06/06/2013 às 17h23min - Atualizada em 06/06/2013 às 17h23min

Mais saúde para a Saúde: governo estadual é evasivo em resposta aos trabalhadores

Profissionais da Saúde seguem em greve. Marcos Martins cobra contrapartida para a saúde em reunião com secretário do Emprego e Trabalho

Nova Onda Comunicação

Coordenador da Frente Parlamentar em defesa do Iamsp e ex-presidente da comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, o deputado estadual Marcos Martins tem acompanhado o movimento dos profissionais da saúde em busca de melhores condições de trabalho.

Após acompanhar as manifestações dos servidores da saúde na ALESP na quarta-feira, 05/06, o deputado esteve, no mesmo dia, em reunião com o secretário do Emprego e Relações de Trabalho, Davi Zaia, ao lado do presidente do SIND-SAÚDE/SP, Gervásio Foganholi, e do deputado estadual Luiz Cláudio Marcolino (PT).  

O principal motivo do encontro foi a cobrança por uma contrapartida para a Saúde, da parte do governo estadual, para as reivindicações dos profissionais da saúde, que desde o dia primeiro de maio encontram-se em greve. Eles pedem reposição salarial, aumento de vale-alimentação e redução da jornada de trabalho para 30 horas.

Marcos Martins perguntou ao secretário se não havia previsões e respostas mais concretas para dar aos trabalhadores da saúde, já que em breve eles pretendem se reunir em audiência para discutir o andamento de sua causa. Em resposta ao deputado, Zaia afirmou que levaria as questões dos servidores à Casa Civil.

“Para mim é inaceitável que o servidor da saúde não tenha perspectiva de reajuste salarial. Que negociação é essa que sentarmos com as autoridades para ouvirmos ‘nãos’?” , questionou o presidente do SIND-SAÚDE durante a reunião.

 

Ato na ALESP. Marcos Martins criticou a imprensa sensacionalista que trata com superficialidade a questão da saúde. Ele tem intensificado suas luta na área, bem como a visita a diversos hospitais para checar seu funcionamento. O deputado cobra do governo do estado maior preocupação e realizações políticas públicas para a Saúde.
 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »