23/11/2015 às 13h28min - Atualizada em 23/11/2015 às 13h28min

Empresa oferece dicas para manutenção preventiva e corretiva em mineradoras

Sem oferecer riscos para a segurança do trabalho, para a qualidade ou produtividade é possível recuperar volutas vulcanizadas, rotores, tampas de bombas, correias de borracha e até exaustores a custos bem mais acessíveis do que a compra de equipamentos novos

Diálogo Imprensa
Divulgação

A manutenção corretiva e preventiva de equipamentos vem se tornando um grande aliado das mineradoras neste momento econômico que exige redução consciente de custos. Sem oferecer riscos para a segurança do trabalho, para a qualidade ou produtividade é possível recuperar volutas vulcanizadas, rotores, tampas de bombas, correias de borracha e até exaustores a custos bem mais acessíveis do que a compra de equipamentos novos.

 

De acordo com o diretor da Quimatic Tapmatic, Walter Strebinger, a manutenção – seja ela corretiva ou preventiva – pode proporcionar um significativo aumento de vida útil aos equipamentos. “Vale lembrar que quanto maior é o custo original do componente reparado, mais vantajoso torna-se optar pela manutenção”, enfatiza o executivo.

 

Para auxiliar as mineradoras nesta tarefa, a Quimatic Tapmatic disponibiliza uma série de produtos de alta qualidade e fáceis de manusear, que formam camadas resistentes sobre os equipamentos. Visando tornar mais prática a recuperação de volutas vulcanizadas, rotores, tampas de bombas e esteiras de borracha, a empresa lançou neste ano a borracha reparadora a frio Plasteel Flex 80.  O produto recupera as áreas desgastadas pela abrasão da polpa do minério e cria uma nova e resistente camada protetora, permitindo voltar a utilizar o componente com total segurança. A manutenção com Plasteel Flex 80 pode custar até 80% menos que a compra de uma peça nova.

 

Exaustores - Desgastados devido à abrasão causada por particulados de minérios e outras substâncias químicas das minas, os exaustores também podem ser recuperados de forma prática, segura e eficaz. Para a tarefa, a Quimatic Tapmatic disponibiliza a resina epóxi Plasteel Cerâmico Pintável Azul. Fácil de aplicar, o produto forma uma superfície vitrificada mais resistente à abrasão e com menor rugosidade, o que melhora o fluxo do particulado ao diminuir o atrito sobre  o revestimento.

 

O uso de Plasteel garante rapidez na recuperação dos exaustores e alta resistência contra a abrasão, tudo isso a um custo bem inferior à troca do exaustor por um equipamento novo, destaca a Quimatic Tapmatic.

 

Isenta de compostos orgânicos voláteis, a linha de produtos Plasteel é ecologicamente correta e tem certificado de desempenho internacional do instituto Bureau Veritas.

 

 

Para mais informações, acesse:

http://www.quimatic.com.br/solucoes-industria/mineradoras/

 

Vídeo Plasteel Flex 80: https://youtu.be/U9LNXq6R1OM

 

Download foto: 

https://drive.google.com/open?id=0BwuPjuKypwwOTkRpZ0JJMHFIMDg

 

QUIMATIC TAPMATIC

Tel. (11) 3312-9999

e-mail: quimatic@quimatic.com.br

site: www.quimatic.com.br

 

Informações para a imprensa:

Diálogo Assessoria de Imprensa– Edson Barros. Tels. (11) 2092-9251 e 98144-9750. E-mail: edson@dialogoimprensa.com

 

 

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »