22/08/2023 às 17h39min - Atualizada em 23/08/2023 às 00h05min

Mulheres negras em cargo de C-level que você precisa conhecer e acompanhar nas redes sociais

Elas recalcularam a nota e estão abrindo as portas da diversidade e inclusão no mundo corporativo e no empreendedorismo

Assessoria
Foto: Rrprodução

Quando falamos de liderança, automaticamente, o nosso imaginário social nos leva a um perfil padrão: Homens, brancos e estáveis financeiramente. No entanto, ainda que estamos avançando a curtos passos, o tema liderança feminina tem ganhado destaque e sendo estrategicamente discutido, quando se trata de empresas que visam contribuir com a equidade de gênero e a inserção de mulheres em altos cargos hierárquicos.  

Em um estudo realizado pela Bain & Company em parceria com o Linkedin, revelam que  no Brasil, apenas 3% das mulheres ocupam cargos de liderança das 250 maiores empresas do país.Dessa forma, conheça abaixo 4 mulheres negras que ocupam cargos de C-level que você precisa conhecer:  


Rachel Maia, CEO do RM Consulting e do Projeto Capacita-me

Conhecida por ser a primeira mulher negra a ocupar o cargo de CEO em uma grande empresa no Brasil e considerada uma das 500 pessoas mais influentes da América Latina pela Bloomberg Línea, Rachel já comandou a Tiffany & Co Joalheria, Pandora e Lacoste Brasil. Em seu novo momento de carreira, Rachel presta consultorias em Diversidade e Inclusão, Varejo e Liderança, por meio da RM Consulting. A empresária também atua como conselheira do CVC, VALE e nos últimos meses foi eleita Presidente do Conselho Administrativo do Pacto Global da ONU no Brasil. Além disso, é fundadora do projeto social Capacita-me, com o viés na educação e empregabilidade de pessoas em situação de vulnerabilidade. 

 


 

Viviane Elias, CEO da Zeka Educação Digital

Mesmo ocupando as principais cadeiras de conselhos, não esquece e não romantiza a história da menina de 13 anos que foi, quando entregava panfletos no farol, como parte primordial de sua carreira. Hoje, com mais de 12 anos de experiência em resiliência corporativa, gerenciamento de riscos & crises, tem passagens por empresas nacionais, multinacionais e startups.  Atualmente, é COO da Edtech Zeka Educação Digital, professora de Negócios com Propósitos e Projetos de Startups na FIAP, integrante do conselho consultivo da QIPS, da PretaHub e do Comitê de Integridade e Ética da Secretaria de transporte de Minas Gerais. É certificada no Programa de Diversidade em Conselho do IBGC, Alumni do Grupo Conselheiras 101, além de forte atuação em grupos de trabalho com foco em diversidade de gênero e racial.


 

Jandaraci Araújo, cofundadora do Conselheira 101

De vendedoras de salgados aos conselhos de administração, é Conselheira Independente de Administração no Instituto Inhotim, Future Carbon e Kunumi S.A, Advisory do WCD Brasil e também faz parte do Conselho do Capitalismo Consciente Brasil.  É cofundadora do Conselheira 101, programa que visa a inclusão de mulheres negras e indígenas em conselhos de administração.  Em 2021 recebeu o Prêmio Líderes do Brasil, pelo Lide Global, recentemente foi reconhecida como Top Voice Linkedin na pauta de Equidade de Gênero e ESG.  


Adriana Barbosa - CEO da PretaHub e fundadora da Feira Preta 

Adriana Barbosa é CEO da Plataforma PretaHub e Presidente e idealizadora do Instituto Feira Preta. Em 2020 foi reconhecida como a primeira mulher negra entre os Inovadores Sociais do Mundo no Ano, pelo Fórum Econômico Mundial da ONU e passou a integrar o time de empreendedores sociais da Rede Schwab, é uma das principais empreendedoras de impacto social e economia criativa do Brasil e da América Latina


Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp