30/01/2023 às 12h57min - Atualizada em 31/01/2023 às 16h11min

Restaurantes devem aproveitar as férias para vender mais em apps de delivery. Veja 5 dicas do Embaixador do iFood para restaurantes venderem mais por delivery , João Barcelos

O especialista em delivery e embaixador do iFood, João Barcelos, dá dicas para os donos de lojas que querem se destacar dentro dos aplicativos neste período do ano

SALA DA NOTÍCIA Uapê Comunicação
João Barcelos, especialista em delivery e e-commerce
João Barcelos, especialista em delivery e e-commerce

As férias podem ter lados positivos ou negativos para os restaurantes que vendem por delivery em aplicativos. Mas sempre há uma maneira de buscar melhorar as vendas, seja em situações em que elas naturalmente cairiam, ou até mesmo quando já se tem uma previsão de um número maior de pedidos. É o que explica João Barcelos, que é especialista em delivery, embaixador do iFood, além de consultor e empresário.

Os números de pedidos podem variar de acordo com a localidade das entregas dos restaurantes. Se elas acontecem em cidades turísticas e regiões que costumam receber mais pessoas durante as férias, como nas cidades litorâneas, as vendas tendem a crescer. “É fundamental que os restaurantes dessas regiões estejam preparados para a alta demanda. Não adianta eles terem a mesma quantidade de insumos de uma época comum, porque teriam que fechar mais cedo, pausar a loja no aplicativo e perderiam a oportunidade de vender mais. Então, é preciso entender que nesta época precisa haver mudanças e preparar a logística”, orienta Barcelos.

Em contrapartida, existem a regiões em que há uma evasão no período de férias, principalmente quando se fala em férias escolares. Nas cidades universitárias, os estudantes costumam aproveitar essa época do ano para voltarem para a cidade natal. Existem também aqueles restaurantes que funcionam nas áreas aonde funcionam escolas e dependem muito daquele fluxo para a demanda nas vendas.

Nesses casos, a dica do especialista é para que os restaurantes se preparem previamente. Isso incluí divulgação nas redes sociais – com anúncios patrocinados –, panfletagem, trabalhar as vendas de maneira multicanais e fazer todo o tipo de propaganda que puder.

“Existem restaurantes que sobrevivem, basicamente, das vendas que são feitas para os estudantes, nessas cidades que são universitárias. Então, quando eles não estão, é preciso que as lojas consigam vender para os moradores da cidade, aqueles que ficam por lá em todas as épocas do ano. A propaganda é a melhor maneira de conseguir isso”, afirma Barcelos.

Mas, no geral, as férias costumam ser um bom período para os deliveries. Isso porque muitas pessoas receberam o pagamento das férias e o 13º e também estão ocupadas, com lazer ou resolvendo pendências, e acabam ficando sem tempo para cozinharem. Por isso, Barcelos explica que esse é um período muito interessante para lançar novos produtos e criar combos, para que ainda mais clientes sejam atraídos para a loja.

“Naturalmente, as férias são um período em que existem mais pessoas, sejam crianças ou adultos, em casa. Então, pedir comida pode ser uma praticidade. Por isso, os restaurantes devem buscar se destacar dentro dos aplicativos e essas novidades podem ser uma maneira interessante. Comprovadamente, o tráfego é maior nos apps durante essa época e é preciso conseguir aproveitar o momento”, ressalta o especialista.

Veja cinco dicas rápidas do especialista João Barcelos, embaixador do iFood:

 

  • Se seu restaurante fica em um local turístico e esse é seu primeiro ano de operação, busque informações sobre o aumento da população flutuante junto à prefeitura, ao Sebrae e aos órgãos turísticos do município, para entender quantas pessoas frequentam a cidade e em quais períodos. Isso o ajudará a pensar na logística e na quantidade de insumos que precisará. Também vale conversar com outros lojistas, perguntando quanto eles compram a mais, percentualmente, e fazendo uma estimativa média.
  • Pense também na mão de obra que você precisará contratar para atender a demanda. Entregadores e outros profissionais são fundamentais para o aumento dos pedidos.
  • Nas plataformas, crie promoções pensando no aumento de pessoas que ficam estão em casa, nas férias. Há aqueles que simplesmente não querem cozinhar, mas também os pais que precisam deixar filhos adolescentes sozinhos e vão para o trabalho, por exemplo. Entenda quem é o seu público e contemple suas necessidades.
  • Aproveite o período para conquistar novos clientes. Se você tem, como público-alvo, estudantes universitários, aproveite o período para aumentar sua clientela com outras pessoas, que também podem gostar do seu produto.
  • Mesmo nas férias, as pessoas querem ser bem atendidas e contar com toda a qualidade e atenção do seu estabelecimento. Então, não deixe a qualidade do seu produto e das entregas cair.

 

Sobre João Barcelos

 

João Barcelos é especialista em estratégias de delivery e e-commerce. O especialista ajuda empresas a venderem mais e melhor por plataformas e apps especializados em delivery, sejam eles terceirizados ou próprios. Também presta consultoria para potencializar a estratégia de e-commerce de varejistas de todos os portes.

É Embaixador do iFood e um fenômeno das redes sociais no tema delivery, sendo assistido por milhares de pessoas nos cursos que ministra pela plataforma iFood e seguido em seu canal do Youtube (Segredos do Delivery com João Barcelos) e do Instagram (@joaobarcelosoficial).

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp