24/07/2023 às 16h21min - Atualizada em 24/07/2023 às 20h02min

Boticário anuncia patrocínio inédito à line feminina e inclusiva da LOUD

A marca expande o movimento Heroínas do Game promovendo o protagonismo feminino no cenário

Hadassah Zucoloto
O Boticário, marca mais conhecida e usada pelos gamers na categoria de Cosméticos, segundo a Pesquisa Game Brasil 2023 (PGB), anuncia seu patrocínio inédito da line inclusiva de Valorant da LOUD, maior organização de esports do país. A ação é extensão do projeto Heroínas do Game, lançado em 2022, que promove o protagonismo feminino neste universo e apoia a diversidade e o empoderamento das mulheres no cenário.


A marca de beleza mais amada pelos brasileiros* é a primeira marca de sua categoria a patrocinar a line. “Estamos agindo para ampliar oportunidades e incentivar as gamers a voarem ainda mais alto, descobrindo e assumindo suas skins de heroínas. Há quase três anos mergulhamos neste universo, geramos conexões importantes com grandes organizações e com as principais pro players, ampliando nossa presença de marca nesta comunidade, trazendo inovações e campanhas de relevância e queremos fazer mais, entendendo cada vez mais as dores e as soluções com as quais o Boticário pode contribuir. Toda a nossa construção foi feita em conjunto com a comunidade e para a comunidade gamer”, explica Marcela De Masi, diretora executiva de branding e comunicação do Grupo Boticário.

A executiva destaca ainda que a parceria com a LOUD e o patrocínio do time feminino de Valorant é um grande marco deste novo momento. “A LOUD é uma das mais importantes organizações desse universo, que hoje traz em seu elenco um olhar atento para diversidade - se tornando um parceiro estratégico para alavancarmos ainda mais nossa presença no mundo do game”, afirma.

Para Bruno "Playhard" Bittencourt, CEO da LOUD, a nova parceria terá um impacto importante dentro do ecossistema de games e esports. "O Boticário já entende a comunidade e, tê-lo ao nosso lado, apoiando o cenário inclusivo, é uma grande conquista. Agora, juntos, queremos continuar fazendo a diferença, reforçando nosso compromisso com um cenário mais democrático e co-criando possibilidades para ajudar nosso time a superar os grandes desafios das suas carreiras", declarou.

A escalação da line inclusiva traz as pro players Giulia “lissa” Lissa, Julia “Jelly” Iris, Julia “Krysme” Maria, Isaac “m4nd” Heliodoro, Taynah “tayhuhu” Yukimi e Jonathan “Jhow” Glória (coach). Além delas, o squad de Heroínas do Game do Boticário conta com Carolina “Voltan”, Ingrid Larissa “Yayah”, Milena Esquierdo “LOUD Mii”, que também fazem parte da LOUD, além de Gabriela “Maah Lopez”, Nicolle Merhy “Cherrygumms”, Paula Nobre, Camilota XP, Nayu Chan, Sher Machado, Natacha Fanganiello “Nahzinhaa” e Gabi Lissa.

Como agência gamer do O Boticário, a nova fase do movimento Heroínas do Game contou com a criação e execução da DRUID Creative Gaming, que ficou responsável pela estratégia de comunicação, desenvolvimento de parceria com a LOUD, gestão das influenciadoras e todo o acompanhamento do projeto. Além disso, a DRUID criou a narrativa da campanha - que inclui o filme de anúncio e ativações - que apresenta as heroínas da line Inclusiva de Valorant da Loud, e que fazem história no cenário gamer e agora fazem parte do squad da marca. O movimento é mais uma das iniciativas que a marca vem realizando nos Esports feminino mostrando que o amor pelo game gera conquistas no cenário todo, amplia oportunidades e promove a presença da marca de beleza mais amada pelos brasileiros no universo gamer.


Trajetória no game


Segundo a edição mais recente da Pesquisa Game Brasil (PGB), o número de mulheres gamers no país vem caindo: maioria desde 2016, atualmente o público feminino representa 46,2% do cenário. Em 2022, a porcentagem era de 51% e somente 10% do ambiente profissional de e-sports é composto por mulheres. O assédio e a dificuldade de acesso a campeonatos femininos seguem sendo algumas das barreiras enfrentadas pelas mulheres no cenário. O Heroínas do Game, e outras ações de Boticário, vêm contribuindo para a transformação destas questões.

No início de 2022, a marca iniciou a parceria com as equipes femininas da Black Dragons com a mensagem de empoderamento feminino e conexão entre universo de games e beleza. Em setembro, batizou a plataforma Heroínas do Game, expandindo a parceria com mulheres que ocupam diversos espaços no cenário. Junto a isso, promoveu um campeonato inédito amador e proprietário, a Taça das Implacáveis, criado em parceria com a Gamers Club; e um canal exclusivo para mulheres no Discord, com o propósito de conectá-las e favorecer a troca de experiências e conversas.

Enxergando o game como ecossistema de experiências, Boticário foi além e também apostou em ativações no Avakin Life, jogo de realidade virtual com uma loja in-game, criação de skins inspiradas em produtos, mecânicas exclusivas e até mesmo um desfile de carnaval virtual. Em janeiro de 2023, junto com o lançamento de fragrâncias de Egeo, fez 2 mapas exclusivos no Fortnite trazendo pela primeira vez uma possibilidade de imersão a partir do conceito de suas fragrâncias, inovando a forma de se comunicar e inserir a marca na jornada do consumidor.

“Nesta trajetória, entendemos o game como um ecossistema, buscando oportunidades genuínas de conexão em conjunto com a exploração de plataformas para expandir pontos de contato de forma relevante e não intrusiva. O Boticário entrou nesse cenário para escutar, aprender, transformar e ficar”, finaliza Marcela.


A voz das heroínas

Milena Esquierdo, influenciadora da LOUD, salienta sobre esse universo desafiador. “Fazer parte desse movimento do Boticário me dá a sensação de missão cumprida. Poder inspirar as meninas que estão chegando e querem vencer nesse ambiente e mudar o mundo, é muito especial”, afirma.

Natasha, a “Nahzinha”, com os incentivos, já comemora algumas conquistas na sua carreira, como ter realizado a primeira transmissão 100% feminina. Para ela, os desafios da rotina de uma mulher no game podem fazer com que as trajetórias sejam interrompidas prematuramente. “Somos testadas o tempo todo. Muitas vezes me perdi nesse caminho e pensei em desistir. Por isso, estar forte, certa de onde quer chegar e confiante é fundamental”, reflete.

Assim como no universo offline, dentro dos games, a interseccionalidade se faz presente, ou seja, se para as mulheres é difícil, para mulheres negras os desafios podem ser ainda maiores. Nayu conta com orgulho ser uma das primeiras mulheres negras a entrar em uma grande organização. “Sou a primeira de muitas”, comemora. Para ela, é uma honra encorajar e motivar milhares de mulheres a seguirem seus sonhos e se destacarem nesse universo. “Fazer parte dessa jornada inspiradora é gratificante”, termina.

E mesmo com as adversidades no caminho, Nicolle Merhy, a Cherrygumms, e uma das líderes do movimento Heroínas do Game, conta que o importante é “curtir” cada passo da trajetória. “Eu não costumo colocar uma única conquista como a mais importante. Acredito que cada passo tem que ser enaltecido. É o conjunto deles que faz você ter uma caminhada longa. Várias conquistas, várias derrotas, vários desafios, todos juntos fazem a sua caminhada. E se seguimos com apoio, como uma Heroína, tudo fica mais fácil”, explica.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp