16/02/2023 às 07h47min - Atualizada em 16/02/2023 às 12h02min

PORTO DA PEDRA LEVARÁ A AMAZÔNIA PARA A SAPUCAÍ E REÚNE LIDERANÇAS INDÍGENAS

Chirei Pankará é indígena Pankará, ativista, doutoranda, escritora, nordestina e mãe. Chirley é a primeira indígena co-deputada estadual pelo mandato coletivo da mandata ativista-SP.

SALA DA NOTÍCIA Imprensa



A Porto da Pedra, escola de São Gonçalo, na cidade da Região Metropolitana do Rio, levará para a Marquês de Sapucaí o enredo: “A Invenção da Amazônia: Um delírio do imaginário de Júlio Verne”, que foi  desenvolvido pelo carnavalesco Mauro Quintaes e do enredista Diego Araújo.

A agremiação, que faz o alerta sobre a importância da sustentabilidade, realizará o primeiro desfile neutro em emissão de gás carbônico, sendo  histórico na Sapucaí.

O Tigre traz essa mensagem sobre  a preservação da natureza, alertando sobre a nossa Amazônia, que enfrenta há anos o desmatamento e o alto número das queimadas, assim como também os outros biomas brasileiros como Mata Atlântica, Cerrado, Caatinga, Pampa e Pantanal.

A Porto da Pedra fortalece a luta dos povos indígenas com a presença da  liderança indígena Chirley Pankará.

Chirei Pankará é indígena Pankará, ativista, doutoranda, escritora, nordestina e mãe. 

Chirley é a primeira indígena co-deputada estadual pelo mandato coletivo da mandata ativista-SP.

"Falar da região Norte Amazônia é destacar a luta pela vida dos povos indígenas, que são os guardiões das florestas. A partir daí  entra em ação o ativismo da Embaixada Encontro dos Povos, que coordena a participação das liderança indígenas no Carnaval do Rio. 

O Carnaval também é lugar de ocupação e jamais podemos ter uma manifestação cultural sem o protagonismo indígena", afirma Juma, que é idealizadora do projeto.

Mais informações: (11)9 7849-4816.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp