vidas cotidianas. Por isso, no próximo sábado, 23, celebra-se o Dia Mundial de Combate ao Estresse, campanha criada para conscientizar a população sobre os efeitos prejudiciais dessa condição.
 
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 90% da população mundial lida com esse problema diariamente. Diante desse cenário, Benevides Silva, psicólogo da Hapvida NotreDame Intermédica, dá dicas para a adoção de medidas preventivas visando a redução de quadros de estresse.
 
“O estresse, quando persistente e descontrolado, pode ter sérias consequências para a saúde física e mental. Os sintomas do estresse crônico podem incluir ansiedade, depressão, insônia, pressão alta e uma série de problemas de saúde relacionados ao coração e ao sistema imunológico”, explica Benevides.
 
A condição está associada a diversos fatores como a pressão no trabalho ou o desemprego, problemas familiares ou nos relacionamentos, além disso, a preocupação excessiva com o futuro pode agravar os níveis de estresse. Há uma série de medidas que podem ser tomadas, entre elas a prática de “mindfulness”, que ajuda a reduzir a ansiedade e a promover um senso de calma interior.
 
Outra dica é a prática regular de atividade física como forma de liberação de endorfinas, conhecidas como "hormônios da felicidade", que podem aliviar o estresse e melhorar o humor. Comer alimentos equilibrados e evitar o consumo excessivo de cafeína e açúcar pode ter um impacto positivo no gerenciamento do estresse.
 
“Um fato essencial é também aprender a dizer ‘não’ quando for necessário para começar a estabelecer limites saudáveis tanto nas responsabilidades pessoais como nas profissionais. Conversar com amigos e familiares sobre sentimentos e emoções ou um profissional de saúde mental pode ser benéfico também”, esclarece o psicólogo.
 
Ter uma rotina diária estruturada também pode ajudar a reduzir a sensação de caos e incerteza. Fazer pausas regulares das redes sociais e do noticiário para evitar a sobrecarga de informações negativas favorecem uma mente mais limpa e saudável, diminuindo os gatilhos da preocupação excessiva.

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp