10/10/2012 às 23h12min - Atualizada em 10/10/2012 às 23h12min

Retratos do Gosto lança linha de granolas com amêndoas de cacau

Ingrediente cultivado pelo produtor Diego Badaró é o elemento principal das receitas criadas pela chef Heloísa Bacellar

Agência Tao

Criada em março deste ano numa parceria entre Alex Atala e a empresa de gestão de marcas de alimento MIE Brasil, a Retratos do Gosto dá o primeiro passo em seu movimento para agregar chefs comprometidos com a valorização do produto nacional com o lançamento da linha de granolas desenvolvidas por Heloísa Bacellar. As receitas utilizam as amêndoas de cacau cultivadas por Diego Badaró, produtor da região de Itacaré, no Sul da Bahia. Sob curadoria de Atala, foram elaboradas três receitas – duas versões doces e uma salgada – com uma rica base de castanhas brasileiras, além de frutas e temperos desidratados.

 

Cacau que preserva a Mata Atlântica

A presença do cacau na vida de Diego Badaró vem de muito tempo. Quinta geração de cacauicultores do Sul da Bahia, ele decidiu em 2002 assumir as fazendas da família, devastadas pela vassoura-de-bruxa na década de 80. A solução encontrada foi o manejo orgânico da praga, com o uso de extratos naturais para o combate do fungo. Outra solução foi reverter o modelo plantation, com fileiras de cacaueiros muito próximas umas às outras. Como os cacaueiros precisam de sombra, foi realizado um projeto de reflorestamento, espalhando mudas da mata nativa nas áreas de plantação. Com o tempo os cuidados trouxeram resultados. Os frutos do cacau Pará-Parazinho, conhecido internacionalmente como a variedade forastero, ganharam sabores sutis, característicos da região. “O modelo orgânico não tem foco na produtividade, e sim na sustentabilidade e na preservação da Mata Atlântica”, explica Diego.

O respeito a esses sabores rege o trabalho nas fazendas. A colheita é feita manualmente e, em seguida, as sementes passam por um processo de fermentação ao longo de sete dias. O próximo passo é a secagem dos grãos, sob sol nas tradicionais barcaças por até três semanas. A última etapa acontece em Salvador. Sob a supervisão direta de Diego, as amêndoas são selecionadas e levadas para a torrefação. As temperaturas das sessões de torra são ajustadas de acordo com cada safra para intensificar as qualidades de cada tipo de grão. A safra utilizada nas granolas da Retratos do Gosto se destaca pelo sabor intenso, com leves notas florais e frutadas. “A amêndoa é a forma mais saudável de consumir o cacau, pois tem a maior concentração de antioxidantes”, esclarece Diego.

Além de promover um novo uso para o cacau, as granolas da Retratos do Gosto trarão novos frutos para a região. Um apoio financeiro, correspondente a 25% dos resultados gerados pela venda do produto, será doado por Alex Atala, que assim abre mão de qualquer remuneração por sua participação e seu trabalho. Os recursos serão destinados à Escola Rural Dendê da Serra, de metodologia Waldorf, que atende crianças de baixa renda das redondezas de Itacaré e Ilhéus.

 

Uma mistura de sabores

As amêndoas de cacau atraíram a atenção de Heloísa Bacellar, que só tinha visto produto semelhante vindo do exterior. A chef do Lá da Venda já conhecia Diego pelo seu trabalho no chocolate AMMA, primeiro chocolate orgânico produzido no país, lançado em 2010. Além das receitas que criou com alguns dos sete tipos de chocolate AMMA, Heloísa tinha curiosidade em trabalhar com as amêndoas e poder explorar outros espectros de sabor. Na chegada do primeiro lote, a versatilidade do ingrediente rendeu dois meses de testes, até que se decidiu pelas granolas. Estas sempre foram o café da manhã predileto da chef, mas as opções existentes no mercado a desanimavam. “Granola não precisa ser ‘comida de passarinho’; pode ser pedaçuda, interessante, rica de sabores. E a qualidade dos ingredientes é essencial”, comenta Heloísa. Depois de pesquisar receitas clássicas alemãs e inglesas para garantir uma boa proporção entre os ingredientes, Heloísa chegou a três versões – duas doces e uma salgada. “A amêndoa de cacau acrescenta um crocante, um perfume e um ligeiro amargor muito interessante”, explica a chef.

As três receitas levam uma mistura de castanhas brasileiras, amêndoa de cacau, flocos de milho e cereais diversos, e são complementadas com ingredientes nobres como frutas desidratadas, purês de frutas e legumes, além de azeite. Com uma mistura inovadora, a granola salgada é composta de amendoim, milho, polpa de abóbora, queijo provolone seco, tomate desidratado, cebola, salsa, alho e noz moscada moída. A granola dourada apresenta uma seleção de frutas como coco ralado, abacaxi, banana, manga e pedaços de maçã cobertos de açaí. Com chocolate 50% cacau, a granola morena traz ainda banana-passa, melaço de cana e pedaços de maçã cobertos por polpa de cupuaçu. Além de acompanharem iogurtes, Heloísa indica usar as granolas em receitas, como bolos, panquecas e caldas para sorvete. O tempero equilibrado da versão salgada faz dela um complemento interessante para sopas e saladas e ela pode até mesmo ser consumida sozinha como petisco.

 

Serviço:

Granolas Retratos do Gosto por Heloísa Bacellar

Embalagem: 250g

Preço sugerido: R$ 14

Pontos de venda iniciais: Lá da Venda (Rua Harmonia, 161, Vila Madalena) e Mercadinho Dalva e Dito (Rua Padre João Manuel, 1.115, Jardins)

 

Contato: MIE BRASIL

Email: info@miebrasil.com.br

Telefone: (011) 3045-4500


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »