24/02/2023 às 10h59min - Atualizada em 26/02/2023 às 00h00min

NVIDIA encerra ano fiscal com receita de mais de US$ 26 bilhões

Setor de data center da divisão Enterprise da empresa foi destaque e fechou o período com recorde de US$ 15 bilhões

SALA DA NOTÍCIA Welton Ramos
https://www.nvidia.com/pt-br/
São Paulo, 24 de fevereiro de 2023 — A NVIDIA (NASDAQ: NVDA), empresa que redefiniu a computação gráfica moderna, computação de alto desempenho e Inteligência Artificial, apresenta receita para o quarto trimestre, encerrado em 29 de janeiro de 2023. O valor, de US$ 6,05 bilhões, representa uma queda de 21% em relação ao ano anterior e um aumento de 2% em relação ao trimestre anterior. Para o ano fiscal de 2023, a receita supera as anteriores com US$ 26,97 bilhões no total.

No último trimestre, o setor de data center da divisão Enterprise da NVIDIA conquistou uma receita de US$ 3,62 bilhões, o que representa um aumento de 11% a mais que no ano anterior e uma queda de 6% que no mesmo período do ano passado. Já a receita do ano fiscal aumentou 41%, para um recorde de US$ 15,01 bilhões.

Em relação ao setor automotivo, o quarto trimestre e o ano fiscal também atingiram recordes. O último trimestre do ano totalizou o valor de US$ 294 milhões, 135% a mais que no ano anterior e 17% a mais que no trimestre anterior. Já a receita do ano fiscal aumentou 60%, atingindo um total de US$ 903 milhões.

Além disso, as áreas apresentaram grandes destaques:

•    Anúncio de uma parceria com o Deutsche Bank para ampliar o uso da IA no setor de serviços financeiros;

•    Lançamento, junto com a Dell Technologies, 15 sistemas Dell PowerEdge de próxima geração disponíveis com aceleração NVIDIA®, permitindo que as empresas usem IA para transformar seus negócios com eficiência;

•    Comunidade de parceria estratégica com a Foxconn para desenvolver plataformas de veículos autônomos e automatizados com base em NVIDIA DRIVE Orin™ e DRIVE Hyperion™.

“A IA está em um ponto de inflexão, preparando-se para ampla adoção em todos os setores”, diz Jensen Huang, fundador e CEO da NVIDIA. “Desde startups até grandes empresas, estamos vendo um interesse acelerado na versatilidade e capacidades da IA generativa.”

“Estamos prontos para ajudar os clientes a aproveitar as vantagens da IA generativa e modelos de linguagem ampla. Nosso novo supercomputador, com H100 e seu Transformer Engine e malha de rede Quantum-2, está em plena produção”, completa Huang.

Para finalizar, a receita do quarto trimestre da área de visualização profissional totalizou o valor de US$ 226 milhões, uma queda de 65% em relação ao ano anterior e um aumento de 13% em relação ao trimestre anterior. A receita do ano fiscal caiu 27%, para US$ 1,54 bilhões. A principal novidade anunciada recentemente foram os recursos aprimorados do NVIDIA Omniverse™ Enterprise para ajudar as equipes a criar pipelines 3D conectados e desenvolver trabalhos 3D em larga escala por meio de maior desempenho, saltos geracionais em rastreamento de caminho e raio RTX em tempo real e fluxos de trabalho simplificados.

“Ficamos muito felizes com os resultados conquistados nas áreas da divisão Enterprise da empresa. Sabemos dos desafios do mercado atual e seguimos uma estratégia visando crescimentos maiores no futuro. Trabalhamos junto a nossos parceiros e clientes para que possamos conquistar nossos objetivos e também fornecer o melhor da tecnologia atual", comemora Marcio Aguiar, diretor da divisão Enterprise da NVIDIA para América Latina.

A NVIDIA devolveu aos acionistas US$ 1,15 bilhão em recompras de ações e dividendos em dinheiro, elevando o retorno no ano fiscal para US$ 10,44 bilhões. A empresa pagará seu próximo dividendo trimestral de US$ 0,04 por ação em 29 de março de 2023 a todos os acionistas registrados em 8 de março de 2023.

A perspectiva da NVIDIA para o primeiro trimestre fiscal de 2024 é de US$ 6,50 bilhões, mais ou menos 2%.

Para conferir o balanço completo do quarto trimestre do ano fiscal 2023, clique aqui.

 
Sobre a NVIDIA

Desde sua fundação em 1993, a NVIDIA (NASDAQ: NVDA) tem sido pioneira em computação acelerada. A invenção da GPU pela empresa em 1999 estimulou o crescimento do mercado de games para PC, redefiniu a computação gráfica, iniciou a era da IA moderna e tem ajudado na criação do metaverso. A NVIDIA agora é uma empresa de computação full-stack com soluções em escala de data center que estão revolucionando o setor. Mais informações em: https://blog.nvidia.com.br/.

Acesse também:

Site oficial da NVIDIA no Brasil: https://www.nvidia.com/pt-br/

Facebook: @NVIDIABrasil

Twitter: @NVIDIABrasil

YouTube: NVIDIA Latinoamérica
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp