20/02/2023 às 17h16min - Atualizada em 21/02/2023 às 14h03min

Fotos em P&B falam sobre a mulher na exposição PRANTO de Andréa Brêtas nos Correios Niterói

A mostra busca conscientizar sobre a Agenda 2030 e ODS,  acabando com desigualdades e empoderando mulheres

SALA DA NOTÍCIA PAULA MARIA CORREA RAMAGEM SOARES
Paula Ramagem
Divulgação
 
 
 
 
fotógrafa e artista plástica Andréa Brêtas apresenta a exposição "Pranto", onde traz fotos de mulheres africanas no Espaço Cultural Correios Niterói RJ, em preto e branco, para conscientizar sobre a violência contra a mulher, principalmente sobre a MGF - Mutilação Gentital Feminina, que, segundo o Unicef, vitimiza, ainda hoje, milhões de mulheres e meninas em todo mundo e que, a cada ano, atinge cerca de três milhões de meninas, antes de completar 15 anos.
 
 
Até 2030, se não houver a erradicação e respeito às diversidades, como sugerido na Agenda 2030, nas ODS 3, 5, 16, mais de 60 milhões de mulheres sofrerão MGF e outras violências, afetando sua saúde física e mental. Através das lentes, Andréa Brêtas empodera essas mulheres e acaba com as desigualdades.
 
 
A mostra não traz cores porque tem o objetivo de provocar reações e conexões com o observador, mas traz visivelmente o respeito do olhar de Andréa Brêtas e a  curadoria da Tartaglia Arte na escolha de temas de impacto e importância sócio-cultural. Então, através das fotos, da diferença de olhares, as pessoas vão notar a diferença entre as expressões das mulheres do Quênia (onde ainda há MGF) e da Namíbia (sem MGF), e certamente vão se deixar tomar por emoções diversas.
 
 
O enfrentamento às múltiplas formas de violência contra as mulheres é fundamental para que haja condições mais dignas e justas, lutando pela erradicação, respeito e igualdade.
 


"Essa desconstrução desse feminino vai ali em uma série de certezas em quem ela é, e ela começa a estar desfazendo da sua própria crença, do seu próprio sentir, corpo, apropriação feminino que ela representa. Não é só trágico, mas extremamente violento e excessivo. Precisa ser visto que ainda é acontecido nesse século, uma brutalidade enorme. Não tenho ideia de quantos acometimentos podem estar implicados na saúde mental dessas mulheres, mas minimamente traumatizados na brutalidade física e da desconstrução da alma delas, e a ressonância que esses atos traz a vida da pessoa. Então falamos de uma prática que precisa ser revisitada e falada ainda para evitar que ainda seja praticado e mais mulheres sofrerem nas futuras gerações. Falamos muito de violência contra a mulher, essa é uma das brutalidades mundiais que o mundo oferta para as mulheres. Realmente é muito pavoroso pensar nessa dor de alma e corpo, pertencimento, inserção cultural, tudo que permeia essa mulher e essa feminilidade que está sujeita em tudo que se encaixa."





"Pranto" pode ser visitada até o dia 11 de março de 2023. No dia 08 de março, comemoramos o Dia Internacional da Mulher, com a presença de Andréa Brêtas estará presente para visita guiada e bate papo com outros profissionais para falar sobre o tema.



 
 
SOBRE ANDRÉA BRÊTAS


Carioca, radicada em Petrópolis desde 1992.
Formada em Direito, logo percebeu que não iria encontrar realização plena no mundo jurídico. Sua alma sempre buscou as artes. Com pinturas e esculturas realizou exposições dentro e fora do Brasil, comercializando obras para vários cantos do mundo. Na fotografia, artistas como Brooke Shaden, Danny Bittencourt, Sue Bryce e Flora Borsi atuam como inspiração e parte da formação acadêmica que acumulou através de inúmeros cursos e workshops aqui e no exterior. Na pintura, os clássicos Kandinsky, Miró, Pollock e mais Luís Áquila, Daniel Senise entre outros.
Sua pesquisa artística busca a exposição do interior feminino como foco e, para isso, faz uso da escultura, da pintura e da fotografia como ferramentas incessantes de expressão pessoal e demonstração de sentimentos.

Instagram: @andrea_bretas
Facebook: https://www.facebook.com/andreacbreta


SOBRE A TARTAGLIA ARTE


A Tartaglia Arte foi fundada em 1950 como um estúdio de pintura pelo artista Piero Tartaglia, então conhecido como Piery. Após alguns anos, criou um ponto de referência e encontro cultural com outros artistas e jovens talentos onde, sob a orientação do Mestre, desenvolveram seu estilo pessoal. A paixão avassaladora de Tartaglia  pela expressão pictórica com explosões de cor pura e contrastes violentos que tornam a tela viva, deu vida à Escola do Disgregacionismo.  Posteriormente fundou as Galerias, para exposição permanente de seus trabalhos e os de seus alunos, e que hoje são dirigidas pelo filho Riccardo.


O amor pela arte e uma visão cultural ampla são as peculiaridades deste grande artista, e representam sua herança moral e espiritual. Herança que continua sendo representada por Riccardo Tartaglia, que trabalha com a mesma seriedade e tenacidade na propagação da arte, através de exposições e eventos internacionais. Mas tudo com a assinatura de Riccardo Tartaglia e Regina Nobrez (Membro da Academia de Belas Artes do Rio de Janeiro e Embaixatriz Cultural com Honoris Causa, pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina - Honra da Arte de Florianópolis), o que confere um atestado de credibilidade e sensibilidade criativa.


Site: tartagliaarte.org

Instagram: @riccardotartaglia @reginanobreztartaglia @tartagliaarte
 
 
SERVIÇO
 
Exposição: Pranto
Artista: Andréa Brêtas
Instagram: @andreabretas
Curadoria: Riccardo Tartaglia e Regina Nobrez
Instagram: @riccardotartaglia @reginanobreztartaglia @tartagliaarte 
Marchand e assessora da artista: Georgia Nolasco @nolascoge
Visitação: 28 de janeiro a 11 de março de 2023  
Local: Espaço Cultural Correios Niterói
Av. Visconde de Rio Branco, 481 – Centro – Niterói/RJ 
Tel: (21) 2503-8550 
De segunda a sexta, das 11h às 18h e sábado,  das 13h às 17h 
Entrada: gratuita
Classificação: livre
Assessoria de imprensa: Paula Ramagem @_paula_r_soares
Apoio: Consolato Onorario Italiano - Florianópolis/SC - CIB/SC - Espaço Cultural Correios
Acesso: Barcas (estação Araribóia), UBER, táxi, ônibus. Do Rio, metrô ou ônibus até a estação Carioca, caminhar até a Estação das Barcas na Praça XV.
O local possui acessibilidade.
Evento gratuito.
Censura livre.
 
 
Assessoria de Imprensa:
Paula Ramagem

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp