19/09/2023 às 09h55min - Atualizada em 20/09/2023 às 04h03min

Avelar Sports deixa legado econômico em cidades que receberam competição

Empresa de esportes desenvolveu economia, turismo e cultura de municípios que tiveram torneios de mountain bike em 2023

Flavio Perez Guimarães
Alemão Silva

Após promover cinco competições em 2023, sendo quatro valendo pontos para o ranking olímpico, a Avelar Sports deixou legado nas cidades em que organizou torneios. Foram cinco finais de semana de esporte, mas também de cultura, com atrações musicais, e turismo. A temporada também ficou marcada por transmitir as provas no Youtube. As competições tiveram ainda stands de vendas. 

A temporada de 2023 começou em março, na cidade de Petrópolis (RJ). Na cidade fluminense, a empresa promoveu o Desafio dos Gigantes, no Villa Itaipava Resort & Conventions. Foram dois dias de provas de XCO (um Classe 1 e um Classe 2), além de uma data reservada para as provas de XCC. Luiz Henrique Cocuzzi e Raiza Goulão venceram as provas de XCO, enquanto José Gabriel e Karen Olimpio levaram a melhor no short track. 

No mesmo mês de março, a Avelar Sports promoveu a primeira das três etapas da Internacional Estrada Real Chaoyang, em Itabirito (MG). Esta competição foi totalmente disputada em Minas Gerais e contou sempre com três dias de prova: XCC, XCO e XCM. Na cidade do Colar Metropolitano de Belo Horizonte, José Gabriel venceu no XCC e no XCO. Já no feminino, houve maior equilíbrio, com Karen Olímpio levando a melhor no XCC e Raíza Goulão ficando em primeiro  lugar no XCO. Maysa Ribeiro e Luiz Miguel Honório venceram no XCM.

"Esse tipo de impacto gera dois desdobramentos. Um que é a competição em si, que traz projeção para a cidade e oferece uma competição em alto nível. Isso faz com que a comunidade local também fique mais envolvida com o esporte. Destaco também o legado da estrutura, um exemplo diz respeito a recuperação das pistas do Alto do Cristo de Itabirito, local com imensa tradição no ciclismo nacional. E, por fim, a Avelar deixou uma cidade inteira envolvida com a competição.", destacou Raphael Rondow, secretário de esportes de Itabirito. 

Monumento em Ouro Branco

Em maio, a Internacional Estrada Real Chaoyang desembarcou em Ouro Branco. Na segunda parada, o equilíbrio foi maior nas provas masculinas, com Henrique Avancini ganhando no XCC, José Gabriel no XCO e Luiz Miguel Honório no XCM. Entre as mulheres, Karen Olímpio ganhou todas. Após a etapa, a Prefeitura anunciou que irá inaugurar, em 2024, um monumento de bicicleta. 

O monumento da bicicleta ficará em outra praça / rotatória ,  a poucos metros da Praça de Eventos, onde a Avelar Sports promove, desde 2017, uma das etapas da Internacional Estrada Real Chaoyang. Ele também servirá para mostrar o respeito que os cidadãos têm com os ciclistas e toda vocação que Ouro Branco tem com esportes de aventura. Além disso, também serve de conscientização sobre a importância de veículos, bicicletas e pedestres se entenderem no trânsito. 
 
"A gente vai construir uma praça com um monumento da Internacional Estrada Real Chaoyang, onde nós vamos gravar os nomes de todos os vencedores, no masculino e no feminino. E todos os anos após as provas daremos sequencia nas gravações. E vai ser uma praça com o nome do evento mesmo, que a gente pretende inaugurar na edição de 2024", revela Felipe Avelar, idealizador  da Avelar Sports. 
 
Turismo em Arcos 

A terceira etapa da Estrada Real aconteceu em julho, na cidade de Arcos. Após os tradicionais três dias de evento, Karen Olimpio, mais uma vez, ganhou todas, enquanto houve equilíbrio no masculino. Henrique Avancini ganhou no XCO, José Gabriel no XCC e Lúcio Otávio no XCM. No somatório das três etapas e das categorias, os títulos ficaram José Gabriel e Karen Olimpio, atletas que vão representar o Brasil nos Jogos Pan-Americanos, em Santiago (CHI), entre outubro e novembro. Isso reforça o tamanho das competições organizadas pela Avelar. 

"Arcos é uma cidade conhecida mundialmente pelo minério e um evento destes traz a economia criativa, o turismo. A gente calculou que esse evento trouxe um retorno de R$ 5 milhões num final de semana, enquanto o normal é ter R$ 100 mil. A rede hotelaria está cheia, assim como os restaurantes e o comércio local. É uma cidade que arrecada muito com ISS e  ICMS. É um dinheiro diferente. Foi um reforço para a cidade e até as cidades aqui do lado foram beneficiadas", comentou Claudenir José de Melo, o Professor Baiano, prefeito de Arcos. 

Encerramento em São Paulo

Depois dessas quatro provas, que contaram pontos para o ranking mundial e na corrida olímpica, a Avelar fechou o ano com chave de ouro, promovendo outro Desafio dos Gigantes, no Memorial da América Latina, em São Paulo (SP), em agosto. A competição não valeu pontos, mas gerou muita diversão e entretenimento, e foi organizada em parceria com a Shimano Fest, evento que reuniu cerca de 50 mil pessoas. 

O lugar mais alto do pódio no masculino ficou com o mineiro Mário Couto. No feminino, a paulista Luiza Cocuzzi fez uma prova de recuperação e venceu o Short Track nos metros finais. Houve ainda o Desafio dos Famosos. O vencedor foi Miguel Caldas Giovanini. No feminino, a vencedora foi Patrícia Loureiro seguida por Carolina Ercolin.

"Os eventos têm um poder de desenvolvimento, de fomento à economia, não só na parte esportiva, mas como também na parte da economia, com restaurantes, postos de combustíveis e hotéis lotados. Por isso, muitas cidades têm nos procurado para fazer eventos. Mas, realmente, a Estrada Real tem só três etapas", concluiu Felipe Avelar. 

A Estrada Real

Famosa no Brasil, a Estrada Real é considerada a maior rota turística do país. São mais de 1.630 quilômetros de extensão, passando por Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. A sua história surge em meados do século 18, quando a Coroa Portuguesa decidiu oficializar os caminhos para o trânsito de ouro e diamantes de Minas Gerais até os portos do Rio de Janeiro.
 
A cidade de Itabirito ficou famosa no Brasil por sediar eventos envolvendo bicicletas desde a década de 90. Agora passa a se tornar a primeira prova de XCO na América Latina com a Classe HC. Em 2019 a Internacional Estrada Real encerrou o campeonato na cidade batendo recorde na transmissão ao vivo das provas. Sucesso absoluto com pista, estrutura, feira e outros.
 
A cobertura das etapas ficará por conta da própria Avelar Sports que investiu mais um vez no melhor para o esporte, oferecendo agora a estrutura para transmitir ao vivo detalhes da competição. Estrutura inédita que ficará a disposição para locações e transmissões de diversos esportes.

Um dos destaques dos projetos que a Avelar Sports é a estrutura oferecida aos participantes, somente comparada aos melhores eventos mundiais. Para isso, a empresa continua investindo a cada temporada e em seu planejamento para os próximos anos, é se tornar referência mundial com seu projeto.
 
Sobre a Avelar Sports:

Fundada a partir da paixão do ex-atleta de Mountain Bike Felipe Avelar. Graduado em Educação Física, Avelar foi profissional de 2005 a 2011 nas equipes da KHS e CALOI. Representou o país em Campeonato Pan-Americano, Copa do Mundo e Campeonato Mundial em países como Argentina, México, Colômbia, Chile, Escócia e França.

Um dos grandes diferenciais da marca é a constante inovação e investimento em prol do esporte. A empresa possui uma das maiores estruturas da América Latina para locação e em seus eventos usa 100% de estrutura própria. Única no segmento esportivo capaz de montar, executar e transmitir ao vivo todos os eventos.

Em 2019 venceu o prêmio Guidão de Ouro com o evento Internacional Chaoyang Estrada Real - Etapa Ouro Branco como melhor evento de MTB do ano.

Todo o processo de gestão e organização de eventos conta com um gerenciamento estratégico, assim como pensar soluções criativas em abordagens esportivas, personalizando projetos e gerando valor em todas as cadeias envolvidas.
 
 

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp