06/06/2013 às 18h22min - Atualizada em 06/06/2013 às 18h22min

Selado acordo para reabrir Hospital Sorocabana

Após retomar o prédio há três anos, o Governo do Estado concedeu o uso do espaço e administração do hospital por 20 anos para a Prefeitura de São Paulo.

Assessoria de Imprensa Vereadora Juliana Cardoso

Em audiência pública da Comissão de Saúde da Câmara Municipal, realizada na quarta-feira, dia 5 de junho, a Prefeitura e o Governo do Estado anunciaram acordo para reabrir o Hospital Sorocabana,  na Lapa, como unidade da rede pública municipal. O Hospital foi fechado em 2010 por problemas de gestão financeira da entidade dos ferroviários e retomado pelo Governo do Estado,  proprietário da área.  

Representantes das Secretarias Municipal e Estadual de Saúde, Rubens Kon e José Manoel Teixeira, respectivamente, informaram que o Hospital das Clínicas (HC) vai tocar as obras de reforma geral do prédio oito andares. O HC vai ocupar dois andares e parte do térreo com a instalação de 80 leitos de retaguarda. Essa medida deve durar dois anos e deverá receber os pacientes do Hospital Incor (Instituto do Coração) e do Hospital Auxiliar do Cotoxó, no bairro da Pompéia, que está em reforma.       

A estimativa de custo da reforma do Sorocabana é de R$ 15 a R$ 20 milhões, com investimento conjunto. As obras devem durar dois anos. Pelos planos, partes do hospital devem ser entregues paulatinamente. Os 250 leitos originais do hospital, da década de 50, serão reduzidos para 200 para atender as normas técnicas vigentes. O hospital atendia a 5 mil pessoas por mês

Após retomar o prédio há três anos, o Governo do Estado concedeu o uso do espaço e administração do hospital por 20 anos para a Prefeitura de São Paulo. Hoje, o local abriga uma AMA (Assistência Médica Ambulatorial) 24 horas e um AME (Ambulatório Médico de Especialidades).

Uma questão polêmica abordada na audiência foi com relação ao Decreto nº 59.084,  de 15 de abril deste ano, do Governo do Estado, informando que parte dos leitos do Sorocabana serão utilizados “por prazo indeterminado em favor do Hospital das Clínicas”.  O secretário-adjunto, José Manoel Teixeira, disse que o decreto está ultrapassado devido à evolução do acordo.

Para a vereadora Juliana Cardoso (PT), integrante da Comissão de Saúde, a reabertura do hospital é de extrema importância para a região da Lapa, que não possui nenhum leito hospitalar público. “Trata-se de uma antiga luta dos moradores e que motivou o então vereador  Carlos Neder a propor uma CPI na Câmara para investigar os desmandos que levaram ao fechamento do Hospital Sorocabana”, comentou a vereadora.

 

 Telefones 3396-4315 e 3396-4351

Site: www.julianacardosopt.com.br e www.twiter.com/julianapt


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »