08/05/2012 às 00h51min - Atualizada em 08/05/2012 às 00h51min

TUCCA promove encontro inédito no Brasil entre Paquito D’Rivera e New York Voices no projeto “Música pela Cura”

O clarinetista e saxofonista cubano e o quarteto norte americano apresentam-se dia 23 de maio na Sala São Paulo. A segunda atração do ano da série “Concertos Internacionais”, realizada pela Associação para Crianças e Adolescentes com Câncer, traz em seu repertório sucessos da MPB.

Lua Propaganda

Com o objetivo de possibilitar que mais crianças e adolescentes carentes com câncer tenham o direito de alcançar todas as chances de cura possíveis com qualidade de vida, a TUCCA (www.tucca.org.br) realiza anualmente o projeto “Música pela Cura”. Para a série “Concertos Internacionais” deste mês, a associação apresenta o show inédito de Paquito D’Rivera e NY Voices, com músicas do famoso álbum “Brazilian Dreams”, ganhador do Latin Grammy.

Entre as músicas escolhidas estão “Manhã de Carnaval”, clássico de Luiz Bonfá, obras de Tom Jobim como “Corcovado”, “Desafinado” e “Retrato em preto e branco”, parceria com Chico Buarque e o samba de João Donato “A rã”. Rei do Latin Jazz, D’Rivera considera “um desafio” apresentar num palco brasileiro uma seleção musical muito familiar aos nossos ouvidos.

Com toda renda obtida com a venda de ingressos destinada à assistência multidisciplinar de crianças e adolescentes carentes com câncer, a TUCCA conseguiu assistir mais de 1.500 pacientes sem custos a ele ou à sua família desde sua fundação. Além da renda proveniente dos espetáculos, sua parceria com o Hospital Santa Marcelina também possibilita que esses jovens tenham o direito de alcançar todas as chances de cura possíveis, com qualidade de vida. Outros meios de colaboração podem ser encontrados no site da instituição (http://www.tucca.org.br/ajude/ajude.asp).

Sobre Paquito D’Rivera
Descoberto em Cuba por Dizzy Gillespie, acumula 12 Grammy Awards na música erudita, no jazz e na música popular, reconhecimento raríssimo no cenário artístico mundial. Co-fundador do Irakere, grupo emblemático do latin jazz, o músico continua atento a todos os estilos musicais como prova seu álbum recente, "Jazz Tango", uma releitura contemporânea do clássico estilo argentino. Como compositor, tem inúmeras peças – a mais recente foi para Rodrigo Pederneiras, coreógrafo do Grupo Corpo, apresentada no começo do ano em Nova York.
Sua história com a música brasileira – paixão sempre declarada em suas entrevistas e palcos – está registrada em shows ao lado de Rosa Passos, Leny Andrade, Cesar Camargo Mariano e Banda Mantiqueira, com a qual se apresentou na série TUCCA “Música pela Cura” e também no álbum “Obrigado, Brasil”, gravado com o violoncelista Yo Yo Ma. Ultimamente, apresenta-se em concertos de música de câmara, com o Brazilian Guitar Duo, formado por João Luiz e Douglas Lora, dois jovens violonistas brasileiros radicados nos EUA.


Sobre o New York Voices

Considerado um dos melhores grupos vocais norte-americanos de jazz, também agraciado com o Grammy, o New York Voices formado em 1987 e já se apresentou com Ivan Lins, traz na sua formação atual Darmon Meader, Peter Eldridge, Kim Nazarian e Lauren Kinhan. Frequente atração nos mais destacados palcos do mundo, como o Carneggie Hall, The Zurich Opera House ou na casa Blue Note, do Japão, o grupo já se apresentou com diversos nomes do jazz, destacando-se Bobby McFerrin, George Benson, John Hendricks e Count Basie Orchestra.

Sobre o projeto TUCCA Música pela Cura
Criado em 2000, o projeto TUCCA Música pela Cura é realizado com recursos da Lei Rouanet. Anualmente, duas importantes séries musicais são apresentadas. Para o público adulto, a associação realiza a Série TUCCA de Concertos Internacionais, que traz alguns dos mais importantes músicos da atualidade. Desde 2000, mais de 45 concertos foram apresentados, recebendo artistas como Maxim Vengerov, irmãs Labèque, Nelson Freire, Brad Mehldau e Avishai Cohen. Para o público infantil, desde 2002 a Associação realiza a Série TUCCA Aprendiz de Maestro – a única no Brasil de música clássica para crianças –, com textos teatrais e divertidas adaptações de danças e óperas. Em dez anos, mais de 130 apresentações foram realizadas.

Sobre a TUCCA
A TUCCA (Associação para Crianças e Adolescentes com Câncer) é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, que oferece tratamento multidisciplinar de excelência a crianças e adolescentes carentes com câncer, sem custos ao paciente ou à família. Em 14 anos de atividade, já tratou mais de 1.500 pacientes, atingindo taxas de cura próximas a 80%, índice até 60% acima da média brasileira, igualado somente aos da Europa e dos Estados Unidos. Para otimizar recursos, a TUCCA mantém parceria com o Hospital Santa Marcelina e aplica os valores arrecadados direta e exclusivamente no que faz a diferença para oferecer o tratamento mais adequado e atingir os melhores resultados. Além do tratamento, atua também em pesquisa, diagnóstico precoce e capacitação de profissionais, e conta com uma equipe multidisciplinar que assiste o paciente e sua família até que fiquem completamente bem.

Serviço
Série:
“Concertos Internacionais”
Concerto: Paquito D’Rivera e New York Voices
Data: 23 de maio
Horário: 21 horas
Duração: 90 minutos
Local: Sala São Paulo
Capacidade: 1500 lugares
Classificação: Livre
Preços: Setor IV – R$ 80 / Setor III – R$ 120 / Setor II – R$ 160 / Setor I – R$ 200.
Ingressos: site da TUCCA (tucca.org.br), site da Ingresso Rápido (ingressorapido.com.br), e-mail ingressos@tucca.org.br ou telefone 11 2344.1051.
Formas de pagamento: dinheiro, cheque ou cartão de crédito (Visa, MasterCard ou Diners). Meia entrada para estudantes com carteirinha e adultos acima de 60 anos.
Realização: TUCCA (Associação para Crianças e Adolescentes com Câncer).

Programação Completa
(Os concertos são inéditos no Brasil, com exceção da Nona Sinfonia).

20 de junho – LUDWIG VON BEETHOVEN
Nona Sinfonia, com a Orquestra do Conservatório de Tatuí sob regência de João Maurício Galindo. Clássico da temporada de concertos da TUCCA, Ode à Alegria é uma das principais obras de arte da música erudita.

19 de setembro – STEVEN ISSERLIS
Uma rara oportunidade de apreciar um dos melhores violoncelistas da atualidade, que vem ao Brasil especialmente para apresentar um recital solo. Isserlis é famoso por sua versatilidade. Sempre se destaca ao interpretar música clássica, moderna ou para crianças.

17 de outubro – TIGRAN HAMASYAN
Um expoente da nova geração de músicos instrumentais, o pianista de jazz de origem armênia Tigran Hamasyan se apresenta pela primeira vez no Brasil. Ele é o mais jovem ganhador do concurso Thelonious Monk. Sua música mescla o folclore armênio ao jazz e rock.

27 de novembro – PAULO SZOT
O barítono brasileiro que recebeu, em 2008, um Tony Awards das mãos de Liza Minelli por sua atuação no musical South Pacific, apresentado na Broadway, volta para sua terra natal após se tornar ícone em NY. Há muito tempo sem se apresentar no Brasil, Szot fará, com certeza, um dos concertos mais esperados do ano.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »