15/02/2023 às 13h23min - Atualizada em 15/02/2023 às 20h09min

Sem bisturi! Dr. Luiz Haroldo Pereira comenta novos procedimentos estéticos que adiam a cirurgia plástica

“É possível deixar a cirurgia estética, principalmente facial, para mais tarde, se contarmos com a técnica certa de preenchimentos e toxina botulínica", afirma o médico, regente do capítulo de lipoaspiração da SBPC.

SALA DA NOTÍCIA Natalie Iggnacio
pixabay
 

O Brasil é líder no ranking de cirurgias plásticas no mundo e entre blogueiras e celebridades, os procedimentos parecem cada vez mais simples e imediatos. Mas na vida real, nem todo mundo está preparado para encarar o bisturi tão cedo. Presente no último congresso de Cosmiatria da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica aliado à Dermatologia, Dr. Luiz Haroldo Pereira, pioneiro da lipoaspiração no Brasil e ex-presidente da SBCP, afirma que o tema foi amplamente abordado e agora explica a alternativa,

 

“Muitos pacientes querem esperar os 40 ou 50 anos para fazer uma cirurgia plástica. Então no último congresso abordamos métodos que não levam o paciente ao hospital fazer cortes. Trata-se de aliar o preenchimento ao botox de uma forma muito mais cautelosa do que vem ocorrendo. Nada das supostas harmonizações exageradas que vem deformando pessoas”.

 

Gordura nada indesejada

 

Eliminar gorduras é sempre uma meta para a maioria, mas nesse caso, a gordura pode ser muito bem aproveitada. De acordo com o médico, com mais de 40 anos de experiência, o enxerto de gordura é sua primeira opção quando o assunto é reparo preventivo, e é uma ótima maneira de adiar a cirurgia plástica. 

 

“Particularmente, eu uso a gordura sempre que possível. Nós tiramos essa gordura e a preparamos, utilizando apenas o substrato e a substância, com todas as células tronco, colágeno e elastina”, afirma sobre o procedimento que dá ares ainda mais naturais e é bem aceito pelo organismo.

 

O queridinho: Ácido Hialurônico

 

Provavelmente um dos nomes mais conhecidos quando o assunto é estética é o ácido hialurônico. Depois do enxerto de gordura, é uma das substâncias mais comuns e seguras para preenchimentos. “Ele tem a finalidade de fazer uma correção da queda que existe na face devido ao tempo”, explica. Os usos mais frequentes são na região malar e na mandíbula, que com o tempo também perde sua marcação natural. 

 

Entretanto, se o seu objetivo é evitar o bisturi para economizar, essa não será uma boa alternativa. “Não é um material barato. Cada ampola custa ao menos R $1.400,00 e são utilizadas em média de 6 a 10 ampolas por procedimento”, afirma o cirurgião.

 

Pele de bebê

 

Já para deixar a pele sem vincos e bem lisinha, o segredo é combinar os preenchimentos com o botox. “A toxina muda a qualidade da pele, deixa tudo bem melhor. Para o pé de galinha ou os vincos da testa, é imprescindível”, conta o médico. Com a pele mais firme e paralisada, a necessidade de uma “esticadinha” fica cada vez mais tardia.

 

Recuperação quase imediata 

 

Sem tempo perdido. Uma das maiores vantagens dos procedimentos não invasivos é a recuperação rápida. “Dependendo do paciente, recomendo voltar às atividades normais em 24 ou 48 horas”, diz Dr. Luiz Haroldo. “Quando o procedimento é bem realizado e o paciente mantém os cuidados necessários, ele voltará à rotina inclusive melhor que antes”.

 

Sem exageros

 

Por fim, para o médico, o segredo do sucesso quando o assunto é estética é não exagerar. “Temos visto cada vez mais as pessoas se transformando em versões não humanas de si. Esse excesso começou nos Estados Unidos e é uma cultura que eu torço para que o Brasil não adote”.

 

Quanto mais o paciente se modifica, maiores precisarão ser as intervenções no futuro, afinal, a pele se adapta ao novo volume e a gravidade faz o seu papel. Portanto, os procedimentos estéticos devem ser vistos como uma forma de melhorar a realidade e não construir um novo rosto.

 

Saiba mais sobre Dr. Luiz Haroldo Pereira

 

 

Dr. Luiz Haroldo Pereira, que atende em Copacabana, no Rio de Janeiro, é referência em cirurgia corporal e facial no Brasil. O médico já foi presidente regional da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) do Rio Janeiro, participou da banca de exames para título de especialista em cirurgia plástica durante 12 anos e hoje é regente do capítulo de lipoaspiração da SBPC.

 

www.drluizharoldo.com.br/ 

www.instagram.com/luizharoldopereira 


 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp