26/07/2023 às 19h22min - Atualizada em 27/07/2023 às 22h02min

Salão de Botânica mostra importância da polinização com exposição de plantas e abelhas nativas sem ferrão

Evento inédito termina neste fim de semana e apresenta plantas centenárias, artesanatos em cerâmica, além da degustação de mel e outros produtos naturais

Thamiris Galhardo
Reserva Parques
Nos próximos sábado (29) e domingo (30), o Jardim Botânico oferece ao público o último Salão de Botânica – versão inverno. A exposição sobre plantas de espécies exóticas, nativas e ameaçadas de extinção tem o objetivo de fomentar o conhecimento sobre a flora, além da importância da conservação. Além disso, o mundo das abelhas é o destaque deste fim de semana com atrações de degustação de mel e subprodutos, conversa sobre o processo de polinização e exposição de espécies de abelhas nativas. O local conta ainda com cerâmicas artesanais produzidas por artistas locais e curiosidades sobre plantas.

Entre as plantas do salão, estão as carnívoras que possuem características únicas às quais permitem capturar e digerir pequenos animais a fim de obter nutrientes. Algumas têm folhas em forma de armadilhas que fecham rapidamente quando o inseto toca seus “pelos”; outras obtêm o alimento por meio de líquidos digestivos que afogam suas presas após atraí-las. Essas plantas possuem dieta variada incluindo insetos, aranhas, crustáceos e até mesmo pequenos vertebrados, embora este último caso seja mais raro. Cerca de 15 espécies diferentes estarão disponíveis para observação durante o período. 

Além disso, uma ampla amostra da coleção de Orquídeas e Bromélias exclusivas, como a Cattleya sincorana (Schltr.) Van den Berg e a Portea kermesina K.Koch, da coleção do Botânico, que estão sob ameaça de extinção, também poderá ser vista na exposição. 

O público ainda vai conhecer mais sobre espécies comumente encontradas nas residências, a exemplo das suculentas e cactos conhecidos por suas adaptações especiais para armazenar água em folhas, caules ou raízes, o que os permitem sobreviver em ambientes áridos e com escassez hídrica.  



Natureza e arte

O novo salão também visa contemplar a arte que, em suas diversas formas de expressão, tem o poder de despertar emoções, transmitir mensagens e promover a conexão entre as pessoas. Quando o universo artístico e de botânica se unem surgem oportunidades únicas para explorar a beleza e a complexidade do mundo natural. As representações artísticas que retratam a riqueza e diversidade das plantas não apenas valorizam a estética, mas também despertam a consciência sobre a importância e a necessidade da preservação.

A arte botânica, em particular, desempenha um papel fundamental na documentação e preservação das espécies vegetais. Por meio de ilustrações científicas detalhadas, os artistas registram as características únicas das plantas, permitindo a identificação e o estudo posterior. Essas representações são valiosas para a ciência e para a educação. 

Sobre o Jardim Botânico de São Paulo

O Jardim Botânico de São Paulo é uma instituição reconhecida nacionalmente, dedicada à pesquisa, conservação e educação sobre a flora brasileira. Desde a sua fundação, tem sido um importante centro de referência para a botânica no Brasil e contribuído significativamente para a proteção do patrimônio natural do país.

Serviço:
Salão de Botânica
Data: 29 e 30 de julho (Sábado e Domingo)
Horário: das 9h às 17h
Local: Jardim Botânico
Endereço: Av. Miguel Estefano, 3031 (Água Funda), São Paulo, SP, 04301-902
Ingressos e informações: A partir de R$19,90 (inteira para compra antecipada no site)
https://jardimbotanico.com.br/
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp