09/02/2023 às 20h09min - Atualizada em 10/02/2023 às 00h06min

Especialista aponta 8 tendências do RH para 2023

Já presentes no dia a dia dos profissionais da área, ferramentas tecnológicas devem continuar em alta durante o ano

SALA DA NOTÍCIA Ana Clara Hauy

Especialista aponta 8 tendências do RH para 2023 

Já presentes no dia a dia dos profissionais da área, ferramentas tecnológicas devem continuar em alta durante o ano

A cada ano, diversas inovações, especialmente tecnologias, vêm se consolidando e mudando o mercado de Recursos Humanos. Para se ter uma ideia do ímpeto do setor por soluções inovadoras, nos últimos 20 anos, os investimentos em HRTechs somaram US$ 3,6 bilhões, no Brasil, de acordo com levantamento da Distrito. Por meio da análise de dados, por exemplo, a área conseguiu aprimorar o desenvolvimento de pessoas dentro da empresa.

Com essa modernização do RH por meio da automatização de tarefas, o setor se tornou protagonista nas organizações e, por isso, é preciso acompanhar as novas tendências para manter o time de RH atualizado.  Diante deste cenário, Ana Correa, cofundadora e diretora de produto da Taqe, plataforma especializada em recrutamento inclusivo e seleção digital, listou algumas tendências do RH importantes para 2023. Confira a seguir:

1) People analytics

O People Analytics é uma tendência que está em alta há alguns anos e tende a se manter assim. O uso de dados sobre as pessoas é uma ferramenta muito poderosa, principalmente para a análise do nível de desenvolvimento dos talentos de uma organização e de satisfação e engajamento. 

Por meio dela, é possível identificar quais são as fortalezas da sua equipe, quais competências e perfis precisam ser trabalhados, seja com novas contratações ou desenvolvendo seus colaboradores e, até mesmo, identificar pessoas insatisfeitas a tempo de implementar ações preventivas para sua retenção.

2) Skills

Muitas vezes as empresas se limitam a contratar talentos com determinadas skills, mas esquecem que essas competências e habilidades podem evoluir. Foque no desenvolvimento e aprimoramento das habilidades, competências e conhecimentos dos seus colaboradores. Esse é um passo muito importante para as empresas, para que consigam inclusive atrair novos candidatos. Fazer com que entendam que dentro da organização eles podem adquirir novos conhecimentos e desenvolver os que já existem.

3) Experiência do Colaborador

As novas gerações que invadem o mercado de trabalho não estão de olho apenas em remuneração e estabilidade. Hoje, as pessoas buscam uma ocupação que vá de encontro a seus princípios e estilo de vida. Por isso, trabalhar o bem-estar dos colaboradores é fundamental.

Pensar na jornada do colaborador desde a contratação tem sido um diferencial. Além disso, no cenário pós pandemia, alguns benefícios como saúde mental, gamificação, flexibilidade nos horários e home office em alguns dias da semana, são muito importantes para os funcionários.

4) Investimento na Liderança

Está cada vez mais difícil encontrar profissionais devidamente qualificados, que não estejam satisfeitos em seus empregos atuais, para ocupar posições de liderança, principalmente as mais estratégicas. Sendo assim, a tendência é investir na formação interna desses profissionais, preparando colaboradores que se destacam para assumir novas responsabilidades.  

5) Propósito 

As empresas precisam ser mais claras quanto aos seus propósitos, mostre aos seus funcionários quais são os objetivos e os significados das atividades diárias. Seja cristalino, gere motivação aos seus colaboradores e futuros colaboradores em relação ao que fazem. Conte aos funcionários sobre as tarefas que eles estão executando e o porquê estão sendo feitas. O que está sendo feito pela empresa ou pela pessoa tem um significado, e isso é muito importante para atrair colaboradores e mantê-los alinhados.

6)  Automatização dos processos
A tecnologia vem sendo cada vez mais uma aliada importante em todos os processos dentro dos RHs, como para recrutamento e seleção, engajamento e análise de colaboradores. 

Outro ponto relevante é a automatização dos processos nos procedimentos que que precisam de ajuda humana, para que os recrutadores consigam mais tempo e dedicação na análise dos candidatos.

7) Diversidade
A diversidade no ambiente de trabalho sempre foi um tópico quente no departamento de RH, mas, nos últimos anos, tornou-se uma meta importante para muitas empresas. Isso porque ela é muito mais do que uma moda politicamente correta, se trata de uma séria vantagem competitiva. A inclusão tem grande importância para as organizações trazendo múltiplos impactos e benefícios.

8) Gamificação
Essa é mais uma das tendências do RH em 2023 que já são aplicadas, mas que devem ser aprimoradas. Enxergar a gamificação de uma maneira mais ampla, não apenas como um game, mas sim em um processo em que você consiga ver a jornada dos colaboradores e que eles estejam sempre procurando pequenas metas e recompensas dentro da empresa. 

Sobre a Taqe

Fundada em 2017, a Taqe é uma plataforma de empregabilidade, que reúne candidatos, empresas e instituições de ensino. Por meio de testes gamificados, redação e videoentrevista, a plataforma realiza o match com oportunidades de emprego e formação. Com base em sua inteligência de dados, a startup já identificou um aumento de até 4x na efetividade de seus processos seletivos, permitindo a contratação de até 8 entre 10 candidatos entrevistados.

Em 2021, a plataforma alcançou 1 milhão e 800 mil candidatos e intermediou 13 mil contratações. Dentre as empresas que já usaram a solução Taqe estão nomes como Natura, Santander, Grupo Fleury, Hospital Albert Einstein, CIEE, entre outros.

 

 

Ana Clara Hauy - Executiva de Atendimento

Mariana Cruz - Coordenadora de Atendimento

Ivan Netto - Head de Atendimento (11 99363-6563)


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp